Vamos leva soluções em locação, venda e compra de pesados à Fenatran

Na feira, a Companhia apresentará um ecossistema completo para a renovação ou expansão da frota de caminhões, máquinas e equipamentos além de sortear cinco caminhões para locação por 12 meses.

A Vamos, líder em locação e venda de caminhões, máquinas e equipamentos e com ampla rede de concessionárias de novos e seminovos, participa de mais uma edição da Fenatran, evento que será realizado entre os dias 07 e 11 de novembro, no pavilhão São Paulo Expo, na capital paulista.

A feira é um dos eventos mais importantes do setor mundial de transporte e logística e, a cada edição, reúne expositores nacionais e internacionais para apresentar as principais novidades sobre produtos e serviços ao mercado. Com um estande de 912 m², localizado na área E72 do pavilhão, a Vamos levará o seu portfólio de soluções em aluguel, venda e customização à Fenatran.

No espaço, os visitantes poderão conferir alguns produtos disponíveis para locação, como os caminhões Volkswagen Delivery 4×4 com cesto aéreo, Volkswagen Delivery 11.180 caçamba retrofitado, cavalo mecânico Volkswagen Meteor, Volkswagen Constellation 31.330 meia cana basculante, duas empilhadeiras da marca Toyota, Trator Fendt Vario 939 e uma Pá Carregadeira Komatsu WA230.

“Estamos muito felizes com a volta da edição presencial da Fenatran após dois anos de pandemia. Será uma oportunidade de estarmos juntos aos clientes e fornecedores e de apresentarmos nosso ecossistema inovador, que integra tanto a locação quanto a venda. Traremos as vantagens e benefícios do modelo de locação e de outras linhas do nosso negócio, como as concessionárias Transrio e de Seminovos, customização de caminhões e ônibus pela BMB e oferta de implementos rodoviários pela Truckvan.”

Quem se interessar pelo serviço de locação e fizer um orçamento no estande, poderá participar de sorteios valendo o aluguel de cinco caminhões por 12 meses. O contrato será no plano Vamos Mais e contemplará vantagens e benefícios como manutenção preventiva, gestão da documentação e o Vamos Controle, com soluções de telemetria e gestão remota dos ativos.

Fora as opções para aluguel, o estande terá exposições de equipamentos disponíveis para venda. A Vamos Seminovos estará presente com um caminhão, além de um espaço destinado à BMB, empresa que oferece soluções customizadas para caminhões e ônibus. Por sua vez, a Transrio, maior rede de concessionárias Volkswagen/MAN do país, levará à Fenatran um Volkswagen Meteor.

O Bate-papo Vamos será mais um diferencial do estande. O encontro reunirá diariamente, às 16h, grandes nomes do mercado para falar sobre negócios e oportunidades com clientes e visitantes. Também haverá espaços de tecnologia e inovação, cujos painéis interativos permitirão conhecer os produtos e serviços oferecidos pela Vamos, como planos, telemetria e controle, estoque de seminovos e avaliação de caminhões.

Também haverá a exposição de um caminhão invisível para que os visitantes possam tirar fotos e publicar nas redes sociais e, na parte externa do evento, mais dois caminhões com divulgação promocional do sorteio e contatos para locação pela Vamos.

Em linhas gerais, a Vamos será a única empresa com ecossistema completo de locação e venda de caminhões, máquinas e equipamentos que estará presente na Fenatran. O estande da companhia, portanto, apresentará serviços e soluções em três diferentes frentes: aluguel, venda e customização.

Sinergia com empresas do Grupo Simpar

Outras empresas controladas pela Simpar também estarão presentes na Fenatran. O estande da Vamos contará com espaços destinados à Movida, Banco BBC Digital e TruckPad, de maneira a explorar as sinergias entre os negócios e apresentar aos visitantes o conjunto de serviços e soluções oferecidos pelo grupo.

A TruckPad apresentará aos visitantes uma solução digital completa, que auxilia pequenas e médias transportadoras no pagamento, contratação e gestão de seus caminhoneiros autônomos. Dentre os serviços a serem apresentados, estará o TruckPad Pay, aplicativo meio de pagamento que oferece funções como emissão de CIOT, Vale-Pedágio e Pagamento de Frete, tudo em um só lugar e ao mesmo tempo.

A Movida, por sua vez, contará com uma equipe comercial de RAC, GTF e Cargo para apresentar aos visitantes do estande os produtos e serviços oferecidos pela empresa, que conta com a frota mais nova e moderna do Brasil.

A TruckVan, empresa que também faz parte da Vamos, terá um estande ao lado, com 798m², onde irá expor cinco implementos rodoviários e duas unidades móveis.

Locação

A locação de veículos pesados é uma das soluções oferecidas pelo Grupo Vamos para a renovação da frota brasileira. A modalidade permite ao cliente manter o foco em sua atividade principal, com uma alocação eficiente de capital e economia de até 30% nos custos operacionais, sem se preocupar com manutenção e documentação.

Atualmente, a Vamos conta com 38.561 ativos alugados pelo Brasil, sendo 30.614 caminhões e 7.947 máquinas e equipamentos. São mais de mil clientes na carteira e três mil contratos firmados em diversos segmentos. Tais números atestam a liderança da Vamos em um mercado com forte potencial de crescimento, já que apenas 1% dos mais de 3,3 milhões de caminhões e implementos rodoviários em circulação no Brasil são alugados.

“Nossa meta é chegar a 100 mil ativos alugados até 2025. Para alcançá-la, temos investido em crescimento orgânico, com disciplina na estrutura de capital, e trabalhado junto às montadoras para antecipar as compras e fortalecer nossos estoques. Isso nos possibilitou estocar R$ 2,390 bilhões em novos ativos, reforçando nosso posicionamento estratégico e o diferencial competitivo da Vamos com produtos ‘a pronta entrega’. E vamos continuar investindo, já que captamos cerca de R$ 2 bilhões em operações financeiras no terceiro trimestre deste ano, para reforçar nosso caixa.”

Deixe um comentário!

Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA Eficiência dos motores diesel chega a um novo patamar Projeto quer acabar com valores de fretes muito baixos Montagem de caminhões no Brasil segue em alta