Volvo NH16 feito por pai e filho fica pronto na Noruega

Em fevereiro, fotos do início da construção de um Volvo FH16 bicudo chamaram a atenção das redes sociais. Pai e filho trabalharam por vários meses no modelo, e, finalmente nesta semana, o veículo ficou pronto. O serviço foi executado por Ole Gunnar Tuft e seu filho, Ole, em uma garagem atrás da casa deles.

Depois de adquirem um Volvo FH16 750 usado, a dupla removeu a cabine, reposicionando ela cerca de 1 metro recuada no chassi. Diversos componentes do motor tiveram que ser modificados, para que o capô pudesse ser construído.

Como não poderia deixar de ser, a construção do capô foi a tarefa que deu mais trabalho, já que era necessário seguir as linhas gerais de design da cabine, construída para ser frontal.

Depois de pelo menos três estilos diferentes de capô, e mais de R$ 110 mil em custos, o trabalho ficou pronto. O caminhão foi pintado em uma oficina especializada, e recebeu outros acessórios, como grade de proteção dianteira e barra de luzes no teto, além de escapamentos verticais e cobertura total sobre o chassi. Rodas de alumínio e pneus Michelin dão o toque final.

Vlastuin terminou antes

A Vlastuin Truckopbouw, da Holanda, é uma empresa especializada na modificação de caminhões para várias finalidades, sendo muito conhecida pela conversão de caminhões Scania em modelos bicudos, com um capô desenvolvido pela própria empresa.

Na manhã do dia 14 de maio, a empresa revelou sua última criação, mas, desta vez, para a marca Volvo. Batizado de Volvo VT5, o caminhão foi construído sobre o chassi de um FH16, recebendo um capô sobre o motor. A cabine foi recuada no chassi, cerca de 1 metro.

Na dianteira, o modelo ostenta a grade e faróis originais, mantendo também as linhas bastante curvas da nova geração dos caminhões Volvo. A Vlastuin também desenvolveu o capô mantendo as linhas gerais da cabine, como uma forma de harmonizar o design.

O novo caminhão deve ser um ShowTruck pelos 20 anos da Vlastuin Truckopbouw, e é equipado com saias laterais, escapamento vertical, cobertura total do chassi, quinta-roda personalizada, iluminação traseira modificada, e iluminação extra na dianteira, com uma barra no teto e na saia do para-choque..

Nas portas, o caminhão recebeu uma plaqueta, destacando que esse é o “Vlastuin Volvo VT5 NR.1”.

O caminhão traz um design bastante distante do que era o Volvo NH12, produzido pela Volvo até 2005, que tinha os para-lamas salientes, próximo ao de caminhões norte-americanos, mas com a cabine do FH europeu. O VT5 da Vlastuin tem a frente mais quadrada, próximo ao design utilizado nos caminhões Scania modificados pela empresa.

Deixe um comentário!

Auxílio de R$ 1.000 para caminhoneiros é aprovado Conheça os detalhes do projeto Roda Bem Caminhoneiro Scania já teve 13 séries especiais no Brasil Conheça a nova série especial da Scania O Royal Eagle é um Scania 143 como você nunca viu