Tabela de fretes publicada pela ANTT em julho volta a valer

A ANTT publicou no Diário Oficial de ontem, 13 de de novembro, a Resolução 5.858, que restabelece a vigência da Resolução nº 5.849, de 16 de julho de 2019, que alterou a forma de cálculo dos valores da Política Nacional de Pisos Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas – PNPM-TRC.

A nova resolução obriga os embarcadores a pagarem os valores conforme disposto na tabela, de acordo com uma mudança no segundo parágrafo, que alterou o texto de “poderão ser negociados“, para “deverão ser negociados“. Esse parágrafo trata de despesas extras do transporte e do caminhoneiro, como alimentação e pernoite, além de tributos, taxas e outros itens. A nova resolução também exige o pagamento dos valores de pedágio.

A tabela publicada em julho foi suspensa porque os caminhoneiros disseram que o estudo desenvolvido pela Esalq-Log não remunerava boa parte dos custos do frete. A ANTT pretende atualizar os valores da tabela de fretes no início de 2020.

A tabela publicada na Resolução nº 5.849 conta com 11 tipos de cargas:

  • I – Carga geral: a carga embarcada e transportada com acondicionamento, com marca de identificação e com contagem de unidades;
  • II – Carga geral perigosa: carga geral que contenha produto classificado como perigoso para fins de transporte ou represente risco para a saúde de pessoas, para a segurança pública ou para o meio ambiente;
  • III – Carga líquida a granel: a carga líquida embarcada e transportada sem acondicionamento, sem marca de identificação e sem contagem de unidades;
  • IV – Carga líquida perigosa a granel: a carga líquida a granel que seja classificada como perigosa para fins de transporte ou represente risco para a saúde de pessoas, para a segurança pública ou para o meio ambiente.
  • V- Carga sólida a granel: a carga sólida embarcada e transportada sem acondicionamento, sem marca de identificação e sem contagem de unidades;
  • VI – Carga sólida perigosa a granel: a carga sólida a granel que seja classificada como perigosa para fins de transporte ou represente risco para a saúde de pessoas, para a segurança pública ou para o meio ambiente;
  • VII – Carga frigorificada: a carga que necessita ser refrigerada ou congelada para conservar as qualidades essenciais do produto transportado;
  • VIII – Carga frigorificada perigosa: a carga frigorificada que seja classificada como perigosa para fins de transporte ou represente risco para a saúde de pessoas, para a segurança pública ou para o meio ambiente;
  • IX – Carga neogranel: a carga formada por conglomerados homogêneos de mercadorias, de carga geral, sem acondicionamento específico cujo volume ou quantidade possibilite o transporte em lotes, em um único embarque;
  • X – Carga conteinerizada: a carga embarcada e transportada no interior de contêineres;
  • XI – Carga conteinerizada perigosa: a carga conteinerizada que seja classificada como perigosa para fins de transporte ou represente risco para a saúde de pessoas, para a segurança pública ou para o meio ambiente.

Os valores publicados na Resolução nº 5.849 de julho levam em consideração os custos do transporte, mas ignoravam os custos de pedágio, lucro do transportador, e outros valores, como alimentação, despesas logísticas e etc., que deveriam ser negociados em separado com o embarcador.

A nova metodologia apresentada pela Esalq-Log também leva em consideração cargas fracionadas, que deverão ser calculadas de acordo com a carga de maior valor a ser transportada.

O cálculo é feito com base na multiplicação da distância pelo coeficiente de deslocamento, somado com o coeficiente de carga e descarga. A tabela é dividida em duas, para carga lotação (tabela 1) e para contratação apenas do veículo (tabela 2).

A resolução não permite o pagamento de fretes com valores abaixo dos obtidos pelo cálculo da tabela, com multa de R$ 550 a R$ 10.500 mais duas vezes a diferença do valor pago. Quem divulgar fretes abaixo dos valores corretos, como aplicativos de fretes, serão multados em até R$ 4.975. Quem tentar obstruir ou impedir a fiscalização da ANTT será multado em até R$ 5.000.

Os valores da tabela serão reajustados sempre que o valor do diesel subir ou descer mais de 10% em menos de 30 dias.

