MPT-MS diz que metade dos caminhoneiros dirigem drogados

por Blog do Caminhoneiro

Um levantamento feito pelo Ministério Público do Trabalho do Mato Grosso do Sul (MPT 24ª Região) afirma que quase metade dos motoristas profissionais com jornadas de mais de 16 horas diárias usam drogas. O estudo foi feito em abril, na BR-163.

O estudo ainda afirma que entre os caminhoneiros que dirigem menos diariamente, cerca de 13 horas de jornada diária, o índice de uso de drogas caí para 12,9%.

De acordo com o Procurador do Trabalho, Paulo Douglas Almeida de Moraes, esses números servem de alerta para a intenção do Governo Federal de retirar a obrigatoriedade do Exame Toxicológico para os motoristas profissionais, com CNH C, D ou E.

O Procurador ainda informa que o MPT-MS vem acompanhando o transporte rodoviário de cargas há dois anos, e também o nível do uso de drogas após a lei 13.103/2015 entrar em vigor.

Essa lei prevê que os motoristas profissionais sem submetidos a exames que detectam a presença de drogas no organismo nos últimos 90 dias. Esses exames são realizados mediante a coleta de cabelo, pelo ou unhas com o objetivo de detectar o consumo dessas substâncias psicoativas que comprometam a capacidade de direção.

De acordo com dados do MPT, antes do exame toxicológico entrar em vigor, em 2015, aconteceram no Brasil 41.862 acidentes envolvendo caminhões e ônibus. Dois anos depois, em 2017, foram 27.032 acidentes envolvendo esse tipo de veículos.

Se a obrigatoriedade do exame for mesmo derrubada após o projeto apresentado pelo Presidente da República Jair Messias Bolsonaro for mesmo aprovado na Câmara dos Deputados e Senado e sancionada pelo presidente, o MPT-MS vai entrar com uma ação questionando a constitucionalidade da lei. Com informações de Campo Grande News.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-98800-6519

102 comentários
0

Artigos relacionados

102 comentários

Vinícius 08/06/2019 - 12:11

essa metade do drogado aí que vocês tanto falam que são drogados que dirige drogado é o que bota um verdura fresquinho na mesa de vocês diariamente é o que vocês pede verdura fresca na mesa você acha que é pertinho transportar verdura fresca de uma cidade para outra não é um drogado motorista que dirige a noite toda mas deixar fresquinho no Ceasa para vocês

Reply
ivan dias 07/06/2019 - 11:26

os farinheiro só curujando kkkk!!! errou o mpt-ms,se fizer uma pesquisa com os que fazem 24 h sem dormir vai chegar a um numero bem acima de 70.

Reply
Wagner 07/06/2019 - 09:51

Esta falando besteira ela nunca viu de perto caminhoneiros honesto que levam o pao de cada dia para sua casa mais um querendo denegrir a imagen do profissional .

Reply
Rubens 07/06/2019 - 08:35

Nunca me perguntaram se eu uso drogas, nunca fizeram pesquisa comigo, nao uso nunca usei drogas e tenho serteza que essa pesquisa e fraudada por q ninguem vai dizer q usa drogas pra dirigir ou pra qualquer outro trabalho .sou a favor do exame . Mas ou e pra todos ou nao e pra ninguem .

Reply
Alice Augusta Affonso Motta 07/06/2019 - 07:28

Só acho na minha opinião que o exame tem ser pra todos motos e cartps comuns matam mais no trânsito. E outra a madame que enche o rabo de remédio pra emagrecer e o filho de papai ai não andam drogados… tem outro nome pra isso…
Nosso país é uma vergonha.

Reply
Norival Silva 07/06/2019 - 07:05

Quantas horas de jornada mesmo?

Pesquisa feita baseada um motoristas que te em carga horária de 16 horas? Depois com motorista que tem carga de 13 horas?

O que está errado não é esta carga horária?

Em tempo: Sou a favor do exame sim.

Reply
Ailton Carlos Gonçalves 08/06/2019 - 00:58

Eles que os motoristas trabalhen 18 horas por dia mais não use rebites

Reply
Alexandre correia dos Santos 07/06/2019 - 06:57

Agora porque não coloca a lei pra todos os motorista desde de carro de passeio ate o caminhão todos nos sabemos que oque mais mata são os carros e não caminhões em acidentes fatais qual a diferença entre o motorista de caminhão drogado e o motorista de um carro…….e na minha opinião essa pesquisa e mentirosa sou caminhoneiro e não uso droga e conheço muitos que não usa.rodo 14 horas por dia e sou limpo.Esses esquerdista me dão nojo com essa reportagem.

