Dois caminhoneiros são presos por desativarem o sistema de Arla 32 dos caminhões




Policiais rodoviários federais realizaram ontem, em Biguaçu-SC, na BR 101, durante todo o dia, fiscalização de Arla 32 em veículos pesados, movidos a diesel.

O Arla 32 é um reagente que deve ser usado desde 2012, para diminuir a emissão de NOx, óxido de nitrogênio, gás altamente prejudicial à saúde humana. A injeção do Arla 32 nos gases da descarga do veículo, antes que eles passem pelo catalisador, transforma o NOx em vapor de água e nitrogênio, gases inertes ao meio ambiente.

Infelizmente, por questões financeiras, vários veículos não utilizam o produto, inclusive fraudando o sistema SCR (Selective Catalytic Reduction ou Redução Catalítica Seletiva), instalado nos veículos para a conversão dos óxidos de nitrogêncio (Nox) em água e nitrogênio, sem os óxidos, ou adulterando o produto em si, além de outras táticas para burlar a fiscalização.

LEIA MAIS  Caminhoneiro americano se aposenta após 43 anos e 10 milhões de quilômetros rodados sem nenhum acidente

A não utilização correta do Arla 32 configura infração de trânsito grave, prevista no art. 230, IX, do CTB, com previsão de retenção do veículo para regularização e multa de R$ 195,23.

Além de infração de trânsito, a não utilização do Arla 32 dentro dos padrões regulamentares configura crime previsto na Lei Ambiental (Lei 9.605/98), tanto na modalidade culposa quanto dolosa (Art. 54 – Causar poluição de qualquer natureza em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruição significativa da flora).

LEIA MAIS  Grupo Scapini abre vagas para motoristas carreteiros no Rio Grande do Sul

Dois motoristas de caminhões foram conduzidos para a Polícia Civil porque foi constatada adulteração do Arla 32 em um veículo e o outro tinha adulteração do sistema que controla o Arla 32, o chamado sistema SCR.




41 comentários em “Dois caminhoneiros são presos por desativarem o sistema de Arla 32 dos caminhões

  • 17/04/2019 em 14:52
    Permalink

    Se é para colocar ordem no Brasil, precisa ser em todos os níveis, sem exceção.
    Polícia Rodoviária precisa atuar com rigor.

    Resposta
  • 15/04/2019 em 11:50
    Permalink

    Isso porque nao fiscalizaram ibor transportes rodoviarios de juiz de fora mg. Pois quase todos sao adulterafos pela propria empresa

    Resposta
  • 15/04/2019 em 09:16
    Permalink

    Curioso, em Portugal chama se ADblue e nos pesados, normalmente, mete se o gasóleo mais barato que temos. Como também em Espanha .

    Resposta
  • 15/04/2019 em 09:12
    Permalink

    Curioso, em Portugal chama se ADblue

    Resposta
  • 14/04/2019 em 21:31
    Permalink

    Esses motores euro5 e em 2023 euro6 são tecnologia de 1o mundo em país com condições de 2o mundo. Não dá pra copiar todas as leis de países ricos em um país pobre.

    Resposta
  • 14/04/2019 em 14:58
    Permalink

    Enquanto os caminhões mais novos tem que usar um diesel mais caro e tmb o arla resultando em um custo mais caro do km rodado os veículos mais antigos estão trabalhando com o diesel comum que é muito mais prejudicial à saúde humana e animal do que o s10.
    Não é justo isso .
    Acho que o justo seria tirar o diesel comum do mercado e todos usarem somente o s10.
    Pq aí sim iria diminuir significativamente a poluição e tmb o preso do diesel s10 .

    Resposta
  • 14/04/2019 em 14:02
    Permalink

    Tenho uma L200 2008, que possui válvula SCR. Há quem a isole por achar que danifica o motor. Essa dica acha-se facilmente no Youtube. Então, segundo a reportagem é crime.
    Moro no Rio de Janeiro, constantemente vejo catadores de sucata queimarem nas ruas, fios para retirar o cobre, provocando uma poluição astronômica, sem serem incomodados.
    Aplique-se então, a Lei 9.605/98 a todos, sem distinção.

    Resposta
  • 14/04/2019 em 08:54
    Permalink

    O arla 32 tinha que ter uma bomba como combustível em posto de gasolina ele e vendido fracionado em galões é uma tem que desmonopolizar e abrir mais concorrência afim de baratizar o arla 32

    Resposta
  • 14/04/2019 em 08:50
    Permalink

    O governo tem que dar assistência pra non se vamos continuar burlando a lei

    Resposta
    • 14/04/2019 em 11:51
      Permalink

      Enquanto isso , políticos que roubam milhões estão soltos, já o trabalhador que precisa burlar o caminhão para diminuir seus custos e conseguir sobreviver vai preso.

