Caminhões elétricos Volkswagen será usados para entregas da Coca-Cola em São Paulo

Os produtos da Coca-Cola serão entregues em caminhões Volkswagen e-Delivery, que vão rodar pela capital e toda a região metropolitana. Ao todo, são 31 caminhões, que serão direcionados a atender os centros de distribuição de Jurubatuba, Osasco e Ipiranga.

Os caminhões operam com zero emissão de poluentes, e baixas emissões de ruídos, e também tem menor necessidade de manutenção, não sendo necessária a troca de óleo e uso de água no radiador, por exemplo.

Outra vantagem é a redução de custo por quilômetro rodado, bem mais baixo do que um caminhão a diesel, o que compensa o valor inicial mais alto do veículo elétrico. Atualmente, o valor médio do caminhão elétrico da VW é de R$ 780 mil a R$ 980 mil, dependendo da versão escolhida.

“Sempre buscamos soluções inovadoras para corresponder às expectativas da sociedade em relação às questões ambientais. Temos a inovação em nosso DNA e essa característica nos motivou a ter uma frota elétrica operando na Grande São Paulo, resultado do investimento contínuo em operações sustentáveis e em soluções que contribuem para a redução da emissão de poluentes em toda a cadeia”, afirma, Ian Craig, CEO da Coca-Cola FEMSA Brasil.

Os caminhões elétricos desenvolvidos pela Volkswagen tem autonomia média de 110 quilômetros, e podem ser recarregados durante à noite nos centros de distribuição da Coca-Cola, que já receberam infraestrutura adequada para essas operações.

“Assumimos essa missão de transformar a indústria do transporte e a mobilidade elétrica está entre as soluções que acreditamos. Cada vez mais, empresas como a Coca-Cola FEMSA Brasil vão acelerar nessa jornada junto conosco. Esse segundo lote fechado, antes mesmo do início de operação com os veículos, comprova que temos grandes parceiros ao nosso lado”, afirma Roberto Cortes, presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

Os caminhões tem potência contínua de 300 kW, e o torque é de 2.150 Nm, entregues desde a primeira rotação do motor. A suspensão pneumática permite suspender um dos eixos para gerar ainda mais economia na operação.

“A sustentabilidade está no centro das ações da Coca-Cola FEMSA Brasil. O investimento em caminhões elétricos faz parte de uma ampla estratégia que, entre outras soluções, busca mitigar os impactos no meio ambiente, gerando uma redução significativa na emissão de poluentes.”, destaca Camila Amaral, VP Jurídica e de Assuntos Corporativos da Coca-Cola FEMSA.

Deixe um comentário!

Montagem de caminhões no Brasil segue em alta Uso do celular aumenta entre motoristas Rebite – Um grande vilão nas estradas Volkswagen apresenta caminhão conceito Optimus Caminhões autônomos já conseguem resolver um pneu furado