Scania acelera desenvolvimento de caminhões autônomos em parceria com a mineradora Rio Tinto

A Scania anunciou que está acelerando o desenvolvimento de caminhões autônomos, que dispensam o motorista humano atrás do volante, junto com a Rio Tinto, na região de Pilbara, na Austrália Ocidental, para buscar potenciais benefícios ambientais e de produtividade.

As duas empresas estabeleceram um acordo de colaboração de pesquisa e desenvolvimento de longo prazo para o avanço contínuo dessa tecnologia autônoma, sob a qual a mina da Rio Tinto se tornou o primeiro local ativo para uso dos caminhões de mineração autônomos da Scania.

A parceria também inclui opções para a futura transição para veículos elétricos.

A Rio Tinto e a Scania lançaram novos testes nos caminhões de mineração autônomos, com 40 toneladas de carga útil, em abril de 2022. Em poucas semanas, as empresas conseguiram otimizar o uso desses veículos dentro de um ambiente controlado, em ciclos de carga e descarga de minérios.

“A Rio Tinto está entusiasmada com a parceria com a Scania para desenvolver uma solução de mineração que criará mais uma opção em nosso diversificado portfólio. Colaboração e parceria são fundamentais para reimaginar a mineração no futuro”, disse o Diretor Técnico do Grupo Rio Tinto, Santi Pal.

“Nosso plano de ação de redução das emissões inclui a eliminação gradual da compra de novos caminhões a diesel até 2030, e a parceria com líderes do setor, como a Scania, em vários campos, é um passo importante para alcançar isso. Além dos potenciais benefícios de descarbonização, esta parceria oferece um caminho para potenciais melhorias de produtividade”, destacou o executivo.

“Com sua dedicação em alcançar operações mais limpas e com maior eficiência energética, a Rio Tinto é o parceiro ideal e o primeiro cliente da Scania nesse segmento, pois buscamos colocar a mineração no caminho para emissões zero. Este é um passo importante em direção aos objetivos de uma solução de mineração autônoma sustentável e se baseia em nossa já frutífera colaboração de longo prazo”, continuou o vice-presidente e chefe de soluções autônomas da Scania, Peter Hafmar.

Os caminhões da Scania têm vantagens potenciais em relação aos caminhões de transporte pesado tradicionais, tanto em termos de emissões quanto de produtividade.

Ao utilizar os caminhões de mineração autônomos da Scania, os requisitos de energia, a pegada de mineração e os requisitos de infraestrutura podem ser reduzidos, o que significa que as despesas operacionais e de capital também podem ser reduzidas em locais adequados.

1 comentário

Deixe um comentário!

Caterpillar apresenta caminhão gigante totalmente elétrico Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA Eficiência dos motores diesel chega a um novo patamar Projeto quer acabar com valores de fretes muito baixos