Reply
Aléssio Fontano 07/06/2019 - 05:32

Nós é que deveríamos processar este promotor por informações caluniosas e difamação da classe trabalhadora dos caminhoneiros. Porém estamos sós, benga entidade nos defendem desses absurdos e que denigrem a imagem dos caminhoneiros junto à opinião pública.

Reply
Cajau Antonelli 07/06/2019 - 11:47

O único problema dessa Lei é não abranger todas as categorias. Mas aí mexe com muita gente, né?

Reply
Adriano 07/06/2019 - 03:55

Cabe a cada um ser responsável pelo seus atos!!
Não precisa de uma lei pra resolver isso..
Fretes barato , falta de logística das empresas que seguram o profissional o dia inteiro na carga e descarga!!.. Não respeitam nosso trabalho e é onde chega ao ponto de virar um caos nossos horários.. O remédio está muito além de exames e proibições…comecem a se organizar e tratar motorista de caminhão com mais respeito que tudo muda..
Sem contar nas falcatruas de pessoas e clínicas que já vendem exames prontos …
Bom dia .

Reply
Antonio carlos 07/06/2019 - 01:42

Pode até abolir o exame desde que a polícia rodoviária federal passa os exames no local que tem muito drogado realmente e não adianta falar

Reply
Wellington 07/06/2019 - 00:48

Deveriam mesmo é acabar com as drogas que na maioria das vezes destroem vidas e passam dentro do mato grosso p chegar até seus consumidores. E deixarem esses heróis da estrada trabalharem com melhores condições, segurança, combustível barato,frete melhores.

Reply
Evandro Sousa 07/06/2019 - 00:27

Quem crítica os heróis da estrada os caminhoneiros, deveria ter vergonha de crítica quem leva o alimento tudo até suas casa p vcs fica no conforto lê seus lar pós vcs q fala mal não tem culhão p sair pra luta fica dias mês fora de casa,tomem vergonha antes de fala baboseira…

Reply
Moisés 06/06/2019 - 23:17

Vocês só pegam no pé de motorista de caminhão e esses estudantes q usam drogas e esses filhinho de papai q pegam carro maioria tudo drogado …aí ninguém vê nada de errado …
Complicado vocês…..

Reply
IVAN DE SOUSA 06/06/2019 - 22:50

Até parece q só os ” os caminhoneiros ” que trabalham drogados em todas as profissões existe , mas ninguém fala até msm na profissão de reportagem tb tem então fala dos seus colegas e vai trabalhar de Caminhão primeiro pra depois falar dos outros mais de 80 % dos caminhoneiros só ainda estão fazendo oq fazem por ama o q faz e movimenta esse país nas costas e ninguém reconhece !!!!!

Reply
OSMIR PEREIRA ASSIS FILHO 06/06/2019 - 22:15

Isso mesmo deveria ter uma fiscalização nas clínicas que fazem os exames, pois lá esta a máfia do exame toxicológico, eles não pensão q o mesmo motorista q ele falsifica o exame poder causar acidente e ele mesmo pode ser a vítima.

Reply
Marcelo 06/06/2019 - 21:47

Maioria são ótimos profissionais não essa pesquisa que está falando

Reply
Carlos R Campos 06/06/2019 - 21:44

APENAS ALGUMAS RECLAMAÇÕES AOS ORGAOS QUE REGEM AS LEIS DE TRANSITO E TRABALHO NESTE PAIS.
Sou a favor sim do exame toxicológico.
1) Desde que sejam gratuitos e feitos até pelo SUS,
2) Obrigatoriedade para todas as categorias, pq nao sao somente os caminhoneiros q fazem uso desses entorpecentes, muitos mot de carros particulares tb usam, muitas vezes causando acidentes q recaem a culpa sobre o profissional do volante.
3) O governo tem que rever a cobrança para tirar a CNH, a exorbitância na cobrança vem fazendo com que desencorage cada dia mais a busca pela profissão, façam uma comparação dos países do Mercosul os valores cobrados e o tempo para fazer habilitação, o Brasil é sem dúvida o mais caro em comparação ao salário pago a um profissional. Até no Paraguai sai mais barato.
4) A indústria da exploração de multas deixa o transporte rodoviário de cargas cada dias mais caro, uma vez que o despreparo de profissionais mesmo fazendo tds os exames não respeitam sinalização ou mesmo os outros condutores nas vias. Transformando seus veículos em uma arma mortal.
5) A segurança nas estradas cada dia está menor, que o governo assim como fez com a PF chamando tds concursados para trabalhar, faça -o tb com a PRF, pois motoristas profissionais estão sendo mortos cumprindo seu dever em razão da insegurança hoje existente nas estradas pela falta de policiamento nas rodovias federais vem como estaduais, postos da PRF fechados em muitos lugares por falta de contingente, enqto os usuários correm o risco de arrastões como acontecem em muitos locais principalmente na região Nordeste do país.

