Coamo vai testar o caminhão do futuro da Volvo

por Blog do Caminhoneiro

O Volvo Efficiency Concept Truck vai ser testado pela Coamo, que recebeu o caminhão ceito para uso por seis semanas, onde vai realizar o transporte de cargas entre Campo Mourão à Paranaguá. O objetivo é avaliar as tecnologias empregadas no caminhão durante o uso em uma condição real de transporte. O caminhão traz uma série de tecnologias avançadas, e foi desenvolvido pela Volvo, em parceria com a Randon, Hyva e Continental.

Esse caminhão é único, desenvolvido para a realidade do transporte de granéis no Brasil, e serve como um laboratório sobre rodas, onde são testadas e validadas diversas tecnologias que vão chegar aos caminhões de produção no futuro. A maior parte das inovações se concentra na redução do consumo de combustível e aumento da segurança.

Volvo apresenta o caminhão graneleiro do futuro, desenvolvido no Brasil

O diretor de Operações e Logística da Coamo, Edenilson Carlos de Oliveira, explica que o caminhão será utilizado na rota Campo Mourão a Paranaguá por ser um trajeto bastante utilizado pela cooperativa, e com isso tem parâmetros de comparação em relação aos veículos que já estão em operação.

“Trata-se de um caminhão conceito que visa, principalmente, a a redução de consumo. Vamos comparar com os nossos dados e ver o quanto eficiente é esse modelo”, comenta Edenilson.

Ele reitera que o projeto é uma parceria Coamo, Randon e Volvo e que a cooperativa irá opinar para possíveis adequações e melhoria no caminhão.

“A Coamo sente-se honrada de ser escolhida para fazer parte desse projeto. É um caminhão que até agora só rodou em pistas de testes e que na cooperativa será utilizado em uma condição real de transporte”, destacou.

De acordo com Francisco Ribeiro, diretor Comercial da Rivesa – Concessionária Volvo, a escolha pela Coamo é porque a cooperativa é referência no controle de dados de transporte.

“A parceria com a Coamo vem de muitos anos. O projeto visa o amadurecimento da tecnologia empregada nesse caminhão-conceito e o desenvolvimento de uma nova plataforma para o transporte brasileiro”, comenta.

Conforme Sandro Adolfo Trentin, diretor-superintendente da Randon, a Coamo foi inserida no projeto por ser uma empresa que preza pela tecnologia e, principalmente, pelas práticas de eficiência e sustentabilidade.

“A Randon participa do projeto com o desenvolvimento de um rodotrem basculante, que emprega diversas tecnologias, novos materiais em um conceito de sustentabilidade, dando mais segurança e capacidade de transportar as cargas”, diz.

Para ver todos os detalhes sobre o Volvo Efficiency Concept Truck, acesse o link abaixo:

Volvo apresenta o caminhão graneleiro do futuro, desenvolvido no Brasil

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

25 comentários

Eládio Alves Medino 18/04/2022 - 19:39

Seu Adilson Zanetti o senhor deveria ter um pouco mais de senso e respeitar os grandes profissionais das estradas. Não tem ninguém exigindo um hotel cinco estrelas simplesmente oque os profissionais pedem é um pouco mais de conforto no trabalho e principalmente na hora de dormir o senhor com essa péssima avaliação de um grande profissional deve ser um empresário que tem o seu conforto pra dormir em sua residência ou quando não dorme em alguns dos melhores hotéis cinco estrelas enquanto os motoristas de caminhões que transportam o progresso do Brasil tem que adaptar em uma cabine apertada e dormir em uma cama que mal da pra se virar.. lamentável o seu comentário

Reply
Marco Dalarmi 17/04/2022 - 21:43

Então vai lá dormi por 40 dias em uma cama dura e depois enfrentar 14 hrs de estrada, quem descansa desse jeito😠😱

Reply
Silva 16/04/2022 - 10:46

Para toda mudança e gerada uma resistência.
O melhor da crítica é sempre aprimorar, chegar no consenso e assim poder atingir o máximo em satisfação.
A tecnologia será sempre para um futuro que nos espera , resiliência .
Abraço a todos.

Reply
Jonas 16/04/2022 - 09:48

As pessoas pedi cama grande, porque vê os Volvo do USA , até na Bolívia tem o Volvo confortável, e o cara ficar 20, 30, até 40 dias fora de casa, ele merece sim uma boa cama para ter um bom rendimento no trabalho, não sou caminhoneiro, mas trabalho viajando, e um bom descanso faz sim a diferença.

Reply
GEFERSON ROCHA 16/04/2022 - 09:25

Não existe mais profissão de caminhoneiros agora é profissão de andarilhos e mendigos

Reply
Roberto Barroso 16/04/2022 - 07:08

Teria q testar ele Aki no miritituba aí sim seria bem testado

Reply
Adilson Zanetti 16/04/2022 - 06:47

Olha vi vários comentários aí dos proficional das estrada , a maioria criticando
O recado que eu deixo para os proficional que estão criticando e o seguinte, todas as profisso tem suas dificuldades vi até proficional aí pedindo cama grande Olha isso e um caminhao não hotel 5 estrela não gosta que faz muda de profissão
Esse é minha opinião
Agronett

Reply
Kleberson 15/04/2022 - 20:59

Manda a coamo testar ele aqui em MT, quero ver 10 dias não tem nenhuma parafornalha dessas ai do lado

