Governo da Alemanha quer sucatear todos os caminhões fabricados antes de 2013

por Blog do Caminhoneiro

Todo caminhão Euro 5 ou mais antigo poderá ser proibido de circular pela Alemanha, se um plano do governo do país for colocado em prática. O governo pretende oferecer subsídios de até 15 mil Euros, para que os donos de veículos anteriores ao Euro 6 enviem seus caminhões para desmanches.

Na última terça-feira, 17 de novembro, o governo federal alemão chegou a um acordo prévio com os governos estaduais, além de vários representantes da indústria automotiva e da Plataforma Alemã para o Futuro da Mobilidade.

O custo total para o governo alemão ficará em 1,16 bilhão de Euros (7,4 bilhões de Reais), e o foco principal do projeto é a contribuição com a proteção ao meio ambiente. Além de veículos de frotas de empresas e de motoristas que são donos dos próprios caminhões, o governo pretende substituir todos os caminhões de bombeiros, de emergência e militares anteriores ao Euro 6.

Os valores também poderão ser usados para os frotistas substituírem seus implementos mais antigos, por modelo inteligentes, que tem controles eletrônicos para medir a pressão dos pneus e dos eixos, por exemplo.

As previsões iniciais falam em subsídios de 15 mil Euros para o sucateamento de modelos Euro 5, e 10 mil Euros para o sucateamento de modelos Euro 3 ou Euro 4.

O subsídio só será dado se os veículos forem baixados dos cadastros do governo, algo como o nosso Detran, que dá baixa no Renavan do veículo, e o caminhão precisará ser destruído, sendo impossibilitado de voltar a rodar.

Isso impedirá vendas dos usados para exportação para países mais pobres, que compram caminhões de países de primeiro mundo e os usam por muitos anos.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

6 comentários

Thiago Garcia 27/11/2020 - 12:04

Se é pensando no meio ambiente era melhor deixar exportar os caminhões para países pobres. Sem a opção de usados semi novos baratos eles vão continuar utilizando caminhões euro 0.

Reply
Ramon Pires 25/11/2020 - 13:02

Medida de governo autoritário… Aplica o subsídio, quem quiser aderir vai lá e troca. Provavelmente os políticos tem parte nas fábricas dos caminhoneiros novos… E ainda tem gente a favor de coisas desse tipo… Político não faz nada pensando no povo nem e meio ambiente… Sempre tem alguma coisa disfarçada.

Reply
FELIPE JOSE DUARTE DO NASCIMENTO 25/11/2020 - 12:49

Se isso acontecer aqui, a Gerdau vai aposentar os Caça muriçocas kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Reply
MILTON RAMALHO DOS SANTOS 25/11/2020 - 12:06

Para o Paraguai kkk

Reply
Aparício battu da costa 25/11/2020 - 11:04

Isso era para fazer no Brasil.
Mas empresas tem incentivo

Reply
Celestino Gonçalves Filho 24/11/2020 - 18:26

Boa iniciativa do Governo Alemão e principalmente por destruir os caminhões autorizados a serem substituídos . Também importante a medida pois impede de enviarem sucata para países pobres.

Reply

Deixe sua opinião sobre o assunto!