Como conseguir mais cargas – sem precisar correr atrás de novos clientes

Cargas, cargas, cargas! Todo transportador precisa. Mas será que você precisa perder horas correndo atrás de novos clientes para conseguir fretes bons?

Existem métodos que você pode seguir para conseguir mais cargas com a mesma quantidade de clientes. Basta você fazer alguns ajustes na sua transportadora para que seus caminhões sejam lotados com cargas.

Continue a leitura e descubra:

  • como saber as demandas de carga dos seus clientes
  • como aumentar a área de abrangência de sua transportadora
  • como fazer subcontratação de transportadoras
  • como melhorar a qualidade do seu serviço
  • e mais!

Saiba quais são as demandas dos seus clientes

O primeiro passo para você adquirir mais cargas com quem já está no seu circuito é simples: saiba melhor o que eles querem.

Tente bater um papo com os gestores dos seus clientes e entenda:

  • Em qual momento a empresa está (crise, estável ou em crescimento?)
  • Quais são as demandas de entrega mais difíceis de atenderem?
  • Quais são as reclamações que fazem sobre o setor logístico?

Com essas três perguntas você já descobre algumas dores de seus clientes. E dores devem ser tratadas, certo?

Então pense em como sua empresa pode solucionar essas dores para obter mais cargas. A resposta pode não vir na hora, mas algumas pistas podem surgir para você fechar mais negócios com seus clientes!

Aumente a área de atuação da sua transportadora

Essa dica é especialmente válida se seus clientes têm atuação nacional. Ou talvez eles conheçam parceiros em outras regiões com dificuldades para encontrar motoristas.

Então aumente sua oferta de caminhões nas regiões que eles precisam de caminhões. Isso pode ser feito por meio de:

  1. Contratação de caminhoneiros autônomos
  2. Subcontratação de transportadoras
  3. Frete retorno

Confira agora mais sobre cada método!

1) Contratação de caminhoneiros autônomos

Essa talvez seja a forma menos custosa de aumentar a área de atuação da sua transportadora.

Identifique as regiões onde seus clientes não conseguem encontrar caminhão. Imagine, por exemplo, que uma indústria química enfrenta muitas dificuldades para encontrar motoristas no Maranhão. É nesse local que você deve contratar caminhoneiros autônomos.

A maior dificuldade desse método é criar uma fidelização desses motoristas à distância. Você pode encontrá-los pela internet (Facebook, Whatsapp, websites de fretes), mas cai no risco de ter apenas contratos pontuais.

Provavelmente o seu cliente deseja resolver o problema dela no longo prazo. Isso significa que você teria que providenciar sempre autônomos no Maranhão para obter cargas.

E providenciar sempre autônomos significa que você precisa construir um bom relacionamento com esses motoristas.

Saiba mais no artigo 6 formas de contratar caminhoneiros autônomos

2) Subcontratação de transportadoras

Nessa opção você busca transportadoras para realizar fretes que você não conseguiria fazer.

Você deve subcontratar transportadoras que atuam em locais fora da sua abrangência ou que possuem carrocerias diferentes para atender necessidades dos seus clientes.

Imagine por exemplo que um cliente seu precisa transportar carga perigosa em Goiás. Você pode subcontratar uma transportadora que presta esse serviço na região para atender a demanda de um cliente seu.

Como fazer a subcontratação?

Você precisa emitir um CT-e (Conhecimento de Transporte Eletrônico) que é igual ao convencional.

A única diferença é que você precisa especificar no campo “Observações”:

Transporte subcontratado com a TRANSPORTADORA X, CNPJ _________, IE  _________, proprietária do veículo marca  _________, placa  _________ de  _________ (cidade), conforme disposto no RICMS/ _________(sigla do estado), artigo 205.

Já no caso da transportadora que é subcontratada, o seu CT-e pode já ser suficiente. Mas em alguns estados é obrigatória ela emitir uma CT-e própria.

3) Frete retorno

O frete retorno é o desejo de toda transportadora. Afinal, ela garante que a viagem seja o mais lucrativo possível, pois sempre se perde lucro quando o caminhão volta vazio.

O problema é que o frete retorno é difícil de garantir, especialmente se a entrega for em uma região com poucas indústrias.

Existem algumas dicas para garantir frete retorno e conseguir mais carga:

  • Entrega em região pouco movimentada? Entre em contato de antemão com indústrias da cidade para saber se tem oferta de cargas. Outra opção é cobrar um adicional pelo frete e alterar a rota na volta para passar por um polo industrial onde existam cargas
  • Entre em contato com transportadoras perto do destino (parcerias). Você pode inclusive criar uma parceria com a transportadora para que ambos consigam frete retorno após as entregas
  • Participe em grupos de redes sociais nas regiões onde entrega cargas. Existem diversos grupos para divulgação de fretes. Você pode entrar nelas e receber notificações de cargas assim que forem anunciadas
  • Usar aplicativo para encontrar cargas. Baixe um aplicativo que te notifica de cargas antes mesmo de chegar ao destino. Confira o Fretefy, uma plataforma “uber de cargas”

Melhore a qualidade do seu serviço

Quando você entrega com eficiência, seus clientes notam. Inclusive, uma reclamação feita por embarcadores é a falta de comunicação.

A Propex, indústria têxtil, reclamava que seus transportadores demoravam para repassar informações referentes às entregas. Ocorrências como um furo em um pneu no trajeto eram comunicados com 2, 3 horas ou até 2 dias de atraso!

Isso prejudicava a credibilidade da empresa com seu cliente final, pois os atrasos eram comunicados em cima da hora e não existia confiança.

Como melhorar a qualidade da minha transportadora?

Uma transportadora pode melhorar suas entregas com essas dicas:

  • Monitore em tempo-real suas operações: é importante você ficar sabendo de uma ocorrência assim que ela acontece na estrada. E seja honesto com seus clientes, informe-os assim que souber de algo e aponte suas soluções para o problema
  • Priorize a comunicação: use ferramentas de comunicação que permitam seu embarcador tirar dúvidas quando desejar com seus motoristas. O “telefone sem fio” e os delays na informação são grandes queixas das embarcadoras
  • Acompanhe indicadores de performance: verifique a qualidade das entregas com inteligência. Os KPIs são métricas que permitem você saber com clareza o que funciona e o que está errado na sua transportadora. Saiba mais sobre as KPIs

Use uma plataforma online de gestão logística

Solucione tudo que falamos acima e tenha na ponta dos dedos todas as informações da sua frota.

  1. Sabia que você pode acompanhar todas suas entregas em uma tela única?
  2. Imagine se o seu cliente pudesse conversar diretamente com seu motorista, sem depender de você para repassar mensagens de Whatsapp e afins?
  3. Já pensou integrar em um único website as informações do seu rastreador, gerenciadora de risco, ERP e mais?

Tudo isso você tem no Fretefy:

  • “Uber de cargas” para encontrar caminhoneiros on demand para realizar entregas
  • Acompanhamento em tempo real das entregas via GPS + registro de ocorrências
  • Tela única com indicadores de performance + dados de softwares integrados
  • Bate-papo com todos os motoristas dentro da plataforma


Um comentário em “Como conseguir mais cargas – sem precisar correr atrás de novos clientes

  • 04/06/2019 em 22:42
    Permalink

    Muito bom como eu posso trabalhar com esses informações

Fechado para comentários.