PRF realiza fiscalização e encontra 41% dos veículos com problemas nos freios

Operação realizada pela Polícia Rodoviária Federal em parceria com a Concessionária Rota do Oeste buscou verificar a situação dos caminhões e carretas que passam pelas rodovias BR-163/364/MT,  principal corredor de escoamento de produção agrícola do país, para orientar os condutores sobre a manutenção veicular. De todos os veículos de carga que passaram pelo local, 41% apresentavam algum problema no sistema de freio.

Dos veículos que apresentavam falhas, a maioria estava com isolamento dos freios.

O diretor de Operações da Rota do Oeste, Wilson Ferreira: “Sem o funcionamento pleno do sistema de freios o veículo está sujeito a instabilidade e a perda do controle do condutor. O resultado pode ser acidentes graves ou até fatais”.

Ferreira alerta ainda para o condicionamento adequado da carga nos caminhões e carretas, outro fator que, caso defasado, causa acidentes por perda de controle veicular. “Essa atitude coloca em risco não apenas a vida do condutor, mas dos demais usuários da rodovia e das equipes de socorro médico e mecânico também”, conclui.

O chefe da delegacia da PRF em Campo Grande, Márcio Júnior, esclarece que o veículo é retido pela PRF no local da fiscalização até a resolução do problema. Caso a adequação não seja viável de imediato, o veículo é levado ao pátio da PRF até que o reparo seja feito.

“Essa é uma medida educativa para impedir que os motoristas continuem trafegando com o veículo sem a devida manutenção”, destaca Júnior, mencionando não se tratar de uma penalidade.

Essa fiscalização fez parte das ações educativas do Maio Amarelo, buscando tornar o trânsito urbano e rodoviário cada vez mais seguro.

 

Cida Nizer Blog do Caminhoneiro

Siga o Blog do Caminhoneiro nas redes sociais

Deixe um comentário!

Salários de R$ 450 mil ao ano não atraem motoristas para o transporte de grãos nos EUA Johnny Cash comprou e nunca usou um Peterbilt 359 Conheça o caminhão que foi o primeiro bitruck do Brasil Auxílio de R$ 1.000 para caminhoneiros é aprovado Conheça os detalhes do projeto Roda Bem Caminhoneiro