Estados Unidos terá regras de emissões mais rígidas para caminhões

por Blog do Caminhoneiro

Os caminhões dos Estados Unidos terão que ser equipados com motores mais eficientes a partir de 2027. A Agência de Proteção Ambiental dos EUA (EPA) anunciou ontem os novos padrões de emissões para todo veículo pesado fabricado a partir de 2027, visando a redução das emissões de poluentes, fuligem e fumaça.

As novas regras querem garantir que os veículos e motores de serviço pesado sejam o mais limpos possíveis, enquanto um caminho para o avanço de veículos de emissão zero na frota de serviço pesado está sendo traçado.

“Estima-se que 72 milhões de pessoas vivam perto de rotas de frete de caminhões nos Estados Unidos, e é mais provável que sejam pessoas com renda mais baixa. Essas comunidades sobrecarregadas estão diretamente expostas à poluição que causa problemas respiratórios e cardiovasculares, entre outros efeitos graves e dispendiosos para a saúde. Esses novos padrões reduzirão drasticamente a poluição perigosa, aproveitando os avanços recentes nas tecnologias de veículos de toda a indústria de caminhões, à medida que avança em direção a um futuro de transporte com zero emissões”, disse o administrador da EPA, Michael S. Regan.

A proposta é parte de uma plano para reduzir as emissões de óxidos de nitrogênio em 60% até 2045, podendo evitar mais de 2 mil mortes por ano e diminuir em 6.700 o número de internações hospitalares, além de evitar 3,1 milhões de casos de sintomas de asma e de renite alérgica.

Com as novas regras, as montadoras de caminhões e fabricantes de motores terão quatro anos para desenvolverem e aprimorarem tecnologias de redução de emissões.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!