Para calcular o valor correto do frete, o caminhoneiro deve encontrar o tipo de carga, saber a quilometragem da viagem e verificar na tabela o custo de deslocamento e de carga e descarga.

A conta fica (Distância em KM x Custo de deslocamento) + custo de carga e descarga.

Tabela 1 – TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGA LOTAÇÃO

Tabela 2 – OPERAÇÕES EM QUE HAJA A CONTRATAÇÃO APENAS DO VEÍCULO AUTOMOTOR DE CARGAS


QUER RECEBER NOSSOS CONTEÚDOS NO SEU WHATSAPP?
MANDE UMA MENSAGEM COM SEU NOME CLICANDO NO NÚMERO

042-98800-6519





RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS NO E-MAIL

Seu e-mail (obrigatório)


40 comentários em “Tabela de fretes publicada pela ANTT em julho volta a valer

  • 20/11/2019 em 23:01
    Permalink

    O governo tem q se em volver e meter multa nestes safafos q insistem em nos roubar. Nos assassinar

    Resposta
  • 16/11/2019 em 12:39
    Permalink

    E aí vcs sabem que existe uma tabela mínima, que ela é tecnicamente o CUSTO, e vcs aceitam carregar por um valor a menor, ou seja, menos que o custo, e ainda querem sobreviver? E a culpa é do governo? Não carreguem caramba!!! É só assim que teremos futuro para o transporte.

    Resposta
  • 16/11/2019 em 11:55
    Permalink

    Eu acho engraçado nossa classe kkkk, quando é motorista empregado(carreteiro), ganha 10 por cento de comissão e trabalha igual um condenado mas vive bem… Daí quando compra um caminhão aí invés de continuar ganhando o mesmo 10 por cento, ou até mesmo se pagar 20 por ser dono, não!!! Vai lá e bota olho no próprio dinheiro kkkkk compra carro novo faz o diabo!! E o coitado do caminhão caindo os pedaço daí vem dizer que o frete é ruim haaaaaas vão lava as teta com kusuco cambada… Eu tô aprendendo depois de queeeebraaar a cara !!!! A solução do problema está na tal da MATEMÁTICA!!! O dia que o autonomo aprender isso irá prosperar!!! Um abração a todos

    Resposta
    • 16/11/2019 em 14:31
      Permalink

      A solução tá em nossas mãos, fácil, fácil como tomar doce de menino,basta querer.Veja pegue seu caminhão no dia tal e não funcione ele durante 30 dias.ta pagando prestação?Atrasa uma depois vai no banco e negocia a parcela em atraso.Simples assim!Ou então vire gado pras transportadoras e o governo.

      Resposta
      • 16/11/2019 em 15:33
        Permalink

        Nossa temos que respeitar a opinião de cada um mais está difícil ler algumas idiotices , um recado aos profissionais autonomos que mais uma vez foram enganados por este governo de merda e sindicatos que fizeram tudo por baixo dos panos ninguém nem sabia que estava para sair essa droga de tabela que saiu mais provavelmente foram bem recompensados , uma tabela que estipula o mínimo 3reais por km e que o lucro se negocia , as maiorias das transportadoras até hoje nunca pagaram a antiga nem mesmo a metade todos estavam esperando que a ANTT fizesse um dispositivo para que fosse cumprida porém nunca fiscalizou ,o lucro quando vc for negociar a transportadora pode simplesmente dizer te dou 200reais se não quiser tem outro ,. Temos sim é que parar fazer uma greve geral para reinvidicar nossos direitos e frete que seja digno e obrigatório

  • 16/11/2019 em 11:42
    Permalink

    Tem uns burros que já estão reclamando da tabela, mas vale lembrar que pode até ser baixo o valor, mas será de ida e volta… Não adianta ir para um determinado lugar com um frete bom, e voltar pelo óleo e um chute na bunda!!! Tomara que vigore.

