Projeto de Bolsonaro acaba com exame toxicológico para caminhoneiros




Conforme anunciado pelo Presidente Jair Bolsonaro no último dia 02 de junho, o projeto de lei que altera o Código de Trânsito Brasileiro, aumentando a pontuação e a validade da Carteira Nacional de Habilitação foi apresentado ontem na Câmara dos Deputados.

O Presidente Jair Bolsonaro compareceu à Câmara dos Deputados acompanhado do Ministro Chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e do Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. O projeto foi entregue em mãos para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

O projeto de lei atende à reivindicações antigas dos caminhoneiros, como o aumento da validade da Carteira Nacional de Habilitação, que passa dos atuais 5 anos para 10 anos para quase todos os motoristas brasileiros. Para motoristas com mais de 65 anos, a validade passa de 2,5 anos para 5 anos.

Após a aprovação do projeto de lei, toda CNH terá a validade aumentada automaticamente, mesmo as que foram expedidas em anos anteriores.

O projeto de lei também altera o limite de pontos da CNH, que passa dos atuais 20 para 40 pontos.

Mas um dos pontos mais comemorados pelos caminhoneiros foi a inclusão no texto da retirada da obrigatoriedade do exame toxicológico, que se tornou bastante custoso para os motoristas profissionais, e infelizmente não teve o retorno necessário em segurança nas estradas.

Isso aconteceu porque os motoristas que não usam drogas se submetem aos testes normalmente, com resultado negativo, pagando até R$ 500 pelo exame. Já os motoristas que usam drogas de qualquer tipo fraudam os exames, com os chamados “toxicológicos facilitados”, conforme matéria divulgada pelo programa Fantástico, da Rede Globo, em 21 de abril.

De acordo com o Presidente da República, as medidas visam reduzir a burocracia e os custos para os motoristas brasileiros.

Outras mudanças apresentadas pelo projeto prevem o fim da multa para os veículos que estejam sem os faróis acesos em rodovias federais. Caso o motorista seja flagrado pela polícia sem usar os faróis, levará apenas os pontos na CNH, sem a cobrança da multa. Essa alteração não acaba com a exigência dos faróis acesos durante o dia.

Outro ponto que deve ser alterado trata do uso das cadeirinhas para transporte de crianças, que deixará de ser uma resolução do Contran e passará a ser lei.

Para os motociclistas, a multa por não usar capacete, ou por estar sem viseira ou óculos de proteção, ou ainda com esses itens em desacordo, passa a ser multa média, e não mais gravíssima.

O projeto de lei será analisado pela Câmara dos Deputados e ainda passará pelo Senado, antes de passar a vigorar.

Blog do Caminhoneiro




25 comentários em “Projeto de Bolsonaro acaba com exame toxicológico para caminhoneiros

  • 27/06/2019 em 20:35
    Permalink

    Boa noite, sou caminhoneiro e totalmente a favor do exame toxicológico principalmente se tivesse no dia a dia, parou o caminhão faz o exame semelhante ao bafômetro, que com certeza mts e mts acidentes seriam evitados, não concordo com essa decisão do Bolsonaro, mais ele deve ter alguma coisa melhor em mente, tomara pq tá mt complicado essas estradas com pessoas inresponsaveis…

  • 08/06/2019 em 18:09
    Permalink

    Meu Deus! Votei no Bolsonaro, fiz mta campanha pra ele, mas nunca imaginei que ele pudesse imaginar fazer isso! Tinha que aumentar esses exames, diminuir a pontuação da CNH pra 15 quando houver inflação, ter mto mais fiscalização nas estradas, principalmente nas carretas e caminhões! Pq a maioria dos motoristas usam drogas, dirigem sem dormir o tempo necessário, São irresponsáveis, não estão preocupados nem com a própria vida imagina das outras! O Presidente tá fora de si só pode! Deus nos livre de tanta irresponsabilidade e incompetência! Falta de respeito com a vida das pessoas, das famílias que viajam!

    • 08/06/2019 em 18:23
      Permalink

      Parabéns ao presidente , pq quem ter que ser mais policiado são as empresas , que muitas vezes dão pouco prazo pra que o caminhoneiro chegue ao seu destino, fazendo com que os mesmos virem a noite dirigindo pra que suas entregas sejam feitas no prazo.
      Agora esse rebanho de fdp só vê a culpa nos motoristas .
      E drogado tem em qualquer lugar, colocando vidas em risco de qualquer outro jeito .
      Parabéns presidente …
      O povo brasileiro só estar acostumado a resolver seus problemas quando tem obrigatoriedade e multas. (Cultura ridícula)

      • 01/07/2019 em 14:56
        Permalink

        Parabéns pelo comentário amigo, pessoas como Rosana Oliveira (acima) com um discurso moralista e preconceituoso.

    • 09/06/2019 em 12:13
      Permalink

      Voce não passa de um ptista intiltrado

  • 06/06/2019 em 10:44
    Permalink

    Bom dia ,Hoje o motorista que for renovar sua habilitação gategoria AD tera que fazer exame toxicológicos. e qual custo ficaria sem os exames agora.

  • 06/06/2019 em 09:02
    Permalink

    Concordo com presidente bousonario com anovas lei de trânsito

  • 06/06/2019 em 08:56
    Permalink

    Não sou motorista profissional (que exerce atividade remunerada) mas com mais de 40 anos de carta possuía a categoria A/D. Na última renovação fui informado que para manter essa categoria (mesmo sem exercer atividade remunerada) teria que fazer o exame toxicológico. Caso não fizesse minha categoria seria rebaixada para A/B. Muito revoltado acabei concordando pois o exame ficava além do que poderia gastar para a renovação.
    E agora? Considero uma atitude que rebaixa a auto estima e a experiência adquirida ao longo dos anos pelas estradas brasileiras. Posso solicitar a volta de minha categoria antiga a minha habilitação?

