Criador da carreta 4 eixos publica nota sobre matéria do Fantástico

Dirceo Sironi, dono da Transportadora Sobre Rodas, de Caxias do Sul-RS, é conhecido por suas importantes invenções em implementos rodoviários nas últimas décadas. Foi do conhecimento dele que surgiu, ainda na década de 1980, o conjunto Romeu e Julieta com 7 eixos, para 40 toneladas. Ele também foi responsável, em 1988, pela invenção do bitrem de sete eixos.

É dele também a patente, no ano 2000, para o rodotrem de nove eixos com dolly equipada com quinta-roda. Todas as invenções de Dirceo foram criadas visando a otimização do transporte de cargas em longas distâncias, principalmente o transporte de grãos entre os polos produtores, principalmente Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, e os portos de Santos e Paranaguá, por exemplo.

Foi também de Dirceo a ideia de implementação de carretas com quatro eixos, sendo o primeiro auto direcional com bolsas pneumáticas e os 3 eixos em tandem. Esse implementos foi patenteado por ele junto com a empresa Guerra, que, ainda em 2009, produzir quatro protótipos, que pertencem à Transportadora Sobre Rodas.

Devido à repercussão de notícia veiculada pelo programa Fantástico, da TV Globo, o empresário emitiu uma nota de esclarecimento sobre os implementos. Para ele, o maior problema desse tipo de implemento são os atravessadores, que pulam etapas e colocam nas estradas “gambiarras”, com pagamento de propinas para legalização.

Ele também destaca que esses implementos tem uma série de especificações que precisam ser respeitadas para fabricação, como a Distância entre eixos, Tipo do eixo auto direcional, Tipo da bolsa pneumática, Montagem adequada e Comprimento total do veículo 17,50 metros, além de outros itens que podem comprometer a segurança do conjunto.

Ele ainda ressalta que na reportagem foram apresentadas diversas inverdades, que podem ser derrubadas por engenheiros que possam conhecer os protótipos originais, que pertencem à Sobre Rodas.

Veja a nota na íntegra:

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro

Nascido e criado na margem de uma importante rodovia paranaense, apaixonado por caminhões e por tudo movido a diesel.

32 thoughts on “Criador da carreta 4 eixos publica nota sobre matéria do Fantástico

  • 15/12/2020 em 22:00
    Permalink

    Esses caminhões são um perigo na estrada, é carro tentando ultrapassar,na subida sobe a 20 por hora nas descidas é 120,tive m informando de quanto um motorista ganha, ba pensei que fosse o dobro já que é o triplo do peso

    Resposta
  • 15/12/2020 em 19:08
    Permalink

    Sou autonomo, cada um e livre para fazer o que lhe cabe sem prejudicar o proximo e dentro da legalidade, o problema e q temos uma legislaçao muito falha, tem muita coisa pior como os roubos e ninguem faz nada .muitos so sabem Falar merda.

    Resposta
  • 15/12/2020 em 06:41
    Permalink

    O que ele fez de bom foi para o bolso dele, nosso malha rodoviária não suporta nem careta simples muito menos esse quarto eixo.

    Resposta
  • 14/12/2020 em 08:00
    Permalink

    Na verdade isso e coisa de morto de fome ki quer arrumar frete colocando mais peso tem ki proibir sim.inclusive veiculos 9 eixo.o brasil nao tem suporte rodoviario pr esses tipos de veiculos.

    Resposta
  • 13/12/2020 em 17:59
    Permalink

    Na verdade este Sr nunca deveria ter inventado nada. Porque as invenções dele só prejudicou o transportador. Nos EUA não existe estas gambiarras e la o transportador é valorizado.

    Resposta
  • 13/12/2020 em 13:46
    Permalink

    Esse homem que se acha inteligente nas coisas que inventou, nunca deveria ter nascido. Veja os caminhões que rodam no Paraguay, são no máximo 6 eixo. Lá o frete é justo e todos trabalha. Não é igual aqui que tem que ficar mendigando frete.

    Resposta
  • 12/12/2020 em 21:43
    Permalink

    Todos nos profissionais do volante sabemos que essas invenções só prejudicou nos motoristas e autônomos e estradas, mas a falta de respeito entre os colegas principalmente nos comentários mostra o porque não conseguimos nada para nossa categoria, nem argumentar sabemos, agente deve recusar trabalhar com esses equipamentos, buscar melhorias pra como, postos com comida barata espaço nos pátios, banheiro diguino, entre outras coisas como fretes melhores e diesel acessível, o ministro do transporte abriu oportunidade para ouvir os caminhoneiros faz uns dois através de uma live no YouTube, poucos participaram, amigos pedis e não recebis porque pedis mal, e bíblico, não vamos perecer por falta de conhecimento ok galera da rodagem, nos somos a pernas do Brasil e do mundo!

