Comboio da liberdade – Milhares de caminhoneiros fecham a capital do Canadá

O chamado Comboio da Liberdade, com milhares de caminhoneiros e outros participantes, chegou a capital do Canadá, Ottawa, neste final de semana. Eles protestam contra a exigência do passaporte vacinal para caminhoneiros que viajam entre o Canadá e os Estados Unidos.

O principal ponto de concentração dos manifestantes é ao redor do prédio do parlamento canadense. O primeiro-ministro Justin Trudeau disse que o movimento seria organizado por uma minoria, em uma entrevista dada no início da semana passada, mas os manifestantes vem ganhando apoio de muitos canadenses.

Eles pedem o fim da exigência do passaporte vacinal para todo o país. Cerca de 90% da população adultado Canadá já recebeu a segunda dose dos imunizantes contra o coronavírus.

Com a exigência do comprovante de vacinação, aqueles caminhoneiros que não tenham tomado as doses precisam ficar em isolamento por 15 dias quando cruzam a fronteira, o que inviabiliza as operações de transporte.

Primeiro-ministro canadense deixa o país

No meio do crescimento do movimento, o primeiro-ministro Justin Trudeau saiu de Ottawa para um destino não revelado. Ele viajou com a família, por segurança, e a localização exata não será informada.

Algumas fontes citam a possibilidade dele ter ido para a Alemanha, já que o avião oficial do governo canadense viajou para Berlim logo após o anúncio da saída de Trudeau de Ottawa.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro

Nascido e criado na margem de uma importante rodovia paranaense, apaixonado por caminhões e por tudo movido a diesel.

Deixe um comentário!

Volvo FH 540 é o caminhão mais vendido do Brasil Conheça o NIKOLA TRE movido a hidrogênio Caminhões comemorativos viram febre entre transportadoras Centenas de vagas de emprego para caminhoneiros Conheça o super caminhão futurista da Peterbilt