Peso-pesado da Mercedes-Benz enfrenta rotina severa em mineração de granito no Espírito Santo

A extração do granito Branco Siena, exclusividade da Cattegran Granitos do Brasil, na cidade de Governador Lindenberg, no Norte do Espírito Santo, conta com a força e robustez de uma frota de caminhões Mercedes-Benz, entre modelos Axor, Actros e os novos Arocs.

A empresa conta com quatro unidades do gigante, em versão basculante 8×4, que já entregou grande redução no consumo de combustível, de 15%, e dobrou a velocidade média da operação, passando de 4 para 9 km/h, na comparação com os Actros 4844 8×4.

“Após os primeiros meses de operação, já chegamos até 15% de redução no consumo de combustível, em comparação com o Actros 8×4, que trocamos nessa renovação de frota. Isso nos surpreendeu positivamente, assim como também a velocidade operacional que alcançamos com o Arocs, que saltou de 4 para 9 km/h”, afirma Renan Catelan Filho, CEO da Cattegran Granitos do Brasil.

Um dos grandes destaques da operação é o desnível de muitos locais, onde o Arocs chega a enfrentar subidas com 120 metros de desnível totalmente carregado, chegando às 48 toneladas de carga.

Além dos ganhos operacionais, o modelo tem agradado os motoristas, por oferecer uma cabine mais moderna, prática e funcional, que traz uma maior amplitude visual da operação, e com excelente ergonomia.

Outros destaques ficam por conta da segurança, como o sistema de freio eletrônico (EBS), a função Hold, além do freio de estacionamento eletrônico com ativação automática ao abrir a porta com o veículo parado, evitando que o caminhão se mova involuntariamente mesmo se o motorista esquecer de acioná-lo.

Além disso, está equipado com o sistema de auxílio de partida em rampas, que auxilia o motorista nas subidas e traz mais segurança para o transporte.

“O Arocs reúne todos os requisitos necessários para uma entrega eficiente, segura e com velocidade operacional surpreendente. E mais, a tecnologia embarcada também nos surpreendeu positivamente”, diz Renan Catelan Filho.

Além da operação com os caminhões, a Cattegran está finalizando a construção de uma estrutura própria de manutenção, que vai contar com serviços realizados pela Vitória Diesel, concessionário Mercedes-Benz que atende a região.

Produção da Cattegran

A produção média da Cattegran é de aproximadamente 40.000 metros cúbicos de granito por ano, que são transformados em blocos e comercializados para indústrias de todo o Brasil, principalmente do Espírito Santo. A capacidade da empresa é de produção de 400 blocos por mês, que variam de 5 a 12 metros cúbicos de tamanho.

Os blocos são beneficiados e seguem para depósitos, marmorarias e empresas do setor, alcançando depois o consumidor final em obras de residências e de edifícios comerciais. 70% das entregas são feitas por frota própria da Cattegran, na qual se inserem três caminhões extrapesados Mercedes-Benz Actros rodoviário, e o restante é retirado por seus clientes.

Os caminhões Arocs da Cattegran utilizam básculas de 22 metros cúbicos. Transportam terra in natura e cascalho, terra molhada derivada da extração de minério, rochas de até 3 metros cúbicos, rochas menores e britas. O Arocs faz toda a movimentação dentro da área de extração.

Arocs

O Mercedes-Benz Arocs é produzido no Brasil exclusivamente em versão basculante 8×4, com Peso Bruto Total de 58 toneladas. O gigante é movido por um motor MB OM 460 LA Euro 5, com seis cilindros em linha e 13 litros, com potência de 510 cavalos e 2.400 Nm de torque. A caixa de câmbio é uma MB G 340, automatizada de 12 velocidades.

Deixe um comentário!

Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA Eficiência dos motores diesel chega a um novo patamar Projeto quer acabar com valores de fretes muito baixos Montagem de caminhões no Brasil segue em alta