Randon inaugura fábrica no Peru




Foi inaugurada nesta quinta-feira (15/03), em Callao, região metropolitana de Lima, a Randon Perú. Esta nova planta, resultado da joint venture formalizada em 20 de junho de 2017 entre a Randon S.A Implementos e Participações e o Grupo Epysa, do Chile, se dedicará à montagem e venda de semirreboques.

Trata-se da primeira associação direta da Divisão Implementos que, desde os anos 1970, tem operado no mercado internacional por meio da exportação, produzindo localmente ou com parcerias para disponibilizar os produtos Randon em outros países. Foi o caso de acordos internacionais bem-sucedidos com árabes, africanos, americanos e europeus tanto para o negócio de implementos quanto autopeças.

O início de operação da Randon Perú está previsto para o segundo trimestre em uma planta que terá capacidade de montar até 1.000 unidades/ano, num investimento proporcional às participações acionárias dos dois sócios (51% da Randon). A decisão foi baseada no fato do mercado peruano ser o terceiro maior consumidor de reboques e semirreboques na América do Sul, ficando atrás apenas do Brasil e da Argentina.

O mercado peruano absorve em torno de 6.000 unidades anuais de reboques e semirreboques e o país hoje, além de possuir uma estabilidade econômica para investir, desponta como a Nação que mais cresce na América Latina, em função dos amplos recursos naturais e também pelos investimentos necessários em infraestrutura.

Os presidentes das Empresas Randon, David Randon e do Grupo Epysa, Juan Francisco Novion, concordam que há uma conjugação de interesses, com a expertise e tecnologia de produto e industrial da Randon e a experiência e know-how comercial da Epysa que cultivam um relacionamento de longa data pelo fato de a Epysa Equipos já ser distribuidor Randon há mais de 35 anos no mercado chileno.




Deixe sua opinião sobre o assunto!