Primeiro ônibus articulado elétrico do Brasil segue para homologação

por Blog do Caminhoneiro

A BYD e a Marcopolo acabaram de finalizar a instalação da carroceria no chassi D11B, totalmente elétrico, de piso baixo, que agora vai seguir para homologação. A BYD também fabrica o chassi D11A, de piso alto.

A versão D11B tem 22 metros de comprimento, e é equipado com baterias de fosfato ferro lítio (LifePO4), com autonomia para rodar até 250 km com uma carga completa. A versão encarroçada pela Marcopolo tem capacidade para 168 passageiros, e espaços para cadeirantes.

A apresentação do ônibus aconteceu nesta semana, em Caxias do Sul-RS, na fábrica da Marcopolo. A produção em série será iniciada logo após a homologação. A prefeitura de São José dos Campos já adquiriu 12 unidades, para uso no projeto do primeiro corredor expresso com ônibus totalmente elétricos do Brasil.

“Além de não poluentes, as viagens a bordo de um ônibus elétrico são silenciosas, com maior estabilidade e segurança para os usuários. Por outro lado, os motoristas também trabalham com muito mais conforto ao dirigir em um carro automático e com diversas tecnologias que auxiliam no guiar”, disse o Diretor de Operações da BYD Brasil, Marcos Jardim.

O D11B é equipado com 4 motores, ligados diretamente aos eixos, com potência contínua de 148 cv e potência máxima de 201 cv cada um, totalizando 592 cavalos de potências contínua e 804 cavalos de potência máxima.

O tempo de recarga é de apenas 3 horas, e o ônibus conta ainda com coluna de direção regulável, para aumentar o conforto do motorista, sistema de regulagem de altura da suspensão e sistema de ajoelhamento lateral, e recebe sistema antichamas, tacógrafo digital, rodas de alumínio e suspensão pneumática integral.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Deixe sua opinião sobre o assunto!