PRF flagra carreta com 46 toneladas de excesso de peso em Serra-ES

Durante operação na madrugada de sábado, a Polícia Rodoviária Federal apreendeu uma carreta bitrem transportando blocos de granito, que apresentava excesso de peso e falha no sistema de fixação das rochas na carroceria. A abordagem ocorreu no km 251 da BR 101, em Serra-ES.

Assim que o veículo foi parado, os agentes já verificaram que não eram atendidas as medidas de segurança obrigatórias para fixação dos blocos à estrutura da carreta, que precisa ser feita com travas, correntes, catracas e pinos, e outros.

O caminhão também foi pesado, constatando-se o excesso de 46.580 kg. O caminhoneiro foi multado pelo excesso de peso e falta dos sistemas de amarração corretos, e também foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), que será enviado ao Ministério Público Estadual (MPES), porque o veículo estava expondo a vida de terceiros a riscos iminentes.

O TCO sempre é feito quando o excesso de peso supera em 15% a capacidade de carga do veículo para qualquer tipo de carga e caminhão, e também, no caso do transporte de rochas ornamentais, quando os sistemas de fixação da carga são ineficientes.

A carreta ficou retida para transbordo do excesso de peso e adequação da amarração da carga.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Siga o Blog do Caminhoneiro nas redes sociais

1 comentário

Vanderlei 07/12/2020 - 08:51

O excesso de peso dos caminhões só vai acabar quando o veículo flagrado com excesso de peso for pra leilão e o valor arrecadado seja doado pra alguma instituição carente, aí eu acredito em punição.

Reply

Deixe um comentário!

Salários de R$ 450 mil ao ano não atraem motoristas para o transporte de grãos nos EUA Johnny Cash comprou e nunca usou um Peterbilt 359 Conheça o caminhão que foi o primeiro bitruck do Brasil Auxílio de R$ 1.000 para caminhoneiros é aprovado Conheça os detalhes do projeto Roda Bem Caminhoneiro