  • 05/06/2019 em 20:41
    Permalink

    Perfeito virou máfia em todo lugar tem pessoas vendendo exames toxicológico só tá servindo pra tirar dinheiro do caminhoneiro e sobre as pontuações deveria ser 100 pontos pelo tanto de radar que nas cidades em todo Brasil

  • 05/06/2019 em 20:14
    Permalink

    Para tirar algumas dúvidas sobre valores eu paguei 180,00 reais , más tem clínicas que burlam o exame e cobram até mais que o dobro.

  • 05/06/2019 em 20:10
    Permalink

    Tem que que acabar mesmo, virou máfia, difícil a cidade que não tem uma clinica que venda exames, colhem o pelo de quem não usa drogas e colocam no lugar daqueles que usam, a única forma de fiscalizar é o drogometro nos postos da PRF.

  • 05/06/2019 em 17:56
    Permalink

    Muito bom pra mim já tá ótimo espero que seja logo o mais rápido possível pois estamos precisando.

  • 05/06/2019 em 17:02
    Permalink

    Eu aprovo esa ideia

  • 05/06/2019 em 15:34
    Permalink

    Vamos aplausos pelas conquistas tá tirando todos de trouxas motorista e o povo brasileiro

  • 05/06/2019 em 12:43
    Permalink

    Estou muito satisfeito com essa decisão do nosso presidente aí eu do valor

    • 05/06/2019 em 15:38
      Permalink

      Da valor se liga otario

  • 05/06/2019 em 11:40
    Permalink

    Estou perdendo o otimismo em relação o sr presidente Bolsonaro, ao invés de se preocupar com a economia e crescimento do país, criação de trabalho e tantas outras coisas que serão importantes para a população, ele está mexendo em coisas que não são relevantes.
    Sou motorista rodoviário profissional e acabei de fazer o toxicológico para renovar a CNH, paguei 150.00 reais, valor muito diferente dos 500,00 reais citado na matéria.
    E outra, se sabem que burlam a lei porque não punir os laboratórios que fazem essa prática?
    Sou extremamente a favor de tirar de circulação esses motoristas que usam arrebites e que se drogam para rodar, pois eles causam acidentes e matam pessoas inocente. Sou motorista profissional e devo responder pela minha conduta em relação ao trânsito seguro.
    Fiscalização é o que falta nesse país.

    • 05/06/2019 em 12:34
      Permalink

      Seria bom vc cuidar da sua vida e da sua família, e deixar de lado as diferenças entre companheiro que está na estrada como vc.
      Vc pode ser profissional a tantos anos mas não aprendeu ainda oq é ética! ou no popular vida (vida dos outros). Cuide do seu volante..
      Chofezinho….

      • 05/06/2019 em 13:23
        Permalink

        Aí do valor tubarão… O chofezinho começou de pouco, motorista de curral…
        Os mela cuéca sempre vai ter… Não dá atenção não…

    • 05/06/2019 em 15:24
      Permalink

      Se é para fazer exames toxicológico que seja feita em todas as categorias, aí sim sou a favor, fora isso sou contra a permanência dessa lei, uma lei que para mim é só para arrecadar mais dinheiro do motorista ditos profissionais.

      • 05/06/2019 em 16:50
        Permalink

        Aí sim ou é para todos ou pra ninguém

    • 05/06/2019 em 16:49
      Permalink

      Me fala aonde que é 150$cada uma, agora a respeito de drogas o plobema só é motorista né, enquanto filhinhos de papai usam e abusam mas claro o plobema é sempre motorista

    • 05/06/2019 em 17:43
      Permalink

      Acho que o Sr. deve procurar se informar melhor. Empregos estão sendo criados sim,veja os números apresentados no mês passado pela imprensa. E outra coisa, não se tira um País do buraco, enfiado pelos outros governantes nesses dezesseis anos,em apenas 180 dias. E se teve paciência para aguentar a roubalheira,tenha paciência para esperar a recuperação.

      • 05/06/2019 em 18:46
        Permalink

        E isso q eu não entendo, colocaram um bêbado analfabeto sindicalista corrupto por 8 anos pra ocupar a posição mais importante da política de um país, não satisfeitos uma acéfala debilitada mental por mais 8, agora q chegou a hora de pagar a conta dessa brincadeira, a culpa e do Bolsonaro kkkk

    • 05/06/2019 em 18:42
      Permalink

      Sou a favor da não obrigatoriedade do toxicológico, é um exame abusivo intrusivo e constrangedor, não somos animais para que retirem pelos do nosso corpo da forma como é feito hoje. mas sou a favor de punições severas a quem dirigir sob influência, pelo bem dos meus próprios colegas caminhoneiros, sou cegonheiro qnd quero rodar mais e sem dormir tomo coca, café etc.. E digo q uma garrafa de Coca cola grande dá uma autonomia de uns 600km kkkk… Já meus amigos q estão no rebite ou prego como eles chamam estão lesando a própria saúde e parece q não percebem. Outro dia mesmo um colega tombou a cegonha depois de beber vinho e dirigir, agora está desempregado, poderia estar morto ou preso ou ter matado um inocente. Tem q pegar pesado com esse assunto, no demais estou muito feliz e otimista pela primeira vez em 34 anos estou orgulhoso de ser brasileiro, Bolsonaro será o melhor presidente que nosso país já teve, orgulho de ter votado nele.

Fechado para comentários.