      Resposta
      • 14/04/2019 em 14:58
        Permalink

        Pior que é verdade viu Camilo, concordo com vc irmão…..

  • 14/04/2019 em 07:21
    Permalink

    Essa herança do governo anterior q deixou! E qm acha q tem q se foder por nao ter arla qm tem q se foder sao vcs pq sou contra essa porcaria q o pt inventou querendo por na nossa conta essa porcaria aí vc q critica os caras estao apenas trabalhando e ainda tem mais esse gasto fora o café do guarda os pedágios e risco q correm de assalto

    Resposta
    • 14/04/2019 em 07:53
      Permalink

      Se é para proteger o meio ambiente e a saúde humana, tem que usar o produto sim e tem que haver fiscalização, independente de qual governo implementou o sistema. O valor do combustível e do produto é que tem que baixar. Sejamos razoáveis.

      Resposta
  • 14/04/2019 em 06:07
    Permalink

    Acho correto a fiscalizaçao. E quanto ao o diesel? Caminhão que era pra usar o s10 estam com diesel comum? Tem puniçao pra isso?

    Resposta
  • 13/04/2019 em 22:30
    Permalink

    O que não se fala e que a bomba do Atlântico da muito problema, e se estiver fora da garantia custa mais de 10.000 . Por causa disso muitos rodam com o sistema inoperante. Nem sempre é na fé. Nas culpa de um sistema (arla) que ainda dá muito problema, as vezes com custo financeiro impossível de arcar

    Resposta
  • 13/04/2019 em 15:42
    Permalink

    Essa fiscalização e simplesmente porque o governo larga de arrecadar por cada vendas do Arla , agora vejamos porque não fiscalizar a tabela de frete? Será só porque o único beneficiado e o pobre do caminhoneiro?

    Resposta
    • 13/04/2019 em 19:31
      Permalink

      Velho essa parada da defeito é muito cara para voltar ao normal por isso burlar….

      Resposta
    • 13/04/2019 em 22:00
      Permalink

      Vc não deve ter caminhão meu amigo, se tivesse não pensaria assim.

      Resposta
      • 14/04/2019 em 09:58
        Permalink

        PRF so sabe ferrar com motorista que ajuda país com economia, tráfico de drogas que é bom, são feitos de otário pelos traficantes. Trabalhador e fácil.

  • 13/04/2019 em 13:05
    Permalink

    Vejam o que diz o climatologista Ricardo Felício, e depois comentem.

    Resposta
  • 13/04/2019 em 12:40
    Permalink

    Tem que punir mesmo!!!! Assim como estes imbecis que andam com escapamento direto tropo de burro!!! Caminhão é mais que um instrumento de trabalho !! Mas nao precisa ficar adulterando a originalidade. Um abraço a todos os profissionais do trecho!!!

    Resposta
  • 13/04/2019 em 12:22
    Permalink

    Então quer dizer que o caminhão abaixo do ano 2012 não polui? Kkkkkkk. Esse Brasil e uma piada

    Resposta
    • 14/04/2019 em 10:01
      Permalink

      Caminhões abaixo de 2012 não poluem. Os LP 321 Então substituem a floresta amazônica kkkkkkkkkk

      Resposta
    • 13/04/2019 em 21:58
      Permalink

      Esse arla e uma bosta, só dá problema e para arrumar e um absurdo de caro, quero ver o coitado do caminhoneiro aguentar isso.

      Resposta
  • 13/04/2019 em 11:27
    Permalink

    Faz se necessário também a fiscalização das locomotivas utilizadas no Brasil e que poluem infinitamente mais que um
    caminhão e não se percebe nenhuma ação de fiscalização.(Muitas delas utilzam motores 2 tempos até hoje.)

    Resposta
    • 13/04/2019 em 13:28
      Permalink

      Brasil como Sempre o país da hipocrisia …prender um caminhoneiro por isolar o arla pois e crime segundo aos hipocritas agora destruir Brumadinho e Mariana não dá nada né….. Brasil país de lixos hipocritas pessoas lixos judiciário lixos prf lixos ….tudo lixos

      Resposta
      • 13/04/2019 em 16:40
        Permalink

        Verdade Fábio i alusiva este blog do caminhoneiro também e um lixo porque só traz notícias contra nossa classe devia se chamar blog da porcaria RODOVIÁRIA FEDERAL.

