Valor do diesel encerra maio a R$ 7,22 o litro

O valor do diesel chegou ao valor mais alto já registrado no Brasil no fechamento de maio. De acordo com o último levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL), preço médio do litro do diesel comum nos postos brasileiros fechou o mês de maio a R$ 7,17, alta de 4,40% em relação ao mês de abril, enquanto o tipo S-10 aumentou 4,14% e fechou o período a R$ 7,28. A média para os dois combustíveis fica em R$ 7,22.

“O preço do diesel já registra sua sexta alta consecutiva e, diferentemente do fechamento de abril e da primeira quinzena de maio, nenhum Estado brasileiro apresentou qualquer recuo no preço, de acordo com o último levantamento da Ticket Log. Se compararmos com o início do ano, o valor já está mais de 29% mais caro, e, com um ano atrás, cerca de 53%”, destaca Douglas Pina, Diretor-Geral de Mainstream da Divisão de Frota e Mobilidade da Edenred Brasil.

De acordo com análise regional, o Norte lidera o maior preço médio para o diesel comum, comercializado a R$ 7,43, e a maior alta no preço, de 4,83%. Os postos de abastecimento do Norte também registraram a média mais cara para o diesel S-10, vendido a R$ 7,56, com alta de 4,03%. Já as menores médias para os dois tipos foram registradas nas bombas de abastecimento do Sul, a R$ 6,73 o comum, e R$ 6,82 o S-10.

Nenhum Estado apresentou recuo no valor dos dois tipos de diesel. A Bahia deixou o posto das maiores médias, mas segue na liderança das altas mais expressivas para o tipo comum, que aumentou 9,49% e passou de R$ 6,87 para R$ 7,53; e para o tipo S-10, que aumentou 7,50% e passou de R$ 7,11 para R$ 7,64.

Ainda na análise por Estado, o Acre registrou a média mais alta para o diesel comum, comercializado a R$ 7,77, alta de 2,74%; e o Amapá apresentou as médias mais caras para o tipo -S-10, vendido a R$ 7,85, com alta de 0,73%. Já o Rio Grande do Sul apresentou as menores médias para o diesel comum (R$ 6,67), e para o diesel S-10 (R$ 6,72), mesmo com altas de 3,80% e 3,46%, respectivamente.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

3 comentários

Enis A. Mastromano (@EnisAugusto) 07/06/2022 - 19:47

SÓ FAZER ARMINHA QUE PASSA… OU MELHOR ESPERAR O OUTRO GOVERNO CHEGAR PARA FAZER GREVE.

Reply
Ezequiel Neto 02/06/2022 - 08:24

Absurdo

Reply
RENÊ COSTA 01/06/2022 - 18:59

AS VARIAÇÕES DE PREÇOS DO LITRO DO ÓLEO DIESEL ESTÁ EM ELEVAÇÃO JÁ CHEGANDO A 100% DE ALTA. A QUESTÃO É OS PREÇOS DOS FRETES QUE ESTÃO DEFASADOS TERÃO QUE SER ATUALIZADOS NESSA CONTA DOS 100% NA MÉDIA.A CONTA DOS CUSTOS DA ALTA DOS PREÇOS DO LITRO DO ÓLEO DIESEL TERÁ QUE SER REPASSADOS PARA OS CONSUMIDORES BRASILEIROS É A MATEMÁTICA DA ECONOMIA BRASILEIRA COM CERTEZA , TEREMOS QUE REAJUSTAR OS PREÇOS DOS FRETES URGENTEMENTE , SE NÃO CORREMOS OS RISCOS EMINENTES DE FALÊNCIAS TOTAIS NO SEGUIMENTO DO TRANSPORTES DE CARGAS NO BRASIL.

Reply

Deixe um comentário!

Conheça os detalhes do projeto Roda Bem Caminhoneiro Scania já teve 13 séries especiais no Brasil Conheça a nova série especial da Scania O Royal Eagle é um Scania 143 como você nunca viu T112MC – Scania desenvolveu modelo exclusivo para a Nova Zelândia