WABCO lança soluções para a segurança da carga

por Blog do Caminhoneiro

A WABCO, fornecedora global líder em sistemas de controle de frenagem e em tecnologias avançadas que melhoram a segurança, a eficiência e a conectividade de veículos comerciais, lança no Brasil soluções para a segurança da carga, com a linha para o fechamento de portas de caminhões e semirreboques OptiLock™, que tem opções para o travamento convencional (mecânico) ou um moderno sistema eletrônico integrado inclusive à telemática.

A WABCO atende às necessidades de frotistas e operadores logísticos em relação à segurança da carga com o abrangente portfólio de produtos para o fechamento de portas de caminhões e semirreboques. A novidade está na linha eletrônica, com o ELB-Lock, sistema que permite o uso de controle remoto de mão ou via conexão telemática, para abertura ou travamento das portas. A senha também pode ser personalizada para o motorista abrir.

Com a qualidade exigida pela indústria automotiva, o sistema de alta segurança é a prova d’água e fácil de manusear. Em caso de tentativa de violação, a trava suporta uma força de até quatro toneladas. Por meio de sensores adicionais, qualquer tentativa de uso inadequado do sistema pode acionar alarme e ser reportada via transmissores. A linha convencional (Conventional Security Solutions) reúne diversos sistemas para diferentes necessidades de trancamento das portas. Os produtos foram desenvolvidos com forte expertise na prevenção ao roubo de carga.

As novidades da WABCO dão suporte a sistemas inteligentes de caminhões e semirreboques e elevam a segurança e a eficiência dos veículos, além de ajudarem na eficácia do motorista e na redução de custos de operação.

As soluções da WABCO para a segurança da carga estão associadas a produtos do Programa Semirreboque Inteligente (Intelligent Trailer Program – ITP), que monitora e controla mais de 40 funções, totalmente personalizável para as necessidades de cada frota. A WABCO ACADEMY atua de perto prestando suporte a toda a cadeia produtiva e no mercado de reposição.

Roubo de carga

O estado de São Paulo registra um grande número de roubo de carga. Em 2019, foram apresentadas à Secretaria de Segurança Pública 7.325 queixas sobre este tipo de crime. Pesquisa mensal que classifica cerca de 60 países de acordo com o risco ao fazer o transporte de cargas, realizada por um comitê do Reino Unido, o Joint Cargo Committee, o Brasil é uma constante nas listas dos mais afetados pelo problema. O estudo inclusive cita os mais perigosos trechos de rodovias, como BR-116 Curitiba–São Paulo, BR-116 Rio de Janeiro–São Paulo, BR-050 Brasília–Santos e SP-330 Uberaba–Santos (porto).

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Deixe sua opinião sobre o assunto!