Incêndio em transportadora destaca segurança dos caminhões a gás

por Blog do Caminhoneiro

Cilindros de gás natural comprimido instalados no lugar dos tanques de combustível dos caminhões ainda geram uma série de dúvidas sobre a segurança do sistema entre caminhoneiros e transportadoras. Como já destacado aqui no Blog do Caminhoneiro, o sistema é até mais seguro que o tanque de diesel. E a segurança do sistema ficou ainda mais evidente no último domingo, quando sete caminhões da empresa C.A.T. Inc, do Canadá, foram destruídos em um grande incêndio.

De acordo com a empresa, os sete caminhões complemente destruídos eram equipados com motores a gás, com os tanques de gás natural cheios. Outros cinco caminhões tiveram muitos danos. As causas do incêndio serão investigadas pelas autoridades locais. Ninguém ficou ferido.

Mas apesar dos estragos, os caminhões equipados com cilindros de gás não provocaram grandes explosões, nem nada do tipo. O próprio sistema de segurança dos cilindros, mesmo pegando fogo, aliviou rapidamente a pressão dos tanques, e, como o gás natural é mais leve que o ar, ele se dissipa rapidamente na atmosfera, reduzindo significativamente o risco de explosões e mais danos.

“Por causa dessa propriedade, ser mais leve do que o ar, em uma situação como essa, não há vazamento de combustível, minimizando o potencial para mais catástrofes, ao mesmo tempo que reduz os danos ambientais, garantindo que não haja vazamento de combustível no solo”, disse a empresa, em nota.

A empresa ainda destacou que a segurança do sistema é um dos pilares para o investimento no combustível alternativo, além de ser menos poluente e equivalente ao diesel, em potência e torque.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

Artigos relacionados