Reply
Samuel Hypólito 15/04/2022 - 20:59

Pura bucha

Reply
Samuel Hypólito 15/04/2022 - 20:51

Com o motorista não estão nem um pouco preocupado
Só, realmente falaram da tecnologia e da Coamo
É por essa razão meus colegas carreteiro de todo esse Brasil deixei da profissão de motorista carreteiro porque nas maioria dos lugares hera tratado pior do que cachorro, outra coisa sofri muito para pernoitar em pátio de posto onde só poderia estacionar si abastecer no posto muito difícil.
Porque não é fácil parar um caminhão com 26 metros em qualquer lugar.
Porque as nossas rodovias são poucas que tem área seguras para pernoitar, por essas razões abandonei a profissão e falo mais não vão encontrar motorista daqui alguns anos,
Obg a tds.

Reply
Vicente P. Sil. 15/04/2022 - 20:37

Gosto de caminhão,mais a verdadeira condição é nós largarmos de se preocupar com está profissão,q cada vez mais está sendo desmerecida,por essa classe q só q explorar,compra caminhões de 800000,00 e não querem nos valorizarem,eu parei com isso, já q não tem um jeito pra brigar,e mudar isso.

Reply
Maximiliano 15/04/2022 - 18:20

Na cosmo com certeza vai apresentar ótimos resultados, pois só vai andar em asfaltos, peso de balança, e “desce” carregado é “sobe” vazio, assim qquer caminhão vai ter resultados satisfatórios, põe ele para testar no MT, Pará, verdadeiro campo de provas para qquer marca

Reply
Silvanio Mota 15/04/2022 - 17:53

Falta atenção para nos motoristas não temos um ponto de apoio nas estradas so estrada pedagiada e nada de um ponto de apoio sonpodemos estacionar no patio de um posto se abastecer em posto da rede…

Reply
CAIO Moraes Moreira 15/04/2022 - 15:24

Engraçado só falam em tecnologia desempenho economia e tal.mas ninguém fala de melhorias para o motorista em termos de condições de trabalho e salário. Será que esses caminhos no futuro vão operar sozinhos pelo GPS? Quero só ver agente que tá acostumado já se enrrola todo com GPS imagina uma carreta andando sozinha por aí!

Reply
Max da Silva Goes 15/04/2022 - 14:48

Só estou vendo promoção para empresa e para a volvo de restou … Não se sabe nem o combustível do caminhão … Mas com todo certeza só vai ser lucro para empresa … O motorista que se lasque

Reply
Anderson Ternopilski 15/04/2022 - 14:12

Sobre o conforto do motorista, espaço na gabine geladeira, cama grande conforto ninguém fala nada , ou esse super caminhão anda sozinho?? Igual os Transformes!…

Reply
Rafael Totti 15/04/2022 - 11:19

Blz, várias tecnologias e tal, e condições para os motoristas que quando chegam pra carregar ou descarregar são tratados como lixo, isso tem que mudar no transporte, do que adianta caminhões que podem até falar mais se a condições de trabalho é ruim, sem falar que esses caminhões são feitos pra estradas estrangeiras que dificilmente tem buracos e tal, vamos ver se aguenta o tranco do Brasil.

Reply
Marcelo 15/04/2022 - 10:07

Matéria com pouco conteúdo, porém os caminhões no Brasil, onde se tem a população com média de 1.70 mts de altura produz caminhões com mais de 2 MTS de altura e pouco de comprimento, será por que nós motorista temos só chifre, seria esse o pensamento dos engenheiros?

Reply
ROMEU SÁVIO JACINTO 15/04/2022 - 08:40

ESPERAVA MAIS DA MATÉRIA, EM SI TRATANDO DE NOVAS TECNOLOGIAS GOSTARIA DE APRENDER POIS SOU MECÂNICO E UM ENTUSIASTA DA MECÂNICA!!

Reply
Wester Fernando (westerFERNANDO) 15/04/2022 - 08:19

Foco no consumo e na segurança… Os motoristas de carretas nem usam cinto de segurança (a grande maioria)… O caminhão pode ser o mais tecnológico que for, se a cabeça do motorista não acompanhar a evolução, de nada adianta.

Reply
Isac Joaquim Da Silva 15/04/2022 - 06:53

Também esperava sobre o caminhão falou mais da empresa que vai testar !!

Reply
João Valadão Filho 14/04/2022 - 19:26

Realmente muito pobre a reportagem!

Reply
ivan Vieira 14/04/2022 - 16:33

Enrolaram, enrolaram e não disseram nada, provavelmente a tecnologia empregada na carreta será tecnologia já existente nas LS da randon, que gera energia nas reduções de velocidades ajudando nas frenagens e gerando energia para empurrar ou ajudar nas subidas com motor elétrico, empurrando o cavalo, isso economizaria combustível, o cavalo não seria tanta novidade, a não ser que seja híbrido também com diesel e elétrico, não conheço outra tecnologia.

Reply
Jaldir Wruck 14/04/2022 - 15:31

Kkkkk, falou verdade

Reply
Edimilson 14/04/2022 - 14:11

Falaram tanto em tecnologia e não mostraram nada pelo menos o interior da cabine principalmente para nós que somos carreteiro e gostamos de caminhões

Reply

Deixe um comentário!