    Resposta
  • 12/12/2020 em 15:42
    Permalink

    Se não fosse o excesso de peso sobraria mais frete e seria melhor o preço ao invés desse frete vergonhoso q nó estamos trabalhando

    Resposta
  • 12/12/2020 em 12:03
    Permalink

    …. o cara parou pensou e criou. ….. simples assim. …. quer melhorar ??? pare pense e crie tb ao invés de ficar criticando. ……. ….

    Resposta
  • 12/12/2020 em 09:23
    Permalink

    Na verdade acho que esse rapaz realmente não fez nada de bom para o transportador autônomo pois as suas invenções são quase que totalmente aproveitadas pelas grandes empresas que usam elas para usar um só motorista para transportar a carga de duas ou três carretas tirando assim mulheres de empregos e também cargas de milhares de autônomos , a carreta quarto eixo só está sendo contestada por que os autonomos estão usando com a ilusão de que carregar mais peso e meio de tentar ganhar um pouco de dinheiro , porque libera os nove eixos aí o cara fala em freio , o que freia melhor uma carreta com 7 eixos com 50 Ton ou uma de 09 eixos com 80 , outra coisa que contesto pois não vejo lógica e o nove eixo só poder rodar das seis as seis ou seja nos horários de mais movimento e a noite quando o movimento e menor eles tem que parar , e só minha opinião , o Brasil devia adotar o sistema americano carreta de dois eixos e cavalo trucado , que na verdade muita gente já está usando por perceber que e muito mais lucrativo, despesa menor , sem restrições e ganho final melhor.

    Resposta
  • 12/12/2020 em 05:11
    Permalink

    Este problema de carregar tanto peso com tantas dificuldades já está na mira do Governo Federal. O presidente já liberou a BR do Mar. Isso vai aliviar a pressão sobre os autônomos como ele prometeu.

    Resposta
  • 11/12/2020 em 12:03
    Permalink

    A união faz a força, os empresários sempre souberam disso, enquanto ” motoristas se apunhalam furando os olhos uns dos outros o patronato LUCRA, quanto pior melhor, BEM FEITO CATEGORIA DE MERDA continuemos assim sem união e respeito mutuo não é à toa que a grande maioria tá na Merda, acomodam tudo que lhes é empurrado goela abaixo e os sem vergonha da sempre vem com as desculpa que, ” tem família pra sustentar, que tem prestação pra pagar como se o outro não titivesse família e conta a vai se f…. vcs tdo, o que tem fazer é essa ” CATIGURIA ” tomar vergonha na cara e se respeitar muito mais AUTÔNOMO DE CÚ É R… essa merda existe pra enriquecer patrão para de chorar vcs merecem tudo que o que fazem com vcs, 123456789101112… eixos grande coisa.

    Resposta
  • 11/12/2020 em 11:30
    Permalink

    Esse é o inventor da falência do caminhoneiro autônomo só empresas conseguem caminhões novos quanto mais peso carrega mais o frete é de graça. Parabéns inventor da falência. Acabador de estradas.

    Resposta
  • 10/12/2020 em 23:47
    Permalink

    No Brasil não existe concenso isso não é Austrália que é plano temos estradas precárias pistas simples e daí pega estes monstros que não andam ficam puxando fila é detonado as rodovias que não tem base para este tipo de peso .mesmo que exista tabelas de peso por eixo a potência do motor é pouca e o consumo e alto e acaba prejudicando o pequeno caminhoneiro que ainda está com um veículo com muitos anos de vida. É o pior que as montadoras e lojas de pneus abrem as pernas para os grandes floristas. Não sou contra a quem tem poder aquisitivo alto mas deve ser justo para todos

    Resposta
  • 10/12/2020 em 16:22
    Permalink

    Seria bom se esse senhor nunca tivesse nascido…. So inventou merdas… Olha o tando de peso quê essa bosta carrega, ai vão dizer que a culpa dos frete não presrar é do governo. . affff… Me poupem.

    Resposta
  • 10/12/2020 em 12:32
    Permalink

    Sou caminhoneiro também e garanto que o maior problema dos caminhoneiros são os próprios caminhoneiros ache ruím quem quiser.

    Resposta
  • 10/12/2020 em 12:17
    Permalink

    Ainda terá profissionais que eu não chamo de profissionais que defende uma merda dessa que tão chamando de Grande inventor porque tem cada motorista que amam andar entupido de peso do pra tá falando vantagens em patio de posto e terminando de encher o bolso dos donos de Transportadora mais não olha pra se próprio que tá se fudendo cada vez mais e trabatrabalhando triplificado so pra falar que anda pesado meu Deus tem muito idiota nesse mundo principalmente aqui no Brasil

    Resposta
  • 10/12/2020 em 12:11
    Permalink

    todas tecnologias são pensadas exclusivamente pra beneficiar transportadoras e contratantes, nunca o caminhoneiro, a começar pelos próprios sindicatos que se dizem representar a classe, no entanto os salários fixados por eles são inferiores aos pagos pelo mercado, prejudicando fgts, férias, décimo terceiro salário e aposentadoria. um bitrem tira emprego de um caminhoneiro e nem por isso o motorista destes tipo caminhão ganha que valha a pena. os fabricantes de caminhão no Brasil nunca deram atenção ao espaço de cabine pra conforto de quem passa todo tempo neste ambiente confinado. além de tudo isso tem estradas péssima, insegurança e policiais rodoviários federais que nos tratam como inimigos!!!

