ANP aprova uso de novo tipo de diesel no Brasil

por Blog do Caminhoneiro

Produzido a partir de matérias-primas renováveis, como gorduras de origem animal e vegetal, cana-de-açúcar, etanol e outros tipos de biomassa, o diesel verde é o novo tipo de diesel autorizado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

A ANP realizou estudos de análise de impacto regulatório pelo uso desse novo biocombustível, além de estudos de especificações internacionais.

Em Consulta Pública, a ANP recebeu 242 sugestões e comentários referentes à minuta original. A Audiência Pública ocorreu de forma virtual no dia 17 de setembro de 2020 e teve caráter histórico, com aproximadamente oito horas de duração e considerável participação social, o que mostra a significativa complexidade e relevância do tema.

A aprovação vai permitr a expansão do uso de biocombustíveis na matriz energética brasileira, com redução da poluição e aumento da concorrência, o que pode ajudar a reduzir preços.

Embora ainda não haja produção nacional, a publicação permite que o Brasil possa fazer parte do rol de produtores internacionais de combustíveis avançados, tais como EUA, Itália, Finlândia, Singapura, Suécia, Espanha, China e França.

No Brasil, a regulamentação do diesel verde poderá viabilizar também a produção e comercialização do bioquerosene de aviação, já regulamentado pela Resolução ANP nº 778, de 2019, uma vez que a produção de biocombustíveis no contexto de refinaria gera diferentes tipos de combustíveis em um mesmo processo.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!