CNT pede que caminhoneiros brasileiros sejam considerados prioritários para a vacina do coronavírus

O presidente da Confederação Nacional do Transporte, Vander Costa, enviou um pedido formal para o Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, para incluir os caminhoneiros e outros profissionais do transporte de cargas e de passageiros, dos modais rodoviário, ferroviário, aéreo, navegação e portuário, no grupo prioritário para o programa nacional de imunização contra o covid-19.

“Esses profissionais são os responsáveis pela prestação dos serviços de transporte de vacinas, pessoas, alimentos, medicamentos e outros suprimentos necessários para atravessarmos o momento crítico que se abateu sobre o país”, ponderou Vander Costa.

Além disso, o ofício enviado ao Ministério da Saúde também ressalta que o governo pode contar com a estrutura completa do SEST SENAT para aplicação das vacinas nesses profissionais.

Hoje, o SEST SENAT conta com 157 unidades espalhadas por todo o Brasil.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Siga o Blog do Caminhoneiro nas redes sociais

Deixe um comentário!

Conheça a rodovia mais longa do Brasil Velho caminhão americano é transformado em carro de passeio muito estiloso Você sabia que o 1° FNM produzido no Brasil era bicudo Conheça os coloridos caminhões do Paquistão Chevrolet C68 é transformado em monstro rat rod