TENHO CERTEZA QUE ISSO ACIMA É APENAS PARTE DE MUITOS PROBLEMAS QUE ENFRENTAM OS PROFISSIONAIS DO VOLANTE.
ESPERO TER APOIO DE OUTROS COLEGAS BEM COMO ATENCAO DOS ÓRGÃOS DESSE GOVERNO QUE TEVE TODO APOIO DA CLASSE.

Reply
Gideon novato 06/06/2019 - 21:22

O fato existe mais não é isso tudo não a maioria. São pessoas dignas e responsáveis. Vamos respeitar mais a nossa profissão. Ok

Reply
Neto 06/06/2019 - 22:42

Só por que e caminhoneiro se fosse jogador chamava de substância Química né. !! Esse país é fofa cheio de hipoctras

Reply
Kabrito 06/06/2019 - 21:02

O exame tem que contínua só tem que ser um preço mas barato

Reply
Evandro Sousa 07/06/2019 - 00:31

Se motorista de caminhão tiver que fazer exame toxicológico, como se diz a lei e pra todos então sou afavor dês de que todo motorista faça o exame

Reply
Rogério 06/06/2019 - 20:33

Se tem provas que estes usam drogas, é muito simples; prenda estes drogados e acabem com o tráfico de drogas na beira da estrada, que acontece a luz do dia e deixem aqueles que trabalham corretamente em paz, do resto, é conversa de quem não tem o que fazer

Reply
João Paulo Pereira 06/06/2019 - 20:27

O ministério público não quer acabar com o exame toxicológico,por que com certeza eles levam muito dinheiro e não é pouco não..

Reply
Agenor ferreira de Souza Filho 06/06/2019 - 20:21

Acredito que essa queda nos números de acidentes e por diminuir tempo que se dirigir pois os caminhoneiros agora são obrigados a parar

Reply
Adão Edílson Alves 06/06/2019 - 20:10

Tem muitos que compra o exames e contínua dirigindo drogados e muitos que não usa drogas tem que gastar sem ter dinheiro jogado fora

Reply
Rogério 06/06/2019 - 20:35

Corretamente você está! Igual lei seca, quem bebe não deixou de beber e drogas é a mesma coisa!

Reply
Amilton Brito Ferreira 06/06/2019 - 19:57

A lei toxicolotoxi e util mas não resolve o problema. Enquanto não houver políticas direcionadas para combater o contrabando, consumo e circulação livre de drogas&intorpecentes, as pessoas, não somente os caminhoneiros continuaram nas mãos dos grandes cartéis que movimentam toda essa roda!!!

Reply
Romero Rocha 06/06/2019 - 19:26

Porque não coloca algum tipo de teste pra fazer na hora que tiver dirigindo,o mesmo teste deveria ser feito
com os motoristas amador.esse teste e uma maneira pra nós tirar dinheiro.

Reply
Marcelo 06/06/2019 - 19:12

Interessante isso.sou motorista e não uso drogas.agora vc ou vcs que fizeram essa matéria.desafio vcs a fazer o exame comigo…

Reply
Fabio 06/06/2019 - 19:07

Acho que esse exame tinha que ser feito por todos os motoristas, se fosse só os profissionais que usassem drogas tava bom mais infelizmente não é…

Reply
itaal itaol 06/06/2019 - 19:04

Quando nos para de transporta as coisa pro povo eles para de gera essas coisa ai

Reply
Paulo José Ferrari 06/06/2019 - 18:50

Na minha opinião,deveria continuar o toxicológico e retirar o psicotécnico,pois ficar fazendo risquinhos e jogo dos sete erros em figurinhas não leva a nada.

