Ministro Alexandre de Moraes determina que caminhoneiros liberem as rodovias

O Supremo Tribunal Federal determinou que as rodovias brasileiras sejam liberadas. A determinação partiu do Ministro Alexandre de Moraes, exigindo “a imediata desobstrução de rodovias e vias públicas que estejam ilicitamente com o trânsito interrompido”.

De acordo com nota divulgada pelo STF, o pedido foi feito pela Confederação Nacional dos Transportes, que apontou prejuízos a toda sociedade com paralisações.

A determinação também diz que o Diretor Geral da Polícia Rodoviária Federal, Silvinei Vasques, poderá ser multado em R$ 100 mil, além da possibilidade de prisão e afastamento, caso seja notada “omissão e inércia”.

Caminhoneiros e empresas donas de caminhões que estejam sendo usados nos bloqueios também deverão ser multados em R$ 100 mil por hora, para garantir que a liberação seja imediata.

Além disso, o Ministro determinou que ministro da Justiça, comandantes das polícias e o PGR analisem as providências cabíveis, como responsabilização das autoridades omissas.

2 comentários

Cláudio Pereira da Silva 02/11/2022 - 05:28

Esse safado pode multar o que quiser, não devemos reconhecer autoridade de quem não colocamos lá dentro do STF.

Reply
Koldobika 01/11/2022 - 13:31

Tinha que a polícia aparecer e meter bala nesses vermes aí. Mas polícia, né? A gente sabe.

Reply

Deixe um comentário!

Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA Eficiência dos motores diesel chega a um novo patamar Projeto quer acabar com valores de fretes muito baixos Montagem de caminhões no Brasil segue em alta