    Resposta
  • 16/11/2019 em 08:56
    Permalink

    Boa notícia pra categoria agora a ANTT tem que fiscalizar pra ser cumprida a tavela

    Resposta
  • 16/11/2019 em 08:06
    Permalink

    Quero ver pra crer. A mafia das empresas

    Resposta
  • 16/11/2019 em 00:48
    Permalink

    Ate o frete do cimento que e o pior do Brasil e melhor que essa tabela

    Resposta
  • 15/11/2019 em 21:44
    Permalink

    Não sei se esses infelizes entenderam o porque da tabela é exatamente porque não há lucro algum faz pouco tempo que estou no transporte mais nesse pouco tempo não consegui negociar um único frete sequer a tabela seria uma solução pra dar nos uma margem de lucro da forma que ela ficou já estamos trabalhando faz tempo ou são burros ou são incompetentes ou estão levando dinheiro pra forçar ficar como está carregando cargas a troco de óleo e pedágio

    Resposta
  • 15/11/2019 em 21:24
    Permalink

    Olha rapaziada se nós soubesse usar nós forças ganharíamos todas a nós questões citados mais a desunião é uma vergonha nós temos que parar esse país de novo isso sim

    Resposta
  • 15/11/2019 em 11:41
    Permalink

    Kkkkk. Eu nunca vi tabelar preços. Imaginem se todo o comércio e industria tabelassem os preços. Aqui estamos perdendo dinheiro, seguindo a tabela estamos recebendo menos do que antes.

    Resposta
    • 15/11/2019 em 19:04
      Permalink

      Pra melhorar tem que mudar muita coisa, o governo não fala em parar de cobrar INSS do valor do frete, setsenat que não ajuda motorista em nada, não fala de parar de cobrar ICMS sobre o frete, e outras coisas mais, não fala em abaixar o ICMS do óleo diesel, icms dos pneus, peças e serviços, são várias cobranças da parte do governo que altera muito o gasto do frete, pois não sobra nada, sem falar nessa renovação da ANTT que é um roubo, o governo não tem vergonha, pois no início essa ANTT foi criada sem intenção de ônus, pois hoje é um absurdo.

      Resposta
  • 15/11/2019 em 11:25
    Permalink

    éssa tabela eu acho que tem que ser por km rodado um litro de oleo a cada dois 2 km calcular quantos mis eixos gasta mais e mais tudo o que preciza ser acrecentado em cima pois caminhão não pode rodar só atroco de oleo diesel tem a depreciação o gasto diario dos peneus o trabalho de quem trabalha com o caminhão os freios que gastão muinto com ece tranzito cheio ten que freiar todo momento tem pedagio tem carga edescarga tem gorgeta aos que carregam e descarregam tem IPVA tem seguro ninguem mais ta conseguindo pagar um seguro pois não sóbra mais nada o caminhão vai se acabando o motorista trabalha 17 / 18 / 20 horas por dia não consegue pagar as contas mais cada ves mais apurado depois que vai pro SERAZA não pega nem emprego mais éssas emprezas que tão enchedo o brasil de caminhoes é com o dinheiro a juro zero do BNDS uzam 2 anos e devolven e vão quebrar o BNDS e o povo vai pagar a conta é o que eu penço la em brasilia só tem tecnico que não sabe o que é um caminhão só serve para da palpite

    Resposta
  • 15/11/2019 em 10:20
    Permalink

    ola pessoal, estou totalmente desanimado:pois fomos enganados novamente, olha so essa semana cheguei do Maranhao, pagando todo tipo de preço no oleo diesel. 3,80 3,86 no estado de Goiais 4,00, e o frete como sempre uma porcaria. agora vem essa tabela de morta fome! isso e uma vergonha! estamos esperando o que pra travar tudo, e da um basta no BOSSONARO que nos enganou ate agora. VAMOS PARAR essa converssa que temos representante, e balela, quem nos representa e a ENTERNET e ponto! vamos pra guerra!!!

    Resposta
  • 15/11/2019 em 10:18
    Permalink

    Pessoal nos caminhoneiros unido somos forte…..espero um dia que isso mude pois a cada dia está pior nossa profisao sem nos o Brasil vai para

    Resposta
  • 15/11/2019 em 08:32
    Permalink

    Vou guardar meu caminhão e vou trabalhar no uber. Da p comer e beber tranquilo!
    Se eu fosse vcs fazia o mesmo, e deixa faltar td. O Brasil vai parar sem caminhão. Aí sim vamos ser reconhecidos.

