Caminhoneiros europeus que viajam entre países terão legislação específica




A Comissão Europeia, Parlamento e Conselho Europeu iniciaram um acordo que promete resolver uma questão complicada referente a caminhoneiros da União Europeia que viajam entre os países, ficando, por muitas vezes, vários dias longe de casa.

O acordo, que ainda precisa ser aprovado pelo países, reconhece que os motoristas profissionais deverão ter uma legislação específica, mas que não prejudique o mercado de transporte como um todo.

O acordo usa regras já existentes na Diretiva de Trabalhadores Deslocados, aqueles que trabalham em outros países, ficando mais de três dias por mês fora de seu país de origem. Com a nova regra, além de definição de descanso e outros temas, fica estabelecido que os caminhoneiros em viagem recebam salário proporcional ao de caminhoneiros do país visitado.

LEIA MAIS  Empresas pedem que ANTT adie regulamentação de multa por descumprimento da tabela de frete

A lei ainda não está em vigor, mas é considerada um avanço.




Deixe sua opinião sobre o assunto!