CaminhõesDestaquesLogísticaNotíciasNotícias

Preço médio do frete por quilômetro rodado recuou 4,85% no primeiro mês do ano fechando a R$ 7,07

O primeiro mês de 2023 fechou com o preço médio do frete por quilômetro rodado a R$ 7,07, um recuo de 4,85% se comparado a dezembro de 2022. Os dados são do levantamento do Índice de Frete Repom (IFR). Especializada em soluções de gestão e pagamento de despesas para o mercado de transporte rodoviário de carga, a Repom é uma marca da Edenred Brasil, líder mundial em soluções transacionais para empresas, comerciantes e empregados.

A redução é reflexo da junção dos dois reajustes na tabela do piso mínimo do frete rodoviário, anunciados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) logo no início do ano. O primeiro, divulgado no dia 4 de janeiro, com redução de até 3% nos valores; e o segundo, válido a partir do dia 20, com aumentos de 8,35% a 13,19%, de acordo com a categoria. Quando comparado a janeiro de 2022, o preço médio do frete por quilômetro rodado aumentou 28%.

“Apesar do cenário de recuo e aumento ocorridos no mesmo mês para a tabela do piso mínimo do frete rodoviário, o resultado final no fechamento de janeiro foi de baixa, combinado também com a queda do preço médio do Diesel S-10 segundo o IPTL, Índice de Preços Ticket Log. Como os valores praticados na tabela de frete consideram reajustes no preço do diesel, para mais ou para menos, a última redução de 8,8% no litro do diesel no repasse às refinarias pela Petrobras, válida desde 8 de fevereiro, deve refletir em mais reduções nos próximos meses”, destaca Vinicios Fernandes, diretor da Repom.

“Na análise dos itens que compõem o preço médio do frete, entre eles o combustível, o IFR também apurou que, no primeiro mês de 2023, o percentual de gastos com o abastecimento fechou com fatia de 38,65% na composição, ante 40,45% do acumulado de 2022. Esse recuo tende a ser um reflexo direto da redução no preço do litro do diesel ocorrida nos últimos meses, conclui Fernandes.

O IFR é um índice do preço médio do frete e sua composição, levantado com base nas 8 milhões de transações anuais de frete e vale-pedágio administradas pela Repom. Marca da Edenred Brasil, a Repom é especializada em soluções tecnológicas de gestão e pagamento de despesas para o mercado de transporte rodoviário de carga e há 30 anos é líder no segmento de pagamento de frete e vale-pedágio, com mais de 1 milhão de caminhoneiros atendidos por suas soluções em todo o Brasil.

Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro

Nascido e criado na margem de uma importante rodovia paranaense, apaixonado por caminhões e por tudo movido a diesel.