Volvo apresenta nova linha VNR nos Estados Unidos

por Blog do Caminhoneiro

A Volvo acaba de apresentar nos Estados Unidos o modelo VNR, criado especificamente para serviços regionais e viagens curtas. A linha VNR vem para substituir o modelo VNM, que já era considerado datado por seu design antigo, semelhante à linha NL que era vendida no Brasil até 2006..

O desenho exterior do VNR traz novos elementos, como faróis LED em novo formato e novo desenho da grade. O modelo traz ainda traços que remetem ao caminhão conceito SuperTruck, apresentado no ano passado. O modelo estará disponível para venda a partir de 24 de Abril nos Estados Unidos e Canadá, e conta com versões 6×2 e 6×4, com cabine simples, leito teto baixo e leito teto médio.

Equipado com motores D13 de 375 a 500 cavalos de potência e D11, com potências entre 325 e 425 cv. O câmbio é o consagrado I-Shift de 12 ou 13 velocidades automatizado, e não há opção de câmbio manual.

São três versões do modelo, sendo VNR 300, VNR 400 e VNR 640, que se diferenciam pelo tamanho da cabine. De acordo com a ficha técnica do modelo, é possível combinar as versões de motores com qualquer versão de chassi e cabine.

 

 

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-98800-6519

Artigos relacionados

5 comentários

Mailson Oliveira Santos 21/04/2017 - 20:25

Enquanto isso a moda é cabine João de barro

Reply
Mayara Santos 21/04/2017 - 16:17

Reply
Adilson Bernardino 21/04/2017 - 16:09

Lindo caminhao

Reply
Hemi426 21/04/2017 - 12:42

Lindo demais esses bicudos americanos. Fariam sucesso no Brasil se a nossa legislação não limitasse o tamanho da composição (caminhao + semi-reboque) ao invés de limitar só o tamanho do semi-reboque, privilegiando a carga ao invés do conforto do motorista. Poderiamos ter cabinas mais confortáveis. .

Reply
lairotn 06/04/2019 - 21:12

o problema é que provavelmente essa “contribuição na legislação” provavelmente seria baseada nos EUA, ou seja, iria ser limitada a quantidade de peso em relação a carga..l.

Reply

Escreva um comentário