Kenworth apresenta série especial Legend SAR para o W900 na Austrália

por Blog do Caminhoneiro

A Série Especial de 50 anos da Kenworth na Áustralia foi apresentada nesta semana. Batizada de Legend SAR, para o caminhão W900, comemora o aniversário da montadora, trazendo de volta um ícone das estradas da terra do canguru. O W900 SAR foi o primeiro caminhão construído pela KW exclusivamente para o mercado australiano, e foi vendido entre 1975 e 1985.

SAR é um sigla que significa “Short-bonnet Australian Right-hand drive”, ou capô curto com direção à direita australiano. Graças ao capô mais inclinado e cabine mais alta, o modelo tinha as baterias e caixa de ferramentas instaladas embaixo da cabine. Além disso, podia receber diversas opções de motores de alta potência.

Apesar dos mais de 45 anos da produção da primeira geração SAR, o fascínio dos transportadores australianos pelo modelo continua. Depois da primeira geração, outros modelos também tiveram a denominação SAR, mas sem o mesmo carinho eternizado na primeira geração.

“O caminhão não só comemora 50 anos da orgulhosa fabricação de caminhões Kenworth na Austrália, mas simboliza o que foi um ponto de virada para o design e engenharia locais e a filosofia de construção personalizada da Kenworth, que ainda é conhecida até hoje”, disse Brad May, Diretor de Vendas e Marketing da Paccar Austrália.

O caminhão recebe a cabine da série B, com para-brisa plano bipartido, com acabamento cromado, oferecendo maior espaço para a cabeça e assentos maiores para o motorista. A portas e maçanetas remetem ao modelo original.

O caminhão também recebe luzes adicionais e buzinas a ar sobre a cabine. Para destacar a série especial, os emblemas da Kenworth e da Cummins são em vermelho e dourado, reproduzindo o design original.

O interior recebe acabamento premium, com “Legend SAR 50th Anniversary Edition” gravado no acabamento traseiro da cabine, além de recebe uma placa de madeira especial, na tampa do porta-luvas, identificando o número do modelo na série especial.

Além disso, o modelo mantém o aspecto tradicional, com o painel cheio de mostradores cromados, com câmbio manual Eaton-Fuller, tendo a alavanca com acabamento em madeira e com uma moldura em aço inoxidável com o logotipo SAR no piso.

O motor é um Cummins X15, pintado de bege, a mesma cor usada pelo modelo original.

O caminhão está sendo exibido no Brisbane Truck Show até o próximo dia 16.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!