Reply
keylla 07/06/2019 - 08:06

concordo. Acho o toxicológico essencial, mas o psicotécnico, nada haver.

Reply
Renato assunção 06/06/2019 - 18:44

Vão lá em Brasília falar pro presidente

Reply
Marcos Roberto Silva pecli 06/06/2019 - 18:40

Esse exame deveria ser pra todos tipos de condutor e ser gratuito ,e também deveria ser tipo a lei seca parou faz o exame ser acusar algum tipo de droga leva pra cadeia

Reply
otilio lorenzo 06/06/2019 - 18:16

Primeiro lugar Esse Ministério Público Tocantins É muito covarde e fazer uma firmação dessas 50% e por que eles vão fiscalizar e não atuaram onde está o poder de polícia deles e o poder de fazer e o dever de fazer cumprir a lei Onde está são um bando de idiotas fazendo uma firmação dessas publicamente gostaria de interpretar interpelar judicialmente o idiota que a fez é inadmissível realmente se falarmos em 20% até acredito que sim mas mesmo assim deveria então estado tomar sua Providência Executive lá o caso e prender e quem dirige sob efeito de álcool tem que ser preso e quem dirige sob efeito de drogas tem que ser preso duas vezes mais é uma covardia realmente e não são só os jovens não eu conheço algumas histórias de alguns motoristas com 50 anos ou mais que usam o tal do Rebite para aguentar trabalhar 20:12 se lamentavelmente Alguém tem que fazer comprir isso Cadê a PRF porque a pedra não coloca aí no seus postos médicos para fazer avaliação e inconteste acabou a própria empresa que dá emprego a um chofer assim o dono tem que ser preso e preso e punido pela quantidade de anos de prisão de cada funcionário dele que usa drogas Tenho dito meu nome está aí minha direção Se quiserem também não tem problema

Reply
Ayolan 06/06/2019 - 18:14

E fácil se o problema são os caminhões e os profissionais então proíbe caminhão trafega em solo brasilileiro!!!!
Cada coisa heim…

Ayolan (MOTORISTA Câmara fria)

Reply
Wellington correia 06/06/2019 - 18:10

Sou motorista de rodotren e eu acho que esse MPT MT teria que ter mais respeito com os que São realmente profissional e não porque tem realmente muito maloqueiro desfarsado de motorista. Mas por favor respeitem os verdadeiros profissionais do volante

Reply
Dorival 06/06/2019 - 18:01

Devia ser todos os motorista principalmente os jovem de classe média

Reply
Arlindo sette 06/06/2019 - 17:55

Um órgão desse que diz que a metade dos motoristas profissionais usam drogas eles não estão mentindo .agora se os fretes melhorasse pra dar alegria o motorista tenho certeza que a pressa de chegar no destino seria bem menor e não teria lugar de caminhões para pra descansar .eu acho que a culpa é suas órgão ….

Reply
João Carlos Ros Martinez 06/06/2019 - 19:07

Nunca e deles a culpa

Reply
Weslei 06/06/2019 - 17:54

Vcs deveriam passar a informação de forma correta, no cabeçalho colocaram que a metade dos caminhoneiros diregem drogados e no texto falam que é aqueles que diregem por mais de desseis horas, fico envergonhado com uma notícia dessa que incrimina metade de uma classe de trabalhador por mal intenção.

Reply
enir.de Souza coelho 06/06/2019 - 17:42

eu.acho que Elis que e arumã mais pro bouso.delis são tudo ladrao.enir de Souza carreteiros

Reply
João Carlos Ros Martinez 06/06/2019 - 19:21

Como pode fazer uma afirmação como essa .se 50% e usuário de drogas tá tudo preso então .tanta mentira porque e um dos Estados que mais se transportar com caminhões no brazil.antes de falar mau de uma ou outa pessoa te que ter provas todos os motoristas que foram ofendidos por essa matéria deveria processar o site e que escreveu essa matéria por danos morais , injúria , difamação eu como profissional que sou sócio de sindicatos que não serve pra nada só pra cobrar taxa anual sinto – me ofendido uma boa noite aos profissionais do transportes

Reply
Milton 06/06/2019 - 17:36

Esse camarada deve ter algum parente que faz esse exame toxicológico, porque não faz esse exame pra toda categoria, Jajá ele muda de ideia porque vai já pega os filhos dele os irmãos os filhinhos de papai.

