International LT passa a contar com motorização Scania nos Estados Unidos

A International Truck anunciou ontem o lançamento da nova linha de caminhões LT, que recebeu algumas mudanças de design e também uma nova linha de motores, a S13, desenvolvida pela Scania na Europa, para os novos caminhões Scania Super, apresentados no ano passado.

De acordo com a montadora norte-americana, os novos caminhões receberam diversas atualizações em segurança e desempenho, além de um pacote aerodinâmico aprimorado. Os novos motores, oferecidos como opcionais em conjunto com a linha A26, são batizados de International S13.

“As novas atualizações do International LT proporcionarão economia operacional superior e valor para nossos clientes. Garantimos que o cliente esteja em primeiro lugar em todas as atualizações de produtos que fizermos. Contamos com suas contribuições e feedback do mundo real para otimizar o design de nossos produtos. Esta última atualização da Série LT é uma prova de que ouvimos nossos clientes, garantindo que eles possam maximizar a eficiência e o desempenho dos veículos de sua frota”, disse Chet Ciesielski, vice-presidente de Negócios de Caminhões Pesados ​​em Rodovias.

Os novos motores são desenvolvidos sobre a base CBE, desenvolvida pela Scania, que também será usada pela MAN e Volkswagen futuramente. Os novos S13 da International são mais leves, e reduzem o consumo em 15%, na comparação com a versão A26.

Graças a tecnologia da Scania, o motor opera em uma faixa mais baixa de rotação, garantindo mais torque e menor injeção de combustível. Uma grande vantagem para o mercado norte-americano é que esse motor não usa um sistema de recirculação de gases de escapamento, sendo utilizada apenas a tecnologia SCR, que usa Arla32 injetada no catalisador do escapamento. Isso também garante que exista apenas um turbocompressor no motor.

Materiais e acabamentos de baixo atrito são usados ​​para as camisas, anéis e rolamentos no miolo do bloco. O projeto usa uma bomba de combustível de alta pressão que opera a 1.800 bar.

Recursos adicionais incluem um design de duplo comando no cabeçote e tampa de comando de alumínio fundido, taxa de compressão 23:1 e um freio motor por descompressão para máxima potência de frenagem do motor.

O bloco de Ferro Grafite Compactado (Compacted Graphite Iron — CGI) do motor S13 combinado com uma tampa de válvulas de alumínio fundido ajudam a tornar este trem de força de 13L o mais leve disponível na América do Norte.

A potência máxima oferecida nos Estados Unidos será de 515 cavalos e 2.500 Nm de torque. Na Europa e Brasil, esses motores chegam aos 540 cavalos, com 2.700 Nm de torque.

O International LT também recebeu mudanças no design, como um novo parachoque e grade, e um kit aerodinâmico que reduz os espaços entre os componentes da carroceria e entre a cabine e o implemento, reduzindo o arrasto e o consumo de combustível.

Por dentro, as maiores novidades são o novo colchão e possibilidade de uso de um beliche rebatível, que aumenta o espaço interno.

No quesito tecnologia, o bruto conta com freio de estacionamento automático para cavalo e carreta, e sistema automático de frenagem, caso o caminhão detecte a possibilidade de uma colisão.

Deixe um comentário!

Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA Eficiência dos motores diesel chega a um novo patamar Projeto quer acabar com valores de fretes muito baixos Montagem de caminhões no Brasil segue em alta