VÍDEO: Caminhão não tem ano – Tem dono




Essa é uma frase bastante ouvida quando se vê um caminhão antigo em excelente condições de conservação e uso. Um caminhão não tem ano, tem dono. E o ditado popular é verdade.

A maior parte da situação do caminhão após anos de labuta depende do motorista ou de seu proprietário. Fazer as manutenções preventivas de acordo com o que diz o fabricante, e fazer as manutenções corretivas com peças de procedência, fazem com que a vida útil de um veículo seja a maior possível.

E, felizmente, não são raros os casos de caminhões, fabricados décadas atrás, que se mantém praticamente como saíram de fábrica.

É o caso de um caminhão Fiat/FNM 180, fabricado em 1976, que é mantido perfeitamente original e bem cuidado por seu primeiro e único dono, o senhor Aracides Garcia, de 80 anos, da cidade de Londrina, no Paraná.

LEIA MAIS  Projeto obriga o governo a duplicar todas as rodovias federais

Um vídeo publicado pelo seu filho Márcio no início do ano, mostra o caminhão ganhando mais uma reforma, mas mostra também a originalidade do modelo, que mantém o robusto motor original de 180 cavalos e 657 Nm de torque, com 11 litros de cilindrada, ainda standard, sem nunca ter sido retificado.

A cabine, original e muito íntegra, mantém todo o aspecto do modelo de quando saiu de fábrica, inclusive com adesivos originais.

No vídeo, seu Aracides fala sobre o freio estacionário de campana, que freia o eixo cardã do caminhão, e pode ser visto logo atrás da caixa de câmbio.

LEIA MAIS  O raçudo caminhãozinho Unimog

Para continuar rodando, o caminhão vai recebeu reforços estruturais no chassi e algumas outras melhorias. Seu Aracides, com 80 anos, não vai parar de trabalhar e nem deixar de lado seu companheiro de estrada. O Fiat/FNM 180 1976 ainda vai rodar muitos quilômetros.





Deixe sua opinião sobre o assunto!