Scania vai usar motores Cummins em caminhões a hidrogênio

por Blog do Caminhoneiro

A Scania iniciou um projeto para equipar 20 caminhões da marca com células de combustível produzidas pela marca norte-americana Cummins. As duas empresas trabalharão juntas dentro de uma iniciativa chamada HyTrucks, que vai testar caminhões movidos com hidrogênio produzido por meio de fontes renováveis.

Apesar da Scania participar desse projeto, ela destaca que o foco principal no médio prazo ainda são os caminhões elétricos, equipados com baterias, que oferecem um tempo de atividade maior e menor custo total de operação quando comparado com os modelos a hidrogênio.

A Cummins vai trabalhar nos veículos até 2024, instalando os tanques de armazenamento de hidrogênio e as células de combustível. Depois de prontos, os 20 caminhões vão operar dentro do projeto HyTrucks, que é administrado pela Air Liquide e pela Autoridade do Porto de Roterdã, na Holanda.

O projeto HyTrucks permitirá que a Scania aprenda ainda mais sobre como instalar sistemas de células de combustível, as operações e a experiência dos clientes.

“Fica claro que os caminhões elétricos a bateria é o que vemos como o caminho principal para todas as aplicações. Dito isso, estamos abertos ao que nossos clientes desejam também em relação a outras soluções, como o hidrogênio. Essa também é uma ótima maneira de fortalecer ainda mais a colaboração da Scania com a Cummins. Em algumas operações e geografias onde os veículos elétricos a bateria não são ideais, vemos que o veículo elétrico a célula de combustível poderá ser usado. Mantemos um diálogo próximo com nossos clientes sobre o que é melhor tanto para sua economia operacional total quanto para nosso planeta”, diz Fredrik Allard, chefe de mobilidade elétrica da Scania.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!