Dois caminhoneiros são presos por desativarem o sistema de Arla 32 dos caminhões

por Blog do Caminhoneiro

Policiais rodoviários federais realizaram ontem, em Biguaçu-SC, na BR 101, durante todo o dia, fiscalização de Arla 32 em veículos pesados, movidos a diesel.

O Arla 32 é um reagente que deve ser usado desde 2012, para diminuir a emissão de NOx, óxido de nitrogênio, gás altamente prejudicial à saúde humana. A injeção do Arla 32 nos gases da descarga do veículo, antes que eles passem pelo catalisador, transforma o NOx em vapor de água e nitrogênio, gases inertes ao meio ambiente.

Infelizmente, por questões financeiras, vários veículos não utilizam o produto, inclusive fraudando o sistema SCR (Selective Catalytic Reduction ou Redução Catalítica Seletiva), instalado nos veículos para a conversão dos óxidos de nitrogêncio (Nox) em água e nitrogênio, sem os óxidos, ou adulterando o produto em si, além de outras táticas para burlar a fiscalização.

A não utilização correta do Arla 32 configura infração de trânsito grave, prevista no art. 230, IX, do CTB, com previsão de retenção do veículo para regularização e multa de R$ 195,23.

Além de infração de trânsito, a não utilização do Arla 32 dentro dos padrões regulamentares configura crime previsto na Lei Ambiental (Lei 9.605/98), tanto na modalidade culposa quanto dolosa (Art. 54 – Causar poluição de qualquer natureza em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruição significativa da flora).

Dois motoristas de caminhões foram conduzidos para a Polícia Civil porque foi constatada adulteração do Arla 32 em um veículo e o outro tinha adulteração do sistema que controla o Arla 32, o chamado sistema SCR.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-98800-6519

48 comentários
0

Artigos relacionados

48 comentários

Zé Cueca 10/01/2020 - 16:50

Nunca entendi o poque da PRF ficar mostrando as prisões que executam, afinal não é para isso que estão ai?
Se ficassem caladinhos prenderiam muito mais!

Reply
Zé Cueca 08/01/2020 - 21:56

Eu uso o ARLA 32 e não penso ser um aumento do custo do frete uma situação que leve a burlar a lei, se é para proteger o meio ambiente, vamos usas e ponto!
No meu caso que é um bi-trck 30o cv, dá para rodar 150 km com um litro de ARLA, eu pago em média 1,80 o litro, pergunto; isso vai onerar o que? Tem de preder mesmo, pois estão poluindo além do permitido e prejudicando toda a sociedade, tanto a atual como a vindoura!
Informe importante, na 381 Fernão dias, existe ARLA a 1,49 o litro

Reply
valcir j madalozzo 17/04/2019 - 14:52

Se é para colocar ordem no Brasil, precisa ser em todos os níveis, sem exceção.
Polícia Rodoviária precisa atuar com rigor.

Reply
WAGNER ANTONIO BRAGA 15/04/2019 - 11:50

Isso porque nao fiscalizaram ibor transportes rodoviarios de juiz de fora mg. Pois quase todos sao adulterafos pela propria empresa

Reply
ORLANDO SANTOS 15/04/2019 - 09:16

Curioso, em Portugal chama se ADblue e nos pesados, normalmente, mete se o gasóleo mais barato que temos. Como também em Espanha .

Reply
ORLANDO MANUEL RODRIGUES DOS SANTOS 15/04/2019 - 09:12

Curioso, em Portugal chama se ADblue

Reply
Thiago Garcia. 14/04/2019 - 21:31

Esses motores euro5 e em 2023 euro6 são tecnologia de 1o mundo em país com condições de 2o mundo. Não dá pra copiar todas as leis de países ricos em um país pobre.

Reply
Diogo Almir Rizzi 14/04/2019 - 14:58

Enquanto os caminhões mais novos tem que usar um diesel mais caro e tmb o arla resultando em um custo mais caro do km rodado os veículos mais antigos estão trabalhando com o diesel comum que é muito mais prejudicial à saúde humana e animal do que o s10.
Não é justo isso .
Acho que o justo seria tirar o diesel comum do mercado e todos usarem somente o s10.
Pq aí sim iria diminuir significativamente a poluição e tmb o preso do diesel s10 .

