Caminhoneiros europeus que viajam entre países terão legislação específica




A Comissão Europeia, Parlamento e Conselho Europeu iniciaram um acordo que promete resolver uma questão complicada referente a caminhoneiros da União Europeia que viajam entre os países, ficando, por muitas vezes, vários dias longe de casa.

O acordo, que ainda precisa ser aprovado pelo países, reconhece que os motoristas profissionais deverão ter uma legislação específica, mas que não prejudique o mercado de transporte como um todo.

O acordo usa regras já existentes na Diretiva de Trabalhadores Deslocados, aqueles que trabalham em outros países, ficando mais de três dias por mês fora de seu país de origem. Com a nova regra, além de definição de descanso e outros temas, fica estabelecido que os caminhoneiros em viagem recebam salário proporcional ao de caminhoneiros do país visitado.

LEIA MAIS  Transportadoras multadas em greve dos caminhoneiros fazem apelo a ministro do STF

A lei ainda não está em vigor, mas é considerada um avanço.




Deixe sua opinião sobre o assunto!