BR do Mar pode reduzir custos de frete e poluição, diz a EPL

por Blog do Caminhoneiro

Um estudo técnico divulgado pela Empresa de Planejamento e Logística estima uma redução de até 15% nos custos do frete por cabotagem com o projeto BR do Mar, do Governo Federal. com as mudanças estabelecidas no projeto de lei, aprovado pela Câmara dos Deputados em dezembro de 2020.

O documento, que foi publicado pelo Observatório Nacional de Transporte e Logística (ONTL) nesta segunda-feira (22), diz que um aumento de 60% na quantidade de contêineres transportados por cabotagem podem reduzir as emissões de CO² na atmosfera em até 530 mil toneladas por ano, na comparação com o modal rodoviário.

Para se obter os números do estudo, foram considerados parâmetros como preço de combustível, salários, número de embarcações, volume transportado, entre outros. Além disso, foram cruzadas bases de dados de fretes praticados, obtidos por meio acompanhamento de mercado realizado pelo Observatório Nacional de Transporte e Logística – ONTL.

O projeto BR do Mar é uma iniciativa do Ministério da Infraestrutura que tem como objetivo incentivar a cabotagem no país, por meio do aumento de oferta, incentivo à concorrência, redução de custos envolvidos, expansão de rotas e maior eficiência da matriz de transportes brasileira.

Crescimento

Com alta capacidade de carga e baixo risco de roubos e avarias, a cabotagem permite um ganho de escala, de forma a reduzir o custo unitário. As estimativas calculadas pelo ONTL mostram que esse modo custa em média 60% a menos do que o modo rodoviário e 40% a menos do que o modo ferroviário.

Em 2021, o setor pode crescer pelo menos 10% em relação ao ano passado, seguindo tendência já verificada em 2020.

O estudo da EPL também mostra que por não conectar diretamente produtores e consumidores e a sua vantagem ser verificada em rotas de grande distância, a cabotagem não compete de forma direta com o transporte por rodovias.

Para ler o documento, acesse: https://ontl.epl.gov.br/publicacoes/artigos-tecnicos/.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

Artigos relacionados