Reply
Erlon Vinícius Vicentini 06/06/2019 - 17:33

Esse MPT não sabe o que fala!! E outra que manter a obrigatoriedade do exame pode manter!! Só que seja feito no SUS de graça!

Reply
Edinelson 06/06/2019 - 17:45

Esse exame só serve pra aumentar a corrupção, aí essas clínica vai dar um jeitinho de manipular os resultados, se o motorista for pego com efeito de drogas ou qualquer substância química tem que perde a carteira mesmos. Porque não deu valor em seu trabalho.

Reply
Marcelo 06/06/2019 - 17:26

Blog do inferno

Reply
Antônio Sérgio 06/06/2019 - 17:25

Boa tarde
Motorista indignado.
Como MPF. Podem alegar um absurdo desse.pois si realmente foi constatado esses números no ato da abordagem não tomaram uma solução exemplar.
Nosso país está caminhando para o desenvolvimento neste momento. E o exame toxicológico não diminuiu em nada o uso perante o próprio MPF. Então para que fazer? Acho que tem conchavos de laboratórios nesta divulgação.
Porém a não obrigatoriedade do exame não quer disser que está autorizado andar drogado e sim a desburocratização e meios de alguns arrumadinhos para conseguir a chn. E tem mais a classe profissional estava sendo descriminada pelo sistema. Desde que os motoristas amadores continuavam tendo direito a CNH sem o referido exame. Si realmente o sistema fosse no intuito decente todos teriam a obrigação de realizar o exame.entao acho corretíssimo o fim desta berracao e a fiscalização diária no trecho tanto rodoviário como urbano com uso do drogometro e veremos quem realmente são os consumidores de substâncias proibidas. E aplicar penas exemplares e não as converter em mais uma maneira de arrecadar. E sim eliminar o drogado do volante seja profissional ou amador.
Sérgio ferraz

Reply
Andre 06/06/2019 - 17:19

Esse e babaca eu trabalho com carreta a 25 anos nunca usei um arrebete ou droga eu ate acho bomr o exame toxicológico mais para todos os motoristas não so para os proficionais pq na verdade os veículos de passeio e responsável por muitos acidentes e tambem tem que ser de graça em posto saúde

Reply
arlindo nunes filho 06/06/2019 - 17:05

Mais uma matéria tendenciosa , apenas para criticar as medidas do presidente ,divulgar dados de 2015, comparando com 2017 , sem levar em conta a diminuição do tráfego, devido a crise , esse exame feito na renovação da carteira e absolutamente inoquo, basta ficar limpo 90 dias , e fazer o teste, isso é só pra enriquecer alguns donos de laboratórios que com certeza tiveram informações privilegiadas antes da livres proposta , pois tinham e ainda tem poucos laboratórios credenciados .
Uma pesquisa que eu nunca vi mas fiquei curioso agora , quantas carteiras não foram renovadas por tercdafo positivo no teste ????

Reply
Carlos Rodrigues 06/06/2019 - 17:00

Por que não coloca essa lei pra todos os condutores! Tipo de carros de passeios, tenho certeza que encontrará muito mais da metade de condutores usando drogas. Que todos façam os exames só isso!

Reply
Roque Machado 06/06/2019 - 16:52

Essa lei de descanso não funciona no Brasil porque temos estados igual MG que vc roda o dia inteiro e não consegue terminar e a velocidade e no máximo 90 km p hora e carregado a média e 55 km p hora então se o motora respeitar a lei não chega no cliente nunca.

Reply
Marcelo 06/06/2019 - 16:51

Então faz de graça o exame

Reply
Roque Machado 06/06/2019 - 16:49

Eu dou meu caminhão pra esse idiota imbecil se ele provar que uso qualquer tipo de drogas,de repente ele não tenha coragem de fazer vó exame toxicológico e não passar no teste .

Reply
Roque Machado 06/06/2019 - 16:47

Sou caminhoneiro a mais de trinta anos e nunca usei drogas nem cigarro e nunca fizeram uma entrevista comigo,então vcs PRIMEIRO deveriam fazer um trabalho sério ok.Se APARECER escrevendo qualquer coisa é fácil agora provar e mais difícil ,respeitem a classe ,primeiro provém depois fala ok.

Reply
Rogério Gomes da Silva 06/06/2019 - 16:42

UM COMENTÁRIO INFELIZ DESTE PROCURADOR. UM IDIOTA ÚTIL, NEM TODOS USAM DROGAS , UE ACHO QUE O PERSONAGEM DEVERIA SER PROCESSADO POR ESTE COMENTÁRIO DISCRIMINATÓRIO E CALUNIOSO. SOU CAMINHONEIRO E NÃO SOU DROGADO. USANDO DO CARGO DE PROCURADOR PÚBLICO PARA FALAR BESTEIRA !