      • 14/04/2019 em 06:53
        Permalink

        Sou reparador de veículos a diesel com uma vasto conhecimento concordo a deve ser reduzido a emissão de poluentes na atmosfera.
        Agora quere coloca na conta do transportador por um sistema ineficiente no caso do arla realmente da muito defeito e custo alto de manutenção o problema é q o sistema e falho em quase todos fabricantes o menos problemáticos e o da Mercedes.
        Eu ainda acho q o sistema egr e bom funciona bem e nao utilizá arla

  • 13/04/2019 em 11:27
    Permalink

    Por ser um sistema considerado novo nos caminhões a manutenção e caríssima e tem pouca mão de obra especializada se vc for levar em concessionária fica um absurdo , as peças de reposição sai TDS importadas ,uma troca de bomba e sensor nox nada nada vc vai gastar +/- 10.000 reais.

    Resposta
    • 13/04/2019 em 21:59
      Permalink

      Já gastei 8.000 no meu caminhão e ainda não ficou bom

      Resposta
  • 13/04/2019 em 11:21
    Permalink

    Primeiramente lei burra por quê o resto da frota deve ser conduzida também apreensão que não usa o que isso foi um evento dos espertos e só usam no Brasil e na Europa nenhum USA portanto quem cometeu o crime foram os dois agentes da PRF devem ser processados na forma da lei por abuso autoridade e ignorância dizem alguns agentes que é facultado a eles o direito não usarem o cinto de segurança mentira somos todos iguais perante a lei se somos todos iguais perante a lei todos devemos cumprir Isso deve ser oficiado ao Ministério Público Federal para tomar as providências

    Resposta
  • 13/04/2019 em 10:57
    Permalink

    Quem garante se o produto q o caminhoneiro compra no posto não esta adulterado, num pais como o nosso que chegam a falsificar remédio pra cancer. Kd fiscalização nos postos pra coibir essas e outras mazelas, não tem né, maos facil culpar o coitado do caminhoneiro.

    Resposta
  • 13/04/2019 em 10:49
    Permalink

    Camioneiro.sendo criminalizado.tem q abandonar mesmo sem condicoes de seguranva estrada r uma vergonga pedagil preco do diesel e o motorista sendo roubado nas estradas a policia nao ve .ainda bem.q me aposentei e larguei esta vida sofrida.e mal remunerada um frentisra de posto ganha mais q muitos camioneiros.

    Resposta
    • 14/04/2019 em 02:47
      Permalink

      O pior de tudo, é que ainda hoje você encontra policiais rodoviários, extorquindo dinheiro do caminhoneiro, isso sim é uma vergonha. Olha o salario de um policial rodoviário e compara com de um motorista carreteiro ( meu esposo ) recebe por comissão 12% frete. Já foi abordado mais de cinco vezes, saindo do sul a salvador Bahia, Todas as abordagens os policiais extorquiram dinheiro dele, de 100 reais a 350 , obs: Chamavam meu esposo atrás da carreta para pegar o dinheiro, antes certificavam se ele não estava com o celular, e me impediam de descer do caminhão.

      Resposta
      • 14/04/2019 em 10:06
        Permalink

        Os botas são malditos mesmo! Ninguém se habilita a de fato trabalhar combatendo o crime principalmente aqui no RJ. Agora extorquir o carreteiro é moleza

  • 13/04/2019 em 09:58
    Permalink

    Engraçado que só os caminhões acima de 2012 que poluem os antigos de bomba injetora que solta uma fumaça danada não poluem muito engraçado isso

    Resposta
    • 13/04/2019 em 10:01
      Permalink

      Isso seria uma perseguição contra os caminhões pois vc abastecer arla toda viajem da em média de 1000 reais por mês só de arla
      Vergonha

      Resposta
    • 13/04/2019 em 10:30
      Permalink

      Conhece direito adquirido?, Quando os caminhões anteriores saíram de linha não era obrigatório e foram autorizados a rodar assim, então se passar a ser obrigatório podem gerar vários processos contra o governo.

      Resposta
      • 13/04/2019 em 23:36
        Permalink

        O foda é escutar as merda que um bando de trouxa fala, sempre querem fode os caminhoneiros, uma classe que não tem direito , sindicato que luta contra, governo fraco, so promessa e ainda tudo pinga neles que rodam esse Brasil dia e noite deixando os familiares para trás, temos que ter o mínimo de respeito por essa classe . E quem nunca subiu em.um caminhão não fala merda.

Deixe sua opinião sobre o assunto!