Devido às altas do diesel, ANTT atualiza valores dos Pisos Mínimos de Frete

por Blog do Caminhoneiro

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou hoje as tabelas com os valores de referência para os pisos mínimos de frete do transporte rodoviário de cargas. O reajuste acontece devido às diversas altas do diesel no mercado nacional.

Essa alteração é prevista no § 3º do art. 5º da Lei 13.703/2018:

Sempre que ocorrer oscilação no preço do óleo diesel no mercado nacional superior a 10% (dez por cento) em relação ao preço considerado na planilha de cálculos de que trata o caput deste artigo, para mais ou para menos, nova norma com pisos mínimos deverá ser publicada pela ANTT, considerando a variação no preço do combustível.

Os valores do diesel S10 foram divulgados pela Agência Nacional de Petróleo (ANP) na última segunda-feira, e o valor médio final ficou em R$ 4,25 por litro.

Os novos valores podem ser conferidos abaixo ou no link https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-90-de-1-de-marco-de-2021-306215427.

Como calcular os valores de fretes

De acordo com a resolução 5.867/2020, o cálculo dos valores dos fretes deve ser feito da seguinte forma:

1º – Saber o tipo de carga a ser transportada
2º – Saber o tipo de veículo, por eixos
3º – Identificar os coeficientes de custo de deslocamento (CCD) e de carga e descarga (CC)
4º – Saber a quilometragem do percurso
5º – Realizar o cálculo
PISO MINIMO DO FRETE (R$/viagem) = (DISTANCIA x CCD) + CC

Além desse valor, o caminhoneiro deve receber os valores do pedágio, o lucro e tributos referentes à operação de transporte.

Novos valores

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

Artigos relacionados