Reply
gerson rosa de Camargo 06/06/2019 - 16:34

Nao tem fiscaliacao

Reply
Edmilson 06/06/2019 - 16:07

Eu sou motorista no meu ponto de vista todos os motoristas independente de qual categoria seja profissional ou não deveria fazer esse exame toxicológico, outra coisa já que é obrigatório não precisa ser tão caro ou é uma forma de arrecadação?

Reply
Bezerra 06/06/2019 - 16:03

Isso significa que o governo admite que a lei do descanso não vale de nada, que as empresas não respeitam seus empregados e a lei que era trabalhista foi vendida aos empresários a troco de votos!

Reply
marcelo cardoso 06/06/2019 - 15:34

Que pesquisa é essa ??? Motorista dirigindo mais de 16 horas ???? Onde ta a PRF q ñ fiscaliza ?? ô Procurador, vou te dar uma ajuda, monta uma força tarefa nessa rodovia e retira da estrada esse 50% de maus profissionais e sua estatística de acidentes com certeza vai a zero.
Definitivamente esse país ñ é sério.

Reply
Will 06/06/2019 - 15:32

Pq não se estende para todos os tipos de motorista !! Eles tbm usam DROGAS !!!

Reply
dirceu 06/06/2019 - 15:29

então tem que ser pra todo mundo .ou motorista de carro pode andar drogado

Reply
Jorge Augusto 06/06/2019 - 15:26

Que artigo de bosta esse em.

Reply
Carlos 06/06/2019 - 15:25

Isso e uma grande mentira …tenho certeza q bem mais da metade dirige drogado …o correto deve ser cerca de 98% dos motorista dirige drogado d desses 98% cerca de 90% são cornos conformados apenas 8% não se conformaram porém o fato de não se conformarem não desatribiu o título de corno q eles tem

Reply
marcelo cardoso 06/06/2019 - 15:38

e a sua mãe foi eleita a puta do ano !!!!

Reply
Willian 06/06/2019 - 15:47

Sua mãe e muito boa

Reply
Marcelo fontes 06/06/2019 - 16:30

Respeite o caminhoneiro ele pode ser sei pai!!

Reply
Cassio antonio 06/06/2019 - 17:21

Do jeito que conheço minha classe tenho certeza que você é motorista só eles que não se valorizam

Reply
Ronaldo Aguiar 06/06/2019 - 15:09

Este exame tem que acabar mesmo. O que tem que ser feito e usar equipamentos que verifiquem o uso de drogas em blitz tipo o uso do bafômetro. Este exame veio somente para estorquir o trabalhador.

Reply
Ariovaldo 06/06/2019 - 14:57

Sou caminhoneiro e acredito que se pode sim retirar o exame da renovação, pois a muitos laboratório vendendo o resultado aí, deveria sim ser feito na pista igual bafômetro, colhe material e manda pra análise, aí sim seria feito de maneira certa.

Reply
Douglassis Garcia de Oliveira 06/06/2019 - 15:05

Tem um monte de laboratório vendendo exame.
Essas leis são só para tomar nosso dinheiro, o negócio tinha que ser feito na rodagem e sem custo aí pegaria os farinheiros do volante. Kkkk

Reply
Samuel dsb 06/06/2019 - 14:56

Oh bando de desoldesocupados porque vcs do MPT-MS nao procura um geito de ocupar a mente de vcs com assuntos que seria mais relacionados como por exemplo ajudar nosso Presidente jair Bolsonaro melhorar o pais cada vez mais pra que possamos trabalhar em paz. Bando de corruptos os próprio filhos de vcs são os mais drogados. E quando faz uma merda vcs ordinários vai lá manda soltar o filho da puta e passa a mão na cabeça deles ainda. Vcs são os mais drogados do Brasil. Não os pobres dos caminhoneiros qua trabalha dia e noite carregando essa bosta de pais nas costas. E ainda somos os mais criticados. Vão arrumar um geito de trabalhar e deixa a gente em paz, bando de capeta. O inferno aguarda vcs e suas famílias. Ordinários..ou vcs acha que os motorista de alto móvel não usa drogas não? Pro inferno bando de filho da puta!!!

