Venda de caminhões sobe mais 10% em agosto

por Blog do Caminhoneiro

Mais um mês sendo fechado com alta nos emplacamentos de caminhões no Brasil. De acordo com dados disponibilizados pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), foram licenciados em agosto 12.658 caminhões zero quilômetro no país, 10,18% a mais que aos 11.488 registrados em julho.

O número também representa uma alta de 56,79% em relação a julho de 2020, quando foram negociados 8.073 unidades. No acumulado do ano, as vendas também seguem em expressiva alta. Foram emplacados, entre janeiro e agosto, 82.189 caminhões, número que já chega bem perto do total de unidades emplacadas durante todo o ano de 2020.

Na comparação com os primeiros oito meses do ano passado, o crescimento foi de 48,99%, já que entre janeiro e agosto de 2020, foram emplacados 55.163 unidades.

AGOSTO
2021
JULHO 2021 Acumulado 2021 AGOSTO 2020 Acumulado 2020 VARIAÇÃO PERCENTUAL
(A) (B) (C) (D) (E) (A)/(B) (A)/(D) (C)/(E)
12.658 11.488 82.189 8.073 55.163 10,18% 56,79% 48,99%

Apesar da alta registrada, a Fenabrave diz que os números poderiam ser ainda melhores, em até 20% não fosse a falta de componentes para produção.

“O ritmo dos emplacamentos está sendo ditado pela capacidade de entrega das montadoras, que ainda sofrem com a escassez, especialmente, de semicondutores”, analisa Alarico Assumpção Júnior, Presidente da Fenabrave, que afirma que a situação deve ser normalizada em 2022.

A Fenabrave também destacou que esse é o quarto melhor mês de agosto já registrado, desde 1957, quando a série histórica foi iniciada. Para a entidade, a alta nas vendas de caminhões e a recuperação do segmento se deve, principalmente, ao agronegócio. A negociação também tem registrado alto índice de aprovação de liberação de crédito. De cada dez propostas enviadas aos bancos, 8,6 são aprovadas.

Ainda assim, a grande maioria das encomendas realizadas agora pelos transportadores só serão entregues no próximo ano, com algumas montadoras já se programando para entregar caminhões em agosto de 2022.

Montadoras

Neste mês de agosto, a Volkswagen/MAN superou a Mercedes-Benz nos emplacamentos, apesar de seguir em segundo lugar no acumulado do ano. Foram 3.760 unidades emplacadas no mês passado pela VW/MAN.

Com isso, as duas montadoras seguem muito próximas uma da outra no acumulado do ano, com somente 1.046 unidades de diferença. Veja na tabela abaixo.

VENDAS POR MONTADORA
POSIÇÃO MONTADORA ACUMULADO AGOSTO
M.BENZ 24.939 3.690
VW/MAN 23.893 3.760
VOLVO 13.625 2.270
SCANIA 10.392 1.423
IVECO 5.198 840
DAF 3.592 562
HYUNDAI 306 55
FORD 87 12
JAC 73 32
10º FOTON 25 7
11º AGRALE 22 3
12º JBC 10 2
13º BYD 2
14º INTERNATIONAL 2
15º JMC 2
16º GM 1
17º SINOTRUK 1
18º SPARTAN 1

Caminhões

O Volvo FH 540 é o modelo mais vendido no mês, com 888 unidades emplacadas, somando 5.629 no ano. O Scania R 450 foi o segundo mais vendido em agosto, com 622 emplacamentos. O pesado tem 4.686 unidades emplacadas entre janeiro e agosto.

CAMINHÕES MAIS VENDIDOS
POSIÇÃO MODELO JULHO AGOSTO ACUMULADO
VOLVO/FH 540 759 888 5.629
SCANIA/R450 572 622 4.686
VW/MAN/11.180 659 608 3.877
DAF/XF 437 546 3.528
VW/MAN/24.280 441 396 2.770
VOLVO/FH 460 450 465 2.690
M.BENZ/ACTROS 2651 356 320 2.536
VW/MAN/9.170 368 423 2.511
M.BENZ/ACCELO 1016 308 371 2.354
10º SCANIA/R540 227 332 2.155
11º M.BENZ/SPRINTER 416 257 253 1.980
12º M.BENZ/ATEGO 2426 256 236 1.853
13º VOLVO/VM 270 259 328 1.844
14º M.BENZ/ACCELO 815 218 219 1.646
15º M.BENZ/AXOR 2544 247 396 1.622
16º M.BENZ/ATEGO 1719 207 184 1.422
17º VW/MAN/24.260 186 201 1.374
18º SCANIA/R500 128 157 1.231
19º M.BENZ/ACTROS 2548 244 311 1.185
20º VW/MAN/17.190 140 223 1.165

Para se ter uma ideia do volume de caminhões vendidos, pouco mais da metade são caminhões pesados, principalmente cavalos-mecânicos, que, em boa parte, atendem o agronegócio.

VENDAS POR SEGMENTO
Segmento 2021 2021 2021
Agosto Julho Acumulado
CA – PESADO 51,97% 49,15% 51,47%
CA – SEMI-PESADO 25,35% 27,38% 25,94%
CA – LEVE 9,55% 9,36% 9,26%
CA – MÉDIO 8,88% 9,96% 8,62%
CA – SEMI-LEVE 4,25% 4,14% 4,71%

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!