Caminhões Iveco do Rally Dakar estão à venda

Três dos cinco caminhões Iveco Powerstar da equipe Iveco De Rooy, que participaram do Rally Dakar no início de 2020, foram colocado à venda. De acordo com comunicado publicado pela Equipe De Rooy, a decisão se deve à crise do coronavírus. A equipe perdeu diversos patrocínios, e o transporte de veículos novos, que a empresa De Rooy faz como atividade principal, também reduziu drasticamente.

A equipe não deixará de existir, mas no próximo Dakar não irá participar diretamente, pois está alugando os dois caminhões que ficarão para que outras equipes possam usá-los.

Entre os caminhões que serão vendidos, estão dois Powerstar mais antigos e um Trakker, além de toda a estrutura de suporte dos veículos nas corridas.

“[A crise do coronavírus] vem com força, tanto na nossa empresa como nos nossos parceiros”, disse Gerard de Rooy. “E força-nos a ajustar drasticamente os planos para um futuro próximo. Em circunstâncias normais estaríamos no início do Dakar 2021 com cinco caminhões. Mas a crise causa tanta incerteza – não só em relação aos eventos, mas também aos empresários e financeiramente – que devemos definir prioridades e tomar decisões”.

Apesar da venda dos veículos, a equipe De Rooy ficará a disposição para prestar serviço e apoio aos veículos em competições futuras, além de assessorar a organização das equipes no Rally Dakar e em outros eventos, como o Desafio do Deserto de Marrocos.

A equipe também irá alugar motores para outras equipes. O desenvolvimento dos motores é um dos grandes trunfos da De Rooy na vitória do Dakar em 2012 e 2016.

Blog do Caminhoneiro

Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro

Nascido e criado na margem de uma importante rodovia paranaense, apaixonado por caminhões e por tudo movido a diesel.

2 thoughts on “Caminhões Iveco do Rally Dakar estão à venda

  • 26/06/2020 em 19:36
    Permalink

    Bicudo no Brasil já era mano!
    Essa mulas só prestam em estradas que não são acometidas dessa buracada e reparos que mais parecem um buraco virado para cima e destruindo a coluna vertebral do motorista!
    Dirija um bicudo na BR-116 entre Feira de Santana e Fortaleza que você mudará de opinião imediatamente!

    Resposta
  • 24/06/2020 em 11:12
    Permalink

    Se a Iveco fabricar esse modelo Bicudo aqui nas versoes 6×2 ela vai arrebentar de vender pois a Mercedes parou de fabricar o 1620 e o 2324.

    Resposta

Deixe um comentário!

Caminhões comemorativos viram febre entre transportadoras Centenas de vagas de emprego para caminhoneiros Conheça o super caminhão futurista da Peterbilt 300 vagas para caminhoneiros brasileiros em Portugal CAMINHONEIRO SEGUE TRABALHANDO AOS 90 ANOS DE IDADE