Reply
Sergio luis favarin 06/06/2019 - 14:56

Com certeza tem muita gente se beneficiando do dinheiro dos exames..Tenho mais de 20 de estrada, e nunca usei drogas pra trabalhar ..Porque os motoristas de carro não necessita fazer??

Reply
Valmir 06/06/2019 - 14:54

É um verdadeiro absurdo falar que a metade dos caminhoneiros usam drogas, é uma falta de respeito com a categoria, fico indignado com esses comentários, pois ajudar a classe com todas as dificuldades que enfrentamos, ninguém toma iniciativas, más pra falar besteira e criticar a classe é muito fácil.

Reply
Valci Dunde 06/06/2019 - 14:53

Este exame teria que ser para t odas as categorias

Reply
Enilton 06/06/2019 - 14:52

Eu não uso drogas para dirigir graça a Deus, trabalho como motorista , fica uma dica já pensaram em deixa os motoristas rodarem durante o dia em vez de a noite, motorista roda noite toda porque é mau remunerados

Reply
Keli 06/06/2019 - 14:52

É uma pena que só caminhoneiros cometam acidentes. Os motoristas categoria B e motocicletas não causam acidentes, nem matam pessoas inocentes e muito menos usam drogas. O certo não era tirar o toxicologico, era exigir para toda categoria. Daí gostaria de saber de uma pesquisa com relação aos resultados. Não defendo quem usa droga e dirige, apenas não concordo de tudo que acontece são os caminhoneiros os culpados. Como TODA profissão tem suas exeções.

Reply
Cláudio 06/06/2019 - 14:30

Sou carreteiro e removeu minha cnh doando os pelos da buceta da mulher dele ao invés dos meus no exame tocxocologico.

Reply
Vicente de Paula Filho 06/06/2019 - 14:22

A mudança da lei é um RETROCESSO!

Reply
Sergio 06/06/2019 - 14:22

Esses idiotas nao sabem o falam a respeito dos caminhoneiro fui caminhoneiro durante 25 anos e não é bem assim. acho sim q deveria permanecer o Exame Toxicológico, porém deveria ser um valor menor no caso 60,00 reais e deveria valer pra qualquer tipo de categoria A B C D , prq o q mais qem mais Maconheiro e Cheirador de Cocaína dirigindo carro particular ok.

Reply
Gildasio Neres de Souza 06/06/2019 - 14:56

Concordo plenamente com vc companheiro. Pau que dá em Chico dá em Francisco. Toxicológico pra todos os motoristas A B C D E .mas aí eles não vão querer né kkkkk

Reply
Marinho 06/06/2019 - 14:12

Sou motorista na minha opinião nao deve deixar de existir o toxicológicos e sim migrar para todas as categorias A.B.C.E

Reply
Cláudio 06/06/2019 - 14:10

Sou caminhoneiro e renovei minha cnh doando os pelos da buceta da mãe dele p o exame tocxocologico ao invés dos meus e por isso todos nós conseguimos renovar nossas cnh.

Reply
WILLEN 06/06/2019 - 14:10

Penso que deve ser extinto a obrigação do condutor de fazer o toxicológico, concordo com o presidente, pelo FATO que : quem usa drogas, deixa de usar 120 dias antes de renovar a CNH e depois volta a usar por mais 4 anos… só serve pra extorquir quem não usa…
Penso que :
Deva ser desenvolvido alguma tecnologia que numa blitz pegue o motorista de qualquer categoria, e faça o teste anti drogas, caso o motorista se recuse, 5 anos sem a CNH no ato da recusa.Caso pegar no flagrante, ter o direito de dirigir cassado por 5 anos. Aí sim a coisa da certo.
OBS: Sou motorista profissional.

Reply
Laureano alves de souza 06/06/2019 - 14:00

Metade dos caminhoneiros também come a mãe dos pessoal do ministério público do trabalho eles são do mato grosso duvido qui eles fizeram essas pesquisa no Brasil inteiro estes procuradores teim que ir da o cu com o relógio desligado isso sim

Reply
Guilherme Vieira Furtado leite 06/06/2019 - 13:33

Tem que pedir exames para todos motoristas, categoria A.B.C.D.E, o estado cobra isso porque gera lucros ao estado e atrapalha o setor que infelizmente tem essas dependências mais nao vê que veículos menores atrapalham a rodagem, o que diminuiu foi a quantidade de veículos rodando nas rodovias, muitos motoristas perderam CNH por causa de empresas e chefes que quererm extorquir os profissionais.

