DAF inicia produção da nova geração de caminhões na Holanda

por Blog do Caminhoneiro

Foi iniciada ontem, em Eindhoven, na Holanda, a produção da nova linha de caminhões DAF. A primeira unidade a sair da linha de montagem é um XG+, com motor Paccar MX-13, na cor vermelha. Para o início da produção, foi realizada uma cerimônia com a participação de Harry Wolters, Presidente da DAF, André Verbeek, diretor e proprietário da Verbeek Agra Vision e proprietário do novo caminhão, e John Jorritsma, que prefeito de Eindhoven.

A DAF é a primeira montadora a apresentar uma linha de caminhões atendendo aos novos padrões de construção exigidos pela União Europeia, que permitem cabines maiores para melhorar a aerodinâmica, com redução do consumo de combustível, e aumentar a segurança para o motorista.

“A DAF não é apenas a primeira empresa a fazer isso, mas também a única. Isso significa que nossos novos caminhões para transporte de longa distância, os novos XF, XG e XG+, estabeleceram uma nova referência em eficiência, segurança e conforto para o motorista. Estas foram as principais razões pelas quais a Comissão Europeia estava preparada para dar à indústria de caminhões literalmente mais espaço para desenvolver cabines novas e otimizadas. Ao estender a frente em 16 centímetros e prestar atenção máxima à aerodinâmica, conseguimos uma economia de 10% no consumo de combustível e uma redução semelhante de CO2 emissões”, disse o presidente da DAF, Harry Wolters.

A nova geração de caminhões DAF é uma plataforma completamente nova de veículos, que já está preparada para uso de motores elétricos e a hidrogênio para o futuro, tecnologias que já estão sendo desenvolvidas pela montadora.

O primeiro caminhão da nova geração foi entregue a André Verbeek, diretor e proprietário da empresa holandesa Verbeek Agra Vision, especializada no transporte nacional e internacional de aves e ovos, com uma frota de 30 veículos, 25 dos quais são modelos DAF.

O primeiro caminhão XG+ produzido comercialmente e entregue à empresa será direcionado para sua subsidiária Hennentransport Hooijer.

“Além da confiabilidade incomparável e do baixo custo por quilômetro, o excelente nível de conforto do motorista também é um motivo importante para nossa decisão de escolher o DAF. E com o novo modelo XG+, a DAF mais uma vez estabeleceu um novo padrão. Um fator muito importante nestes tempos de escassez de motoristas”, explica André Verbeek.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

1 comentário

Adonis 07/11/2021 - 13:54

A Df poderia e vestir en caminhoes leve pra ficar no lugar da Forde que saiu

Reply

Deixe um comentário!