Reply
Eduardo 14/04/2019 - 14:02

Tenho uma L200 2008, que possui válvula SCR. Há quem a isole por achar que danifica o motor. Essa dica acha-se facilmente no Youtube. Então, segundo a reportagem é crime.
Moro no Rio de Janeiro, constantemente vejo catadores de sucata queimarem nas ruas, fios para retirar o cobre, provocando uma poluição astronômica, sem serem incomodados.
Aplique-se então, a Lei 9.605/98 a todos, sem distinção.

Reply
Leandro Clayton de moura 14/04/2019 - 08:54

O arla 32 tinha que ter uma bomba como combustível em posto de gasolina ele e vendido fracionado em galões é uma tem que desmonopolizar e abrir mais concorrência afim de baratizar o arla 32

Reply
Rodolfo Santiago 09/01/2020 - 17:12

Exatamente. Correto.

Reply
Leandro Clayton de moura 14/04/2019 - 08:50

O governo tem que dar assistência pra non se vamos continuar burlando a lei

Reply
Camilo 14/04/2019 - 11:51

Enquanto isso , políticos que roubam milhões estão soltos, já o trabalhador que precisa burlar o caminhão para diminuir seus custos e conseguir sobreviver vai preso.

Reply
Luiz Carlos 14/04/2019 - 14:58

Pior que é verdade viu Camilo, concordo com vc irmão…..

Reply
André Santos 14/04/2019 - 07:21

Essa herança do governo anterior q deixou! E qm acha q tem q se foder por nao ter arla qm tem q se foder sao vcs pq sou contra essa porcaria q o pt inventou querendo por na nossa conta essa porcaria aí vc q critica os caras estao apenas trabalhando e ainda tem mais esse gasto fora o café do guarda os pedágios e risco q correm de assalto

Reply
maria 14/04/2019 - 07:53

Se é para proteger o meio ambiente e a saúde humana, tem que usar o produto sim e tem que haver fiscalização, independente de qual governo implementou o sistema. O valor do combustível e do produto é que tem que baixar. Sejamos razoáveis.

Reply
Leonardo 10/01/2020 - 10:59

André, você é um bobo! Completo Bobo! Agora á culpa do Arla é o PT? Ahh, para né irmão, para que tá feio!!

Reply
Isnaldo freire 14/04/2019 - 06:07

Acho correto a fiscalizaçao. E quanto ao o diesel? Caminhão que era pra usar o s10 estam com diesel comum? Tem puniçao pra isso?

Reply
Rodolfo Santiago 09/01/2020 - 17:10

Tem punição sim, Isnaldo. Só que não é através de multa. É na manutenção do catalisador que entope devido o alto teor de enxofre que existe no diesel S500. Recuperar um catalisador demanda um equipamento bastante caro que provavelmente ainda não tem no Brasil. Então, que usa S500 quando deveria usar um S10 vai pagar de 20.000 a 40.000 por catalisador novo. Se vc fizer a conta a economia do preço do S500 não paga esse catalisador. Naqueles motor que não usam SCR com Arla mas sim EGR a situação é pior ainda. No EGR, que tem um trocador de calor para resfriar os gases do escape, há uma corrosão severa do trocador de calor que não pode ser recuperado. Esse trocador de calor também é caríssimo. Conclusão: se o seu caminhão exige S10, use somente S10. Ah….mas alguém pode dizer….”eu uso S500 e não aconteceu nada”…. tudo bem…funciona? sim, o motor funciona com S500, porém mais virá uma conta dolorosa.

