Montadoras querem acabar com modelos diesel até 2040 na Europa

por Blog do Caminhoneiro

Os líderes das oito maiores montadoras de caminhões da Europa assinaram um acordo prevendo o encerramento da produção de modelos movidos a diesel até 2040, dez anos antes do previsto.

Daimler, Scania, Volvo, Iveco, DAF, MAN, Renault e Ford assinaram o documento, dizendo que irão concentrar esforços na produção de modelos elétricos, a hidrogênio e também com outros combustíveis limpos.

O investimento das montadoras na Europa poderá ultrapassar os € 100 bilhões nos próximos anos, para desenvolvimento de novas tecnologias.

As montadoras também pediram que os governos criem taxas mais altas para os modelos diesel, e reduzam impostos para os modelos limpos, visando tornar as novas tecnologias mais atraentes para os clientes, não apenas na questão ambiental, mas também no preço.

Outro pedido é no incentivo e investimentos em redes de energia e produção de combustíveis limpos em toda a Europa, facilitando a logística com os veículos que não usarão diesel.

De acordo com dados da União Europeia, o transporte, especial o rodoviário, é o maior responsável pelas emissões de CO² na atmosfera, e a UE já havia anunciado planos de redução de 50% das emissões até 2030.

Alguns países, como o Reino Unido, já tem políticas para acabar com automóveis diesel e gasolina até 2035. O uso de caminhões a diesel também será tema de consultas públicas, para que se defina uma data da proibição da circulação.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Deixe sua opinião sobre o assunto!