    Resposta
  • 10/12/2020 em 10:52
    Permalink

    Tinha que ser 25t p conjunto vai dar
    menos prejuízo para as pista, para a mecânica do conjunto, pros pneus e muita segurança.
    Menos stress
    Salário mais alto.
    Horários reduzidos.
    Trabalhou de noite, adicional noturno, tanto carregando, dirigindo ou descarregando.
    Com paradas c chuveiro, estacionamento c rondas de segurança e com comida barata
    Posto de fretes sem atravessadores, seriam das transportadoras.
    P autônomos o governo tinha q pagar o décimo terceiro e férias.
    Inclusão nos serviços perigosos / insalubres.
    Aposentadoria diferenciada.

    Aqui são só umas poucas ideias p melhorar um pouco.
    Quem defende o excesso de peso, sem querer, tá dando tiro no próprio pé.

    Resposta
  • 10/12/2020 em 07:29
    Permalink

    Estava vendo aqui alguns comentários e Percebi que temos aqui no grupo engenheiros mecânicos de até foguete da Nasa Só autoridade Máxima um caminhão carregado de melancia…

    Resposta
  • 10/12/2020 em 07:25
    Permalink

    O caminhoneiro não está vendo mas quanto mais peso ele carrega mais barato fica o frete, quem tem lucro é apenas as indústrias

    Resposta
  • 10/12/2020 em 05:03
    Permalink

    Estão agora achamos o cara responsável pela falência do transporte no Brasil

    Resposta
  • 10/12/2020 em 04:52
    Permalink

    Infelizmente o Brasil e um país sem respeito os fretes não melhoram e a cada dia que passa criam caminhões com mais capacidade de peso
    Porque peso e algo que nunca vai acabar nesse país de faz de conta, a culpa não é deste senhor
    Ele criou e criou bem, o problema é que alguns estão copiando errado, e com certeza não está tendo imposto pra esse eixo a mais
    No dia que inventar o imposto vocês vão ver
    Vai aparecer especialista só para dizer que…Além de bom e seguro.

    Resposta
  • 09/12/2020 em 21:11
    Permalink

    E por causa De um idiota desses que o transporte ta defasado eu como um profissional da classe tenho vergonha de um idiota desses que chamam de Grande inventor esse filho de uma pura tem que ir pra cadeia isso sim

    Resposta
  • 09/12/2020 em 20:45
    Permalink

    Vai parar pisando no freio. Se o cara tá botando mais um eixo pra levar 10 toneladas é porque provavelmente vai rodar com peso de balança.
    Meu medo são os que andam com um truck com 23t de carga, colocam 40t numa carreta 5 eixos e por aí vai.

    Resposta
  • 09/12/2020 em 19:44
    Permalink

    Não pode não pode esse merda tinha e que ser preso como uma carreta vai parar? Essa porra mata gente na estrada . Esses merdas do Sul do Brasil pensam que é os melhores . Seus merdas se eu ver na estrada eu chamo a policia só pra ver a carreta no pátio kkkkk

    Resposta
  • 09/12/2020 em 17:58
    Permalink

    Globosta 2022 vem aí…..

    Resposta
  • 09/12/2020 em 17:33
    Permalink

    É triste e deprimente ver uma reportagem sem embasamento técnico contrapondo os argumentos do fabricante de implemento novo.

    Resposta
  • 09/12/2020 em 17:32
    Permalink

    Tem gente que é burra ou ignorante mesmo. A Globo só fez a reportagem, quem está investigando é o Ministério Público, órgão de governo.

    Resposta
  • 09/12/2020 em 16:11
    Permalink

    Importante nada….inventou o 30 metros,destruiu o transporte ,estradas , salário do motorista, gringo olho grande ,rei do excesso de peso

    Resposta
  • 09/12/2020 em 16:04
    Permalink

    Posso garantir que essa maldita televisão, não dará direito de resposta a esse senhor, talvez através da Justiça, no entanto, a melhor resposta a esse tipo de emissora é desligar o aparelho dos seus canais e pronto, eis o fim da globo, fábrica de mentiras e imundície.

    Resposta

Deixe um comentário!

Volvo FH 540 é o caminhão mais vendido do Brasil Conheça o NIKOLA TRE movido a hidrogênio Caminhões comemorativos viram febre entre transportadoras Centenas de vagas de emprego para caminhoneiros Conheça o super caminhão futurista da Peterbilt