Petrobras fecha 2021 com recorde na produção de diesel S-10

por Blog do Caminhoneiro

Ampliando a produção em 10% em relação a 2020, a Petrobras encerrou 2021 com recorde na produção do diese S-10, que tem menor teor de enxofre. De acordo com a estatal, registrado aumento de 34,7% na comercialização do produto em relação a 2020, com a venda de 25,8 bilhões de litros; e incremento de 10% na produção, que alcançou 21,2 bilhões de litros. Para atendimento a seus contratos de venda, a produção de diesel S-10 da Petrobras é complementada por importações realizadas pela própria companhia.

O crescimento do consumo do óleo diesel S-10 ocorre de forma associada à modernização da frota nacional. Atualmente, a venda do S-10 corresponde a mais da metade das vendas totais de diesel da Petrobras.

A Petrobras destaca que os números refletem os esforços da companhia para ampliar a oferta do produto com menor teor de enxofre e que atende às tecnologias mais modernas de motores em uso no Brasil.

Serão investidos mais US$ 2,6 bilhões na expansão da capacidade das refinarias da Petrobras até 2026, o que deve resultar na produção adicional de mais de 300 mil barris por dia de óleo diesel S-10. Ao final desse prazo, todo o óleo diesel produzido pela Petrobras será S-10.

Óleos diesel automotivos

Dois tipos de óleos diesel automotivos são comercializados no Brasil: o diesel S-500 e o diesel S-10. Os óleos atendem às necessidades de diferentes tecnologias veiculares. O S-500 destina-se a veículos produzidos até 2011 e garante a esses veículos um menor consumo, com atendimento às legislações de emissões vigentes.

Os veículos produzidos a partir de 2012 devem usar o óleo diesel S-10, que permite atender aos limites de emissões definidos pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). O uso do óleo diesel S-10 em veículos produzidos antes de 2012 não causa nenhum problema em relação ao uso ou às emissões de poluentes locais, mas pode representar um aumento do consumo.

A Petrobras está apostando no uso de tecnologias para fornecer produtos que ajudem na melhoria da qualidade do ar e sejam competitivos em custo. O óleo diesel S-10 é essencial para o desempenho dos motores produzidos a partir de 2012, com impactos positivos na redução de emissões de material particulado em até 80% e de óxidos de nitrogênio em até 98%.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!