Evasão de pedágio cai nas rodovias administradas pela CCR com auxilio de tecnologia e da Polícia Rodoviária

por Blog do Caminhoneiro

A implantação de recursos tecnológicos, como câmeras de monitoramento com sistema de reconhecimento dos caracteres das placas e o trabalho da Polícia Militar Rodoviária de São Paulo ajudaram a CCR ViaOeste e a CCR RodoAnel a reduzirem consideravelmente as evasões de pedágios no Sistema Castello-Raposo e no Trecho Oeste do Rodoanel.

De acordo com a CCR, entre janeiro e novembro, o número de evasões caiu 10% no Sistema Castello-Raposo e 2% no RodoAnel.

A evasão de pedágio é uma infração grave, e o motorista pode ser multado, além de se colocar em risco, podendo causar acidentes com outros motoristas ou com funcionários das praças de pedágio. A multa é de R$ 195,23, bem como cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

“É importante que o motorista que não tiver a etiqueta instalada [de pagamento automático] em seu veículo não utilize as pistas automáticas, sob o risco de provocar um acidente envolvendo outros veículos e os profissionais das praças de pedágio”, ressalta o Gestor de Operações da CCR ViaOeste, Carlos Costa.

A CCR também destaca que é extremamente importante respeitar o limite de velocidade no local, de 40 km/h. Passar acima da velocidade também pode gerar multa. Ao ultrapassar o limite em 20%, o motorista está cometendo infração média (quatro pontos, multa de R$ 130,16). Ao ultrapassar o limite entre 20 e 50%, torna-se infração grave (cinco pontos, R$ 195,37) e acima de 50% a infração torna-se gravíssima (multa de R$ 880,41 e suspensão do direito de dirigir).

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

Artigos relacionados