Novas placas Mercosul clonadas são vendidas até na internet

por Blog do Caminhoneiro

As novas placas Mercosul, anunciadas em 2014 para unificação dos sistemas de identificação dos veículos dos países membros do bloco econômico, já estão sendo vendidas até na internet. Mesmo com mais de cinco anos após serem anunciadas, as placas não estão sendo usadas em todos os estados do Brasil.

De acordo com o projeto inicial, as novas placas não seriam mais caras que as placas normais, e trariam mais segurança para os donos dos veículos, com menos possibilidade de fraudes e maior rastreabilidade.

As placas Mercosul no Brasil sofreram quatro alterações depois que começaram a ser usadas em veículos, perdendo o brasão do estado e cidade, lacre, e efeito de brilho das letras. Com isso, a fiscalização fica mais difícil.

O Portal UOL publicou uma matéria sobre o assunto, destacando que as novas placas são vendidas na internet e até em semáforos. As polícias também tem aumentando o número de apreensões de veículos com placas Mercosul falsas.

De acordo com as empresas que fabricam as placas, as fraudes acontecem porque falta controle dos Detrans sobre o processo de fabricação das placas.

Os Detrans dizem que falta uma base de dados integrada para consulta das placas, que deveria ter sido criada pelo Denatran, é o que facilita as fraudes.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

4 comentários

Francisco Araujo 28/11/2019 - 10:25

Agora ficou mais fácil dos criminosos clonar… sem a devido controle por parte do governo.

Reply
Luana Cross 28/11/2019 - 07:22

Se com a outra placa já clanava imagina essa o país andando pra trás tem placas dessas nova que nem cor tem de tanta má qualidade

Reply
Marcos jose 27/11/2019 - 19:35

Papo furado ate o momento o detran controlava e tem muitos carros clonado tem placa falsa andando pela cidade conforme varias reportagem agora vem falar que a pratica e nova kkkkkk reporte burro e vagabundo eu teria vergonha de assinar uma reportagem desta

Reply
Naldorai 27/11/2019 - 12:39

Isso não passa de uma tentativa de fazer com que as pessoas deixem de sentir orgulho do país onde nasceram. Deixem de ser patriotas. Movimento mundial do tal globalistas.fazendo com que as pessoas percam o senso de identidade. Esse tipo de política… Retirada do Brasão do passapote, ninguém ensina hino Nacional…

Reply

Escreva um comentário