Europa quer ter pelo menos 100 mil caminhões a hidrogênio até 2030

por Blog do Caminhoneiro

Os planos europeus para encerrar o uso do diesel como o principal combustível no segmento de transporte de cargas tem dado passos largos. Durante evento realizado pelo consórcio European Clean Hydrogen Alliance, a presidente do grupo, Valérie Bouillon-Delporte, disse que os planos são a implantação de mil estações de abastecimento de hidrogênio e a venda de 100 mil caminhões movidos com esse combustível até 2030.

Esse consórcio é formado por 62 empresas atualmente, e o número vem crescendo. São montadoras de caminhões, fornecedoras de componentes, empresas de tecnologia, startups, fornecedores de hidrogênio e diversos outros, que uniram força para consolidar o compromisso de cumprir os objetivos apresentados pelo grupo.

De acordo com perspectivas e estudos, o ano de 2030 será crucial para a tecnologia de células de hidrogênio, que ficará mais acessível para todos, permitindo que as vendas de caminhões, ônibus e outros veículos movidos com essa tecnologia, dobrem a cada ano.

Em recente acordo climático, a União Europeia se comprometeu a reduzir os níveis de emissões de CO2 na atmosfera em 90%, em comparação com os níveis de 1990.

Para o consórcio, o hidrogênio será o combustível do futuro, apesar dos avanços no desenvolvimento de outras tecnologias, como elétricos à bateria ou veículos a gás, já que o hidrogênio é muito abundante na natureza, e a reação química que acontece na célula de combustível gera apenas água pura, sem emissão de nenhum poluente.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

 

COMENTAR

Artigos relacionados