    Resposta
  • 15/11/2019 em 06:57
    Permalink

    Só uma deixa, aceita essa porcaria de tabela até o STF da o aceite , aí sim fazemos uma greve de proporção, pior que a que foi feita ano passado, temos que ser estrategistas, exigindo algo que realmente seja aplicado e respeitado.
    A categoria tem que se organizar
    Esquecer esses especuladores que tentam usar a categoria contra o governo.
    Juntos somos mais fortes.

    Resposta
    • 15/11/2019 em 08:16
      Permalink

      Só tem roubo até agora ñ vi ninguém pagando valor de tabela essa Antt ñ faz nada pra classe dos caminhoneiros só inventa me poupe to cheia ja com tanto mimi tem fazer greve mesmo óleo diesel quase 5.00 e frete baixando so deus pra ter dó

      Resposta
      • 15/11/2019 em 09:11
        Permalink

        Peço encarecidamente que o ministro do transporte e o ministro da saude abra os olhos porque o mesmo compartimento que carrega veneno e químicos estão transportando carga alimentício;isso não pode acontecer.

  • 15/11/2019 em 06:22
    Permalink

    O que é isso tabela de frete nunca carreguei frete por essa tabela ninguém paga . Pois não tem fiscalização,já estamos fazendo fretes quê sobra 25% só. Caminhão vai acabar ate 2021 não vai mais existir autônomo

    Resposta
  • 15/11/2019 em 05:48
    Permalink

    Estratégia, novamente, fim da safra falta de serviço, ele lança a tabela novamente , uma tabela abaixo do que estão pagando e nos não estamos conseguindo sobreviver com o valor atual acima dessa tabela, isso tbm é CANALHICE.

    Resposta
  • 15/11/2019 em 00:32
    Permalink

    Não vai ter jeito temos que parar agora

    Resposta
  • 14/11/2019 em 23:56
    Permalink

    Eu lamento q a fiscalisaçao nao puni as empresas do nordeste q faz e paga o q elas quem ok como a carta fabril em anapolis e a empresa mondial em feira de santana e facepa em fortaleza

    Resposta
  • 14/11/2019 em 22:04
    Permalink

    Estamos regredindo com esses cálculos meus irmãos, esta na hora de arregaçarmos as mangas e nos unirmos por uma categoria que merece respeito acima de tudo, não podemos aceitar pagarmos as contas dos corruptos que afundaram este país, muito pelo contrario, nois carregamos este país nas costas fazendo milagres pagando um combustível caro de péssima qualidade e estradas esburacadas, enfrentando os ladrões de cargas, pedindo a DEUS para nos abençoar e guarda as nossas famílias

    Resposta
  • 14/11/2019 em 20:52
    Permalink

    Pura vergonha, desanimador , triste realidade , quase um ano de espectativa para ver se melhora para nossa classe e me aparece com essa merda, porcaria traídos por quem estamos até hj dando a cara pra bater defendendo e glorificando a equipe do nosso presidente.
    Nem com valores de diesel abaixo dos 3,00 essa tabela vergonhosa supriria as necessidades da categoria.
    Aprofunde realmente sr Tarcísio , veja valores de pneus, tambores de freios, lonas, seguro para os caminhões pois o que não temos e segurança em nossas rodovias, quando se tem uma blitz federal ou militar a gente já fica cabreiro pois e somente para ferrar com a gente, aí vcs me vem com esse piso fome.
    TRISTE

    Resposta
  • 14/11/2019 em 20:45
    Permalink

    Só pra tirar uma dúvida…alguém a essa altura do campeonato ainda acredita nessa notícia? Tem que ser bemmmmn inteligente mesmo kkkkķkk

    Resposta
  • 14/11/2019 em 20:37
    Permalink

    Parabéns meu digníssimo presidente, me desculpa mas infelizmente o senhor nos deixou na mão, piorando a nossa situação, sem no mínimo estudar a fundo a realidade da classe de caminhoneiro, somos taxados pela boa vontade das transportadoras, agronegócio , industria, pagam o que acham que devem pagar, faz um estudo se consegue pagar um valor viável quando estão precisando usando como isca para juntar caminhões e da noite para o dia baixam os valores como se não fossemos nada, pq já estamos no local para carregar, aprofunde e veja como são covardes esses agronegócio e transportadoras.
    COMO SEMPRE DESAMPARADOS OS CAMINHONEIROS BRASILEIROS.

