Fábrica da Ford em São Bernardo do Campo tem mais uma interessada




A Foton, fabricante chinesa de caminhões que atua no Brasil em parceria com a Agrale, é mais uma das empresas interessadas nas instalações da Ford em São Bernardo do Campo. A montadora americana anunciou em fevereiro que encerrará a produção de caminhões, das linhas Cargo e Série F e do carro Fiesta, desistindo do segmento de veículos comerciais na América Latina.

O presidente executivo da Foton Aumark Brasil, Marcio Vita, viajará à China na próxima semana para apresentar a proposta de compra da unidade da Ford à direção da Foton. A unidade em São Bernardo do Campo pode ser uma boa alternativa para a Foton, que planeja a construção de uma fábrica no Brasil, e atualmente tem seus caminhões fabricados no país pela Agrale, em Caxias do Sul-RS.

A Foton e a Prefeitura de Guaíba, no Rio Grande do Sul, já assinaram o contrato de intenções de construção da fábrica na cidade gaúcha, e já existe um terreno, que foi adquirido com uma série de incentivos fiscais do estado do Rio Grande do Sul.

LEIA MAIS  Mercedes-Benz destaca extrapesados em feira agropecuária no Mato Grosso

Apesar do interesse da Foton, a maior interessada na fábrica da Ford é a Caoa, que tem planos de manter a montagem de caminhões Ford no Brasil, e utilizar a linha de montagem para fabricação de outros veículos. A Caoa é dona da maior rede de concessionárias Ford no Brasil, e também representa as marcas Hyundai, com fábrica em Anápolis-GO, e Chery, com fábrica em Jacareí-SP.

Para a Foton, além da oportunidade de compra de uma fábrica pronta, reduzindo o tempo e o valor investido para produção dos caminhões no Brasil, a saída da Ford no mercado pode ampliar a fatia do mercado da montadora chinesa, que hoje vende quatro modelos de caminhões no país, no segmento de leves.

LEIA MAIS  Volvo reforça ações de mercado para peças clássicas de veículos da marca

Os caminhões Foton Minitruck 3.5-11 DT, Minitruck 3.5–14 DT, Minitruck 3.5-14 ST e Citytruck 10-16, se encaixam em segmentos que a Ford abandonou, e que detinha um bom número de vendas.

A Foton anunciou sua vinda ao Brasil em 2010, junto com outras montadoras, e permaneceu no país, mantendo os planos de investimentos programados, apesar de atrasos por conta da crise.




Deixe sua opinião sobre o assunto!