CASE entrega 14 minicarregadeiras ao governo do Chile




Com o objetivo de oferecer apoio na manutenção dos municípios e colaborar na gestão de aterros sanitários, o governo regional metropolitano do Chile adquiriu 14 minicarregadeiras SR200 da CASE Construction Equipment. A compra foi realizada por meio de concorrência pública, vencida pela Janssen, distribuidora da marca no país.

As máquinas têm capacidade de carga operacional de até 900kg e podem ser usadas na construção, indústria e no agronegócio, com uma vasta gama de implementos, como caçamba, garfo palet, martelo hidráulico e vassoura. As minicarregadeiras são portáteis, por isso indicadas para lugares com limitação de espaço, que oferecem alta produtividade e baixo custo operacional.

“As minicarregadeiras CASE são reconhecidas no país por sua qualidade e confiabilidade, e é por isso que foram consideradas a melhor opção”, disse Oscar Adasme, gerente da Divisão de Máquinas de Janssen.

Segundo o governo do Chile, esta aquisição foi planejada para a realização de diversas melhorias, como a recuperação de ruas, limpeza de estradas, trabalho em aterros, entre outras tarefas.

“Nos últimos meses, entregamos 14 minicarregadeiras e uma pá-carregadeira W20E ao governo do Chile, um total de quinze máquinas, que hoje operam no país contribuindo para o desenvolvimento sustentado dos municípios. Para nós, é uma honra confiar nos equipamentos e serviços que o revendedor oferece junto com a CASE “, concluiu Adasme.

Mercado para minicarregadeiras no Brasil

O mercado de máquinas de construção no Brasil cresceu e se diversificou muito nos últimos anos. Com isso, aumentou a procura por equipamentos menores, como as miniescavadeiras e minicarregadeiras, para aplicações específicas, especialmente em locais com restrição de espaço.

A linha de minicarregadeiras Skid CASE no Brasil é composta por sete modelos: cinco de levantamento radial (SR130, SR150, SR175, SR200 e SR250) e dois de levantamento vertical (SV185 e SV300), com carga operacional que vai de 590 kg a 1.360 kg e potência bruta de 49 hp a 90 hp.

As minicarregadeiras são máquinas que possuem vasta aplicação na construção, indústria e no agronegócio. São máquinas portáteis, por isso indicadas para lugares com limitação de espaço, que oferecem alta produtividade e baixo custo operacional. Podem ser utilizadas com uma vasta gama de implementos, como caçamba, garfo pallet ou palete, rompedor hidráulico e vassoura.

“À medida que a segurança do trabalho evolui, restringindo cada vez mais o uso de recursos humanos em atividades de risco à segurança e saúde do trabalhador, a utilização de equipamentos de construção compactos tende a ganhar cada vez mais espaço nos canteiros de obra”, comenta Maurício Moraes, gerente de Marketing da CASE para a América Latina.

Os principais benefícios dos modelos são: operação em lugares restritos, facilidade de transporte, baixo consumo de combustível, facilidade de operação, versatilidade devido à grande quantidade de implementos que podem utilizar.




Deixe sua opinião sobre o assunto!