Acidentes correspondem por mais da metade dos prejuízos nas estradas

por Blog do Caminhoneiro

Um levantamento realizado pela Pamcary, que atua no segmento de seguros e atendimento de sinistros, mostra que os acidentes são os eventos que mais causam prejuízos para o transporte de cargas no Brasil. Somente no ano de 2021, 57% de todos os prejuízos envolvendo esse segmento corresponderam a acidentes.

De acordo com a empresa, os dados são preocupantes, porque, diferente do roubo de cargas, onde a perda financeira é referente à mercadoria e ao veículos roubado, as ocorrências de acidentes envolvem prejuízos que vão muito além do financeiro, atingem a própria carga, o veiculo transportador, terceiros, danos de imagem, patrimoniais, ao meio ambiente e ceifam vidas humanas.

Os principais casos de fatalidades decorrentes de acidentes ocorrem no 2º semestre, sendo que 85% são motoristas dos caminhões e 15% terceiros envolvidos.

Ricardo Monteiro, superintendente de gestão de riscos da Pamcary, avalia que as empresas que optam por gestão eficiente se preocupam com esses riscos e também com a qualidade do serviço ofertado.

“O fator crítico do sucesso é atuar com prevenção, atingir e manter a melhor relação custo/benefício, com manutenção da qualidade. Importante lembrar que esses sinistros podem impactar no aumento do custo dos transportes, interromper linha de produção ou até colocar em risco a vida de um paciente que necessita de medicamentos, para tratamento contínuo”, conjectura Monteiro.

Cuidados no período de férias

Nos acidentes, destacam-se o aumento do tráfego de motoristas com pouca experiência de direção nas estradas do país, associada à habitual imperícia, negligência e imprudência regularmente observadas por parte dos condutores que tem pouca ou nenhuma experiência nas estradas.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!