Caminhão elétrico chinês baseado no Iveco S-Way é testado com sucesso no Chile

A empresa chilena Maxus finalizou o programa de testes do caminhão pesado totalmente elétrico H6-490 junto com a mineradora SQM. O caminhão é importado oficialmente da China pelo Grupo Andes Motor, e é produzido pela SAIC Hongyan, que tem uma parceria com a Iveco há vários anos.

O caminhão está sendo usado com sucesso no transporte de nitrato de sódio e lítio, entre Coyasur e o porto de Tocopilla, no Chile. Cada caminhão elétrico usado no trajeto de 150 quilômetros reduz as emissões de CO2 em até 50 toneladas por ano.

O caminhão tem autonomia de 150 quilômetros quando está completamente carregado, rodando a 80 km/h. O peso total combinado máximo é de 49 toneladas, e a autonomia é garantia por baterias de íons de ferro lítio de 282 KWh.

O motor tem potência de 490 cavalos de potência, e usa uma caixa de câmbio automatizada de quatro marchas. Graças à alta potência e torque instantâneo, o caminhão pode superar aclives de até 28% de inclinação com tranquilidade.

Para a operação de mineração, o caminhão é equipado com alerta de saída de faixa e radar de monitoramento do tráfego, que alerta o motorista caso o veículo da frente reduza a velocidade.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!

Auxílio de R$ 1.000 para caminhoneiros é aprovado Conheça os detalhes do projeto Roda Bem Caminhoneiro Scania já teve 13 séries especiais no Brasil Conheça a nova série especial da Scania O Royal Eagle é um Scania 143 como você nunca viu