PRF informa que existem bloqueios de caminhoneiros em 22 estados

Caminhoneiros contrários à eleição de Luiz Inácio Lula da Silva, iniciaram uma paralisação em dezenas de rodovias do país, logo após o anúncio da vitória do candidato, com 50,9% dos votos válidos, totalizando 60.345.999.

Em poucas horas, o movimento cresceu significativamente, e chegou a impactar as rodovias de todo o Brasil, paralisando boa parte do transporte de cargas, e travando o transporte de passageiros em ônibus. Algumas regiões já enfrentavam falta de combustíveis, devido à corrida da população aos postos de gasolina.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, 314 pontos de concentração de caminhoneiros foram desfeitos ao longo das últimas 24 horas, mas os protestos ainda impactam estadas de 22 estados.

Pelo Twitter, a PRF divulgou a lista de estados que ainda tem pontos de bloqueio nas rodovias federais, sendo:

  1. Acre – 03 interdições
  2. Amazonas – 02 bloqueios
  3. Bahia – 03 interdições e 01 bloqueio
  4. Distrito Federal – 02 interdições
  5. Espírito Santo – 07 interdições
  6. Goiás – 06 interdições e 01 bloqueio
  7. Maranhão – 02 interdições e 01 bloqueio
  8. Mato Grosso – 26 interdições
  9. Mato Grosso do Sul – 06 interdições
  10. Minas Gerais – 09 interdições e 06 bloqueios
  11. Pará – 25 interdições
  12. Paraná – 10 interdições e 20 bloqueios
  13. Pernambuco – 06 interdições
  14. Piauí – 01 interdição
  15. Rio de Janeiro – 06 interdições e 06 bloqueios
  16. Rio Grande do Norte – 01 interdição
  17. Rio Grande do Sul – 03 interdições e 11 bloqueios
  18. Rondônia – 15 interdições
  19. Roraima – 01 interdição
  20. Santa Catarina – 36 interdições
  21. São Paulo – 05 interdições e 03 bloqueios
  22. Tocantins – 04 interdições e 02 bloqueios

Após determinação do STF, a PRF tem negociado com os caminhoneiros a liberação das rodovias. Não há relatos de confrontos, e tudo tem ocorrido pacificamente.

Deixe um comentário!

Caterpillar apresenta caminhão gigante totalmente elétrico Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA Eficiência dos motores diesel chega a um novo patamar Projeto quer acabar com valores de fretes muito baixos