Reply
PAULO CESAR DE ALMEIDA REQUIAO 13/04/2019 - 22:30

O que não se fala e que a bomba do Atlântico da muito problema, e se estiver fora da garantia custa mais de 10.000 . Por causa disso muitos rodam com o sistema inoperante. Nem sempre é na fé. Nas culpa de um sistema (arla) que ainda dá muito problema, as vezes com custo financeiro impossível de arcar

Reply
Bob 13/04/2019 - 15:42

Essa fiscalização e simplesmente porque o governo larga de arrecadar por cada vendas do Arla , agora vejamos porque não fiscalizar a tabela de frete? Será só porque o único beneficiado e o pobre do caminhoneiro?

Reply
Area Livre 13/04/2019 - 13:28

Se é para usar por que burlar , tem que tomar no rabo mesmo!!!

Reply
Thiago de oliveira 13/04/2019 - 19:31

Velho essa parada da defeito é muito cara para voltar ao normal por isso burlar….

Reply
Anderson França 13/04/2019 - 22:00

Vc não deve ter caminhão meu amigo, se tivesse não pensaria assim.

Reply
Marcio 14/04/2019 - 09:58

PRF so sabe ferrar com motorista que ajuda país com economia, tráfico de drogas que é bom, são feitos de otário pelos traficantes. Trabalhador e fácil.

Reply
Raphael Massocatto 13/04/2019 - 13:05

Vejam o que diz o climatologista Ricardo Felício, e depois comentem.

Reply
Eder Eduardo De Souza 13/04/2019 - 12:40

Tem que punir mesmo!!!! Assim como estes imbecis que andam com escapamento direto tropo de burro!!! Caminhão é mais que um instrumento de trabalho !! Mas nao precisa ficar adulterando a originalidade. Um abraço a todos os profissionais do trecho!!!

Reply
Caiqhr 13/04/2019 - 12:22

Então quer dizer que o caminhão abaixo do ano 2012 não polui? Kkkkkkk. Esse Brasil e uma piada

Reply
Felipe José Duarte do Nascimento 14/04/2019 - 10:01

Caminhões abaixo de 2012 não poluem. Os LP 321 Então substituem a floresta amazônica kkkkkkkkkk

Reply
Anderson Nascimento 13/04/2019 - 12:18

Atrás de bandido ninguém vai nesse Brasil e tanta coisa errada que desanima #terceiraguerramundialja!!

Reply
Anderson França 13/04/2019 - 21:58

Esse arla e uma bosta, só dá problema e para arrumar e um absurdo de caro, quero ver o coitado do caminhoneiro aguentar isso.

Reply
Olemar Luis Garcia 13/04/2019 - 11:27

Faz se necessário também a fiscalização das locomotivas utilizadas no Brasil e que poluem infinitamente mais que um
caminhão e não se percebe nenhuma ação de fiscalização.(Muitas delas utilzam motores 2 tempos até hoje.)

Reply
Fabio 13/04/2019 - 13:28

Brasil como Sempre o país da hipocrisia …prender um caminhoneiro por isolar o arla pois e crime segundo aos hipocritas agora destruir Brumadinho e Mariana não dá nada né….. Brasil país de lixos hipocritas pessoas lixos judiciário lixos prf lixos ….tudo lixos

Reply
Laureanoalves de souza 13/04/2019 - 16:40

Verdade Fábio i alusiva este blog do caminhoneiro também e um lixo porque só traz notícias contra nossa classe devia se chamar blog da porcaria RODOVIÁRIA FEDERAL.

Reply
Jose soares da silva 14/04/2019 - 06:53

Sou reparador de veículos a diesel com uma vasto conhecimento concordo a deve ser reduzido a emissão de poluentes na atmosfera.
Agora quere coloca na conta do transportador por um sistema ineficiente no caso do arla realmente da muito defeito e custo alto de manutenção o problema é q o sistema e falho em quase todos fabricantes o menos problemáticos e o da Mercedes.
Eu ainda acho q o sistema egr e bom funciona bem e nao utilizá arla

Reply
Julio 13/04/2019 - 11:27

Por ser um sistema considerado novo nos caminhões a manutenção e caríssima e tem pouca mão de obra especializada se vc for levar em concessionária fica um absurdo , as peças de reposição sai TDS importadas ,uma troca de bomba e sensor nox nada nada vc vai gastar +/- 10.000 reais.