Reply
BIRATAN costa dos santos 06/06/2019 - 13:32

E simples e só o procurador Paulo suspender a carteira de habilitação desses que ele fez o exame ele deve ter feito alguma coisa pra saber que quase a metade usa algum tipo de droga

Reply
Guilherme Vieira Furtado leite 06/06/2019 - 13:28

Sei como é. Sou caminhoneiro e motorista de ônibus de turismo, e os motoristas de ônibus? Não dirigem drogados né?! Cadê os veículos de pequeno porte?! Não usam drogas os condutores?! Pq que eu saiba a maior carga horária é de transporte de passageiros, chegando a ser de mais de 24 horas de início a fim de viagem, entre dois motoristas sem parar. Não dá para cumprir os horários como pede a lei. Revejam as leis!!!

Reply
Alexandre 06/06/2019 - 13:12

Então o ministério público do Estado do mato grosso do sul está chamando todos os motoristas de drogados vou pedir explicação em público

Reply
Helio 06/06/2019 - 13:00

Boa tarde aí entra a fiscalização da polícia rodoviária Federal e estadual que e vez de fiscalizar os condutoras estão atrás de drogas e rarm3nte se vê um policial com radares nas estradas ou fiscalizando jornadas de trabalho onde está o ministério público pra ver isto na vdd estão correndo atrás de drogas e as rodovias abandonadas

Reply
Helio 06/06/2019 - 12:26

Sou motorista profissional não acho que deva acabar o exame não mais acho que ele teria que ser gratuito e não só pro motorista profissional mais sim para todos afinal carro pequeno também provoca acidente e roda todos juntos.minha opinião.

Reply
Arnaldo 06/06/2019 - 14:29

Tem motoristas que só andam nos seus carros nos finais de semana e são péssimos motoristas,fazendo milhões de cagadas pelas ruas,provocando acidentes e ainda em muitas das vezes saem ilesos parecendo drogados. Outra coisa,podem fazer o exame que quiserem desde que seja à custo dos órgãos públicos,aí vcs não querem?

Reply
Marcos 06/06/2019 - 11:55

Porque só os profissionais ? Os motorista domingueiro e de carro pequeno tem a mesma responsabilidade ? Sem conta que provocam acidentes envolvendo caminhões ! A culpa vai para o profissional ! Não estou questionado em não ter mas sim ter para todos que está atrás de um volante ! Responsabilidade de todos !!!

Reply
Moisés Machado Alves 06/06/2019 - 11:50

Há um erro nesta lei, não abrange todas as categorias.

Reply
Valmor Anacleto 06/06/2019 - 11:39

Se não quer cortar o anti dope .
Coloca o mesmo valer para todos os condutores de veículos rodoviários

Reply
Francisco Silva 06/06/2019 - 11:35

NA MINHA OPINIAO COMO MOTORISTA PROFISSIONAL, ACHO QUE O EXAME TOXICOLÓGICO NAO DEVE DEIXAR DE EXISTIR NUNCA, E DAÍ EU PERGUNTO TEM NECESSIDADE DESSES MOTORISTAS TRABALHAREM SOB O EFEITO DE DROGAS?

Reply
Odair 06/06/2019 - 13:47

No meu entender dês de quando você aderiu uma CNH tem que ter responsabilidade;de todos

Reply
Mauro 06/06/2019 - 16:20

Cadê os que se dizem ser representante dos caminhoneiros e defender a classe, se o MP ficar perto de uma boca de fumo eles vão ver que 99 por cento que compra vão de carro e moto..

Reply
Claudinei perazzoli 06/06/2019 - 21:10

Concordo com o exame tem que existir sim tenho 32anos de estrada não há necessidade de trabalhar de dia e a noite trabalhe dez horas e descanse pois qualquer funcionário trabalha oito horas porque temos que trabalhar o dobro era só faser os salários e diárias funcionar acabar com comissão de produção paguem salário mais férias décimo como gialqier funcionário trabalha segunda há sexta já não basta que trabalhamos sábado domingo e feriado esame tinha que ser igual bafômetro pra todos que dirigem carro motos caminhões todos já existe aparelhos pra ver se e usuário de drogas pela saliva não precisava faser o esame e sim que tivesse nas polícias PRF militar os aparelhos ok

Reply

Escreva um comentário