Empresa da Holanda elogia desempenho e consumo de combustível do novo Volvo FH

por Blog do Caminhoneiro

A empresa Adri & Zoon realiza o transporte de peixes e frutos do mar na região de Zeeland, na Holanda, e tem vários caminhões Volvo em sua frota. Recentemente a empresa investiu em um novo modelo, equipado com o pacote FuelECO+, e se surpreendeu com os resultados.

A frota da empresa tem modelos FH 420 mais antigos, FH 460 I-Save com Turbo Compound mais recentes, e recebeu uma unidade do FH 460 I-Save FuelECO+, que reduz ainda mais o consumo de combustível, em cerca de 2%, na comparação com a geração anterior do modelo.

Com o FH 420, sem as tecnologias de redução de consumo, a média fica na casa dos 3,93 km/l. Com o modelo 460 equipado com o I-Save, o consumo cai para 4,33 km/l. Mas a melhor surpresa para a empresa veio com o novo pacote tecnológico, batizado de FuelECO+, que traz uma série de melhoramentos voltados à redução de consumo. Com isso, o caminhão passou a fazer uma média de 4,52 km/l, reduzindo o custo do transporte e também as emissões de CO2.

A decisão da compra dos caminhões Volvo se dá pela durabilidade, já que a empresa precisa realizar as entregas com horários certos, para que os produtos cheguem frescos aos locais de consumo. Como os caminhões Volvo são muito confiáveis, são a escolha certa para a transportadora. Outro fator importante é o relacionamento com a concessionária Volvo Bluekens, responsável pelo negócio.

A concessionária, além da venda, realiza um treinamento completo para os motoristas, garantindo o melhor aproveitamento de todas as tecnologias e capacidades dos novos caminhões Volvo. Cada detalhe é passado para os motoristas, como o uso correto do acelerador e o uso da marcha lenta, que deve ser evitada ao máximo. Após dois meses de uso do caminhão, o motorista volta para a sala de aula, para passar por um curso de acompanhamento.

Além disso, os caminhões Volvo também estão no topo da preferência dos motoristas da empresa, graças ao conforto da cabine e facilidade da operação.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!