Reply
Anderson França 13/04/2019 - 21:59

Já gastei 8.000 no meu caminhão e ainda não ficou bom

Reply
otilio lorenzo 13/04/2019 - 11:21

Primeiramente lei burra por quê o resto da frota deve ser conduzida também apreensão que não usa o que isso foi um evento dos espertos e só usam no Brasil e na Europa nenhum USA portanto quem cometeu o crime foram os dois agentes da PRF devem ser processados na forma da lei por abuso autoridade e ignorância dizem alguns agentes que é facultado a eles o direito não usarem o cinto de segurança mentira somos todos iguais perante a lei se somos todos iguais perante a lei todos devemos cumprir Isso deve ser oficiado ao Ministério Público Federal para tomar as providências

Reply
VLADIMIR DA SILVA SANTOS 13/04/2019 - 10:57

Quem garante se o produto q o caminhoneiro compra no posto não esta adulterado, num pais como o nosso que chegam a falsificar remédio pra cancer. Kd fiscalização nos postos pra coibir essas e outras mazelas, não tem né, maos facil culpar o coitado do caminhoneiro.

Reply
Rodolfo Santiago 09/01/2020 - 17:19

Verdade. Correto.

Reply
Nelson marcondes camacho leal 13/04/2019 - 10:49

Camioneiro.sendo criminalizado.tem q abandonar mesmo sem condicoes de seguranva estrada r uma vergonga pedagil preco do diesel e o motorista sendo roubado nas estradas a policia nao ve .ainda bem.q me aposentei e larguei esta vida sofrida.e mal remunerada um frentisra de posto ganha mais q muitos camioneiros.

Reply
Cláudia Matos 14/04/2019 - 02:47

O pior de tudo, é que ainda hoje você encontra policiais rodoviários, extorquindo dinheiro do caminhoneiro, isso sim é uma vergonha. Olha o salario de um policial rodoviário e compara com de um motorista carreteiro ( meu esposo ) recebe por comissão 12% frete. Já foi abordado mais de cinco vezes, saindo do sul a salvador Bahia, Todas as abordagens os policiais extorquiram dinheiro dele, de 100 reais a 350 , obs: Chamavam meu esposo atrás da carreta para pegar o dinheiro, antes certificavam se ele não estava com o celular, e me impediam de descer do caminhão.

Reply
Felipe José Duarte do Nascimento 14/04/2019 - 10:06

Os botas são malditos mesmo! Ninguém se habilita a de fato trabalhar combatendo o crime principalmente aqui no RJ. Agora extorquir o carreteiro é moleza

Reply
Samir 13/04/2019 - 09:58

Engraçado que só os caminhões acima de 2012 que poluem os antigos de bomba injetora que solta uma fumaça danada não poluem muito engraçado isso

Reply
Rodrigo 13/04/2019 - 10:01

Isso seria uma perseguição contra os caminhões pois vc abastecer arla toda viajem da em média de 1000 reais por mês só de arla
Vergonha

Reply
Rodolfo Santiago 10/01/2020 - 13:51

Rodrigo, por curiosidade. Qual o preço médio que vc pagou no Arla? Quantos litros de diesel no mesmo mês? E quantos km rodados no mesmo mês? Obrigado.

Reply
Fabio Felix de Melo 13/04/2019 - 10:30

Conhece direito adquirido?, Quando os caminhões anteriores saíram de linha não era obrigatório e foram autorizados a rodar assim, então se passar a ser obrigatório podem gerar vários processos contra o governo.

Reply
Diego v m Ribeiro 13/04/2019 - 23:36

O foda é escutar as merda que um bando de trouxa fala, sempre querem fode os caminhoneiros, uma classe que não tem direito , sindicato que luta contra, governo fraco, so promessa e ainda tudo pinga neles que rodam esse Brasil dia e noite deixando os familiares para trás, temos que ter o mínimo de respeito por essa classe . E quem nunca subiu em.um caminhão não fala merda.

Reply

Escreva um comentário