    Resposta
    • 15/11/2019 em 01:17
      Permalink

      É pessoal na última greve os motoristas autônomos não precisaram de representante nénhum para reinvidicar o valor do frete mínimo , porque os que diziam ser líder dos caminhoneiros só queriam a baixa do óleo diesel , então agora sindicatos foram a Brasília e aceitaram essa tabela sem mesmo questionar porquê eles não tem caminhão , pouco estão ligando para nós , Depende só dá gente se organizar e parar fazer greve e mostrar que temos força ,Vamos lutar pela nossa sobrevivência cobrar nossos direitos , vamos nos unir novamente cada um fala com um amigo o amigo fala com outro amigo é assim que tem que ser não precisamos desses caras de sindicatos são uns vendidos

      Resposta
  • 14/11/2019 em 19:35
    Permalink

    Queria só que os caminhoneiros fossem Unidos e já comecacem uma greve porque o que já está ruim agora acabou de vez vamos nos organizar e parar novamente não vamos aceitar isso que eles estão oferecendo pelo amor de Deus já viram quanto abaixou do frete sejamos homens eles tem que nos respeitar se aceitarmos isso pode parar de trabalhar com caminhão governo de merda esse que até hoje não fez nada pela classe

    Resposta
    • 15/11/2019 em 00:31
      Permalink

      Estou com você foi exatamente o que vi agora os frete abaixaram tá na hora de tomarmos uma atitude de vez uma nova paralisação sem data de volta

      Resposta
  • 14/11/2019 em 19:16
    Permalink

    Transportadoras vão aumentar suas frotas e contratar motoristas , e dispensar agregados autônomos ,com isso os mesmos ficando individados e sem poder prover suas famílias !!! Essa é minha vc opinião .

    Resposta
  • 14/11/2019 em 18:39
    Permalink

    Até 2020 não vai existe mais motorista autônomos. O projeto mais desgraçado que nós autônomos entraram. Uma greve que beneficiou só os grandes.

    Resposta
  • 14/11/2019 em 17:41
    Permalink

    Tabela de frete nunca pagaram ANTT tem que parar de mentir às empresas tão usando caminhão só pra lavar dinheiro coperativa fazenda serealista tem que ser placa branca eles pucham os frete deles não dao pra terceirizar cuanto acaba vam puchar frete de terceiros isso tem que acabar caminhão só tá servindo pras empresas lavar dinheiro caminhão com ó frete de hoje não consegue sé manter

    Resposta
  • 14/11/2019 em 17:03
    Permalink

    Volta a valer para quê?
    Nunca foi paga, e nem irão pagar, hoje o frete está mais baixo que ano passado, o diesel mais caro, e a frota de caminhões aumentaram, e na verdade ninguém está preocupada com a categoria, apenas hipocrisias de sempre, só estão preocupados se nós os camelos autônomos faremos greve, não teremos, o autônomo não se pode dar a esse luxo, que acontece que fomos usados de massa de manobra para interesses dos grandes frotistas, q agora estão se ajoelhando a essas multinacionais que pagam como querem e quando querem, simples assim…

    Resposta
  • 14/11/2019 em 15:02
    Permalink

    Tem que fiscalizar no momento em que o CTE for emitido junto com a nota fiscal assim saberá o tipo de carga que está transportando

    Resposta
    • 14/11/2019 em 18:09
      Permalink

      Eu nunca vi essa tabela em prática , só serviu pra afundar mais o autônomo e travar o país .
      As empresas compram caminhões com dinheiro do governo, quando não serve mais devolvem e não acontece nada!!

      Resposta
      • 14/11/2019 em 22:40
        Permalink

        Eu acho que fomos enganados o tempo todo. Desde o ano passado vem se arrastando essa novela de tabela. e nem um benefício pra categoria cadê os homens que se diz nós representar sumiram ou não são mais caminhoneiros eu só acho que isso se tornou uma grande palhaçada e se nós não fizermos nada a tempo em 2020 a classe de autônomos seremos desimados. Acorda transportadores autônomos brasileiros

Deixe sua opinião sobre o assunto!