Volkswagen agora é oficialmente dona da Navistar

por Blog do Caminhoneiro

Agora é oficial, o Grupo Traton, da Volkswagen, passou a controlar totalmente a Navistar, grupo norte-americano que controla a International Trucks e a IC Bus. De acordo com o Grupo Traton, o negócio foi concluído com sucesso, e o valor total da negociação foi de US$ 3,7 bilhões, cerca de R$ 18,56 bilhões.

A partir de agora, o Grupo Traton detém todas as ações ordinárias da Navistar. Com isso, a Navistar sai da bolsa de valores e será cancelado o registro da empresa na Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos ainda neste mês. Para o Grupo Traton, a adição da Navistar marca o início de uma nova era.

“Hoje é um dia sensacional para o Grupo Traton e para os nossos novos colegas da Navistar que se juntam à família Traton global. A partir deste dia, estaremos trabalhando lado a lado para trazer o transporte sustentável do futuro um passo mais perto. Isso é algo que todo o grupo está ansioso. O fato de que esta fusão foi implementada de forma tão rápida e harmoniosa, apesar dos obstáculos apresentados pela pandemia de COVID-19, é uma prova do impressionante trabalho em equipe em ambos os lados do Atlântico. Gostaria de agradecer a cada um dos envolvidos”, disse o CEO do Grupo Traton, Matthias Gründler.

A Navistar e as marcas do Grupo Traton, como Scania e MAN, já trabalhavam juntas há cerca de 5 anos, já que a Volkswagen já era dona de 16,7% da Navistar.

“Nosso entendimento comum do futuro do transporte e nossa herança conjunta criam uma base muito sólida para o nosso caminho comum. A indústria de transporte está mudando rapidamente. E, juntos, daremos forma a essa mudança – para o bem de nossos clientes. A equipe da Navistar está pronta para a próxima etapa de colaboração”. afirmou o Presidente e CEO da Navistar, Persio Lisboa.

Com a entrada oficial da Navistar no Grupo Traton, o compartilhamento de tecnologias entre as empresas do grupo vai aumentar. Inicialmente, estão previstos o uso de motores em comum entre todas as marcas do grupo.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

9 comentários

Tulio 13/07/2021 - 21:19

Quase todas as marcas de caminhões dos Estados Unidos são de propriedade das marcas européias.

Reply
GUSTAVO BRAZ MACHADO 04/07/2021 - 09:41

Se continuar assim logo logo o estados unidos deixara de ser a grande economia do mundo fico triste com isto, ja venderam a jeep venderam a dodge venderam varias marcas se cuidem pra nao ficar igual o brasil

Reply
Urias julio 04/07/2021 - 08:34

Creio que agora a MWM veio no pacote tbm.

Reply
Francisco Santos de Oliveira 03/07/2021 - 14:49

E vc, Alexandre Botter, conhece o Celestino pessoalmente para desabonar o que ele pensa? Mais um idiota se achando a última bolacha do pacote kkk

Reply
wilson pachalski 03/07/2021 - 12:43

ter volkwagem como concorrente é sinônimo de sucesso.

Reply
ALEXANDRE BOTTER NACHBAR 03/07/2021 - 10:00

Celestino vc não entende nem mesmo o que significa comprar um pãozinho na padaria , quantas pessoas e empresas estão envolvidas no seu paozinho

Reply
Michael 03/07/2021 - 09:23

Pronto, agora vai começar a fazer cagada nos caminhões da navistar.🤦🤦🤦

Reply
Celestino Gonçalves Filho 02/07/2021 - 22:54

Parte disto é a ganância dos acionistas e nestas empresas quando a nova geração assume , por falta de experiência e por ser mais fácil viver uma vida com bilhões de dólares investidos em outras coisas , vendem o negócio. Para eles dinheiro é mais importante do que a tradição e uma série de outros valores. É como os jovens, por melhores que sejam as escolas que frequentaram, estão perdidos com as mudanças que estão acontecendo no mundo, desconhecendo de que suas próprias atitudes são a causa de tudo isto.

Reply
Aldo Vanio Teixeira 02/07/2021 - 13:54

A Mercedes já comprou a Freighliner, a Volks compra a Navistar, Paccar e dona de várias marcas. Metade das marcas de carros é Stellantis.Enfim , tá se desenhando que tudo no mundo,estara na mão de poucos donos.

Reply

Deixe um comentário!