Scania L pode receber porta inteiramente de vidro na Europa

por Blog do Caminhoneiro

Andar por cidades movimentadas com veículos, pedestres e ciclistas se traduz em um desafio diário aos motoristas de caminhão, principalmente em operações como coleta de lixo, onde o veículo precisa rodar por locais densamente povoados.

Para aumentar a segurança dessas operações, a Scania acaba de apresentar o modelo L com a porta do passageiro totalmente em vidro. O Scania L tem a cabine rebaixada e posicionada em frente ao motor, para melhorar o acesso do motorista, em operações que exigem que ele entre e saia do veículo repetidamente.

A City Door, como foi chamada, é totalmente de vidro, somente com a borda externa em metal, e abre para dentro de forma rápida, ampliando a área de visão do motorista.

“A série L é muito apreciada e está gerando muita atenção para a oferta de modelos urbanos da Scania, principalmente de clientes na coleta de lixo. A entrada baixa e larga, juntamente com o ajoelhamento automático e uma posição para o motorista verdadeiramente ergonômica, representam recursos de última geração em nossas cabines urbanas. Com a porta de vidro, os caminhões da série L atrairão mais motoristas e manterão os funcionários existentes satisfeitos com sua ferramenta de trabalho diária”, disse Mikael Schuer, Gerente de Produto da Scania Trucks.

Anteriormente, a Scania já ofertava uma opção com um vidro a mais na porta direita para o modelo L, chamada de Scania City Safe.

“O interesse do mercado por uma solução como esta é enorme. Hoje temos uma oferta atraente, mas também vemos que, em certas aplicações, uma porta de vidro giratória com a melhor visibilidade possível para a lateral da cabine pode ser altamente desejada por nossos clientes”, diz Schuer.

Segurança

A porta de metal de todo veículo funciona como parte da estrutura. Por isso, ao remover o aço e colocar somente vidro no lugar, a Scania se colocou em um desafio.

Usando diversos testes, a montadora desenvolveu uma estrutura ainda mais robusta para a cabine do modelo L. Uma empresa de certificação externa, a RDW, foi responsável por verificar os resultados, e a engenharia da Scania só parou quando os testes se mostraram satisfatórios.

Com isso, a nova cabine acabou até excedendo os níveis de segurança exigidos na União Europeia.

“Uma vez que adicionamos o City Door a uma cabine existente, precisamos adaptar a estrutura básica da carroceria da cabine. Sabíamos que cortar parte da cabine poderia afetar a resistência, a capacidade de carga e a segurança, o que exigiria uma recertificação pelos órgãos competentes”, disse o gerente de projeto da Scania Special Vehicles, Pelle Ingemansson.

Como o vidro, apesar de resistente, vai acabar sendo estilhaçado durante um acidente, cabe à cabine absorver todo o impacto. O desenvolvimento da nova estrutura nem levou em consideração o vidro.

É como se a cabine tivesse sido projetada para não usar portas, apesar de ter resistência à impactos acima do exigido pela legislação.

O piso da cabine para o lado do passageiro e a moldura da porta direita foram reforçados. Outra mudança que ocorreu foi o reposicionamento do assento do passageiro, alguns centímetros para trás, para aumentar a segurança e facilitar a entrada e saída do caminhão.

“Agora sabemos que podemos garantir a segurança do motorista e do passageiro na velocidade normal da rodovia, o que é importante, pois o caminhão não estará apenas viajando em baixa velocidade nas cidades”, diz Ingemansson.